Jump to content

Viracopos quer voos de passageiros vindos da China


¡No Pasarán!

Recommended Posts

Viracopos quer voos de passageiros vindos da China

O prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos (PDT), viaja para a China para reunião com o governo local

 

10/11/2009 - 15h33 . Atualizada em 10/11/2009 - 16h15

 

Agência Anhanguera de Notícias

| fale com o repórter

tamanho da letra: A-| A+

 

 

O prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos (PDT), viaja neste mês para a China na tentativa de convencer o governo de Pequim e executivos da empresa aérea Air China a implantar voos de passageiros e de cargas no Aeroporto Internacional de Viracopos. Hélio fez reuniões no último mês com o embaixador da China no Brasil, Quim Chi Aoki, e representantes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para negociar os voos.

 

O gerente do escritório da Air China na Capital, Dong Ayu, disse ontem (09/11) que, em agosto, a Air China e a TAM fizeram um acordo para a operação de voos compartilhados interligando São Paulo e Pequim. Partindo do Brasil pela TAM, os passageiros têm chance de comprar bilhetes até a capital chinesa, com conexão no Aeroporto de Barajas, em Madri. A partir de 20 de dezembro, informou Ayu, a companhia passará a operar voo próprio de São Paulo a Pequim, com a escala em Madri.

 

A estatal Air China é a segunda maior companhia chinesa. É a única a possuir a bandeira nacional em sua frota. Os negócios estão sediados em Pequim, onde existem mais de 120 direções de voo e hoje é a quinta principal empresa aérea do mundo em rotas domésticas.

 

Um dos maiores interesses do prefeito em relação à instalação de voos de carga em Viracopos para a China é criar condições de exportação mais favoráveis para a chinesa Huawei, empresa que tem um centro de treinamento instalado na área do Tecno Park e é uma das principais fornecedoras mundiais de serviços de telecomunicações. Ela é apontada pelo semanário Businessweek como uma das maiores do mundo. A Huawei é o maior contribuinte de Imposto sobre Serviço (ISS) de Campinas. Suas exportações são feitas pelo Porto de Santos, com grande demora no trajeto marítimo da carga.

Link to comment
Share on other sites

Que piada... Voo de passageiros pra China??? Ao meu ver é só pra gastar dinheiro público em uma viagem à China..... VCP nao tem nem EZE/MIA/ATL/LIS (q em geral sao os primeiros destinos internacionais de aeroportos fora GRU/GIG) e GRU mal consegue sustentar um voo da Air China, quanto mais Campinas... Só mostra a incompetencia e a total falta de noção do indivíduo em relação ao transporte aéreo, jogando dinheiro público pelo ralo nessa viagem e poderia gastar o tempo dele com projetos mais benéficos pra cidade de Campinas ou mesmo pro desenvolvimento de Viracopos com rotas mais realistas.

Link to comment
Share on other sites

Que piada... Voo de passageiros pra China??? Ao meu ver é só pra gastar dinheiro público em uma viagem à China..... VCP nao tem nem EZE/MIA/ATL/LIS (q em geral sao os primeiros destinos internacionais de aeroportos fora GRU/GIG) e GRU mal consegue sustentar um voo da Air China, quanto mais Campinas... Só mostra a incompetencia e a total falta de noção do indivíduo em relação ao transporte aéreo, jogando dinheiro público pelo ralo nessa viagem e poderia gastar o tempo dele com projetos mais benéficos pra cidade de Campinas ou mesmo pro desenvolvimento de Viracopos com rotas mais realistas.

 

Entre VCP e GRU é algo muito subjetivo, claro como você citou falta voos internacionais pax para VCP, porém demanda existe sim entre um voo para a china, talvez a continuidade do voo da Air China, não tenha tido exito, em alguns fatores como por exemplo a crise e talvez até mesmo MAD como escala e atualmente como conexão, o tráfego entre GRU-MAD feito pela Air China talvez tenha ficado reprimido por causa da IB e TAM, e por ser uma rota extremamente complicada para os brasileiros (motivo óbvios) e por ser low-yield.

 

Mas eu creio na volta da Air China sim talvez para o ano que vem, VCP hoje tem a maturidade de um HUB doméstico graças a atuação da Azul, talvez um code-share entre a Air China e a Azul seja uma boa pedida, porém a falta de voos principalmente para EZE/MVD/SCL, acaba fazendo com que GRU seja bem mais interessante.

Link to comment
Share on other sites

Entre VCP e GRU é algo muito subjetivo, claro como você citou falta voos internacionais pax para VCP, porém demanda existe sim entre um voo para a china, talvez a continuidade do voo da Air China, não tenha tido exito, em alguns fatores como por exemplo a crise e talvez até mesmo MAD como escala e atualmente como conexão, o tráfego entre GRU-MAD feito pela Air China talvez tenha ficado reprimido por causa da IB e TAM, e por ser uma rota extremamente complicada para os brasileiros (motivo óbvios) e por ser low-yield.

 

Mas eu creio na volta da Air China sim talvez para o ano que vem, VCP hoje tem a maturidade de um HUB doméstico graças a atuação da Azul, talvez um code-share entre a Air China e a Azul seja uma boa pedida, porém a falta de voos principalmente para EZE/MVD/SCL, acaba fazendo com que GRU seja bem mais interessante.

 

Mas como fica aquele acordo da JJ ir até MAD e depois ser assumido pela Air China?!

Isso ainda existe?!

Link to comment
Share on other sites

Mas como fica aquele acordo da JJ ir até MAD e depois ser assumido pela Air China?!

Isso ainda existe?!

 

Obviamente que eu digo que SE a Air China voltasse a operar no Brasil, mas com voos pra VCP, e não haveria mais a necessidade do acordo com a JJ, do voo entre GRU-MAD.

 

Outro ponto interessante a se dizer é que não sei como ficaria hoje já que VCP não atende a voos inter para pax, mas algumas reformas/alterações, teriam de ser feitas, ou será que VCP como é hoje, está a "ponto de bala" para um voo deste porte?

Link to comment
Share on other sites

Obviamente que eu digo que SE a Air China voltasse a operar no Brasil, mas com voos pra VCP, e não haveria mais a necessidade do acordo com a JJ, do voo entre GRU-MAD.

 

Outro ponto interessante a se dizer é que não sei como ficaria hoje já que VCP não atende a voos inter para pax, mas algumas reformas/alterações, teriam de ser feitas, ou será que VCP como é hoje, está a "ponto de bala" para um voo deste porte?

 

Pelas restrições que a infraero diz que vai começar a por nos voos pra GRU, acho que tenque ir pra VCP ou GIG mesmo!

Link to comment
Share on other sites

Pelas restrições que a infraero diz que vai começar a por nos voos pra GRU, acho que tenque ir pra VCP ou GIG mesmo!

 

A Infraero pode colocar na teoria 1000 restrições pra GRU, mas na prática estas restrições só valerão mesmo quando se tornarem sérios, ou seja.... NUNCA!

Link to comment
Share on other sites

Obviamente que eu digo que SE a Air China voltasse a operar no Brasil, mas com voos pra VCP, e não haveria mais a necessidade do acordo com a JJ, do voo entre GRU-MAD.

 

Outro ponto interessante a se dizer é que não sei como ficaria hoje já que VCP não atende a voos inter para pax, mas algumas reformas/alterações, teriam de ser feitas, ou será que VCP como é hoje, está a "ponto de bala" para um voo deste porte?

 

estive pensando isso também. alguém sabe responder?

acredito que voos inter devem ter menos problemas que novos voos domesticos uma vez que a area inter nem está sendo usada. ou está?

como é o ala inter em VCP? alguém sabe?

Link to comment
Share on other sites

Acho que o futuro dos voos internacionais de São Paulo será VCP, que será ampliado e GRU ficará com os voos nacionais. E a ligação será ou VCP-GRU/CGH ou o trem bala.

Link to comment
Share on other sites

estive pensando isso também. alguém sabe responder?

acredito que voos inter devem ter menos problemas que novos voos domesticos uma vez que a area inter nem está sendo usada. ou está?

como é o ala inter em VCP? alguém sabe?

 

Eu particularmente nao sei como esta a divisao de areas inter e domestica de VCP.

Arrisco dizer que a area inter simplismente nao exista mais.

 

Outra informaçao importante é que VCP vai fechar o ano com aproximadamente 37.7% acima da capacidade!

Link to comment
Share on other sites

Eu particularmente nao sei como esta a divisao de areas inter e domestica de VCP.

Arrisco dizer que a area inter simplismente nao exista mais.

 

Outra informaçao importante é que VCP vai fechar o ano com aproximadamente 37.7% acima da capacidade!

 

Estive sondando e tem sim areas de embarque e desemberque inter que são usadas apenas quando há voos charters, fora isso ficam ociosas (o ano todo exceto férias)

Link to comment
Share on other sites

Eu particularmente nao sei como esta a divisao de areas inter e domestica de VCP.

Arrisco dizer que a area inter simplismente nao exista mais.

 

Outra informaçao importante é que VCP vai fechar o ano com aproximadamente 37.7% acima da capacidade!

 

 

A area internacional de Viracopos existe e é até maior que de algumas Capitais que já recebem voos internacionais regulares.

VCP possui duas esteiras grandes e próprias para esta finalidade que, com o uso de divisórias, pode ser almentodo para três. O espaço comporta até dois voos internacionais de grande porte por hora, só que no mometo, só é utilizado por alguns "raros" fretamentos e pelas tripulações de voos cargueiros internacionais.

Link to comment
Share on other sites

A area internacional de Viracopos existe e é até maior que de algumas Capitais que já recebem voos internacionais regulares.

VCP possui duas esteiras grandes e próprias para esta finalidade que, com o uso de divisórias, pode ser aumentado para três. O espaço comporta até dois voos internacionais de grande porte por hora, só que no momento, só é utilizado por alguns "raros" fretamentos e pelas tripulações de voos cargueiros internacionais.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade