Jump to content

Varig recua e diz que compra de aviões depende de nova autorização


lmc

Recommended Posts

Varig recua e diz que compra de aviões depende de nova autorização

CLARICE SPITZ

da Folha Online, no Rio

 

O presidente do conselho de administração da VarigLog, nova dona da Varig, Marco Antônio Audi, afirmou nesta terça-feira que ainda vai esperar a obtenção da concessão de empresa de transporte aéreo para aumentar a frota e contratar funcionários.

 

A Anac concedeu hoje a autorização jurídica de vôo para a nova Varig, primeiro passo para a Varig conseguir a habilitação de empresa de transporte aéreo (Cheta).

 

Audi chegou a afirmar que com essa autorização jurídica poderia comprar 14 novos Boeings e elevar a frota. Os aviões já estariam no Galeão, no Rio de Janeiro.

 

Agora, entretanto, ele decidiu esperar o Cheta. 'Nós anunciamos no dia seguinte [ao Cheta] a contratação e a compra das aeronaves', disse ele.

 

Audi disse que a expectativa da empresa é que obtenha tanto o Cheta quanto a concessão em até duas semanas. 'Da nossa parte estamos prontos para responder qualquer solicitação da Anac. Cem por cento dos documentos estão prontos e temos que esperar a solicitação da Anac.'

 

A Varig tem hoje 15 aviões, 1.700 funcionários e um capital social de US$ 141 milhões, de acordo com Audi. Ele afirmou ainda que a empresa será registrada no Rio de Janeiro.

 

Ele afirmou ainda que a empresa vai começar a operar vôos para Bogotá, na Colômbia, na primeira semana de outubro.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade