Jump to content

JAL deve gastar US$2,8 bi para comprar 65 aviões, diz agência


Recommended Posts

Parece ser mais confirmação dos pedidos anteriores que uma compra efetiva, pelo menos não estão cancelando as encomendas.

 

31/07/2010 - 10h47

 

TÓQUIO (Reuters) - A Japan Airlines planeja destinar 241,5 bilhões de ienes (2,8 bilhões de dólares) nos próximos cinco anos para comprar 65 aeronaves, à medida que a empresa adapta sua frota para aviões menores e mais eficientes, disse neste sábado a agência de notícias Jiji.

 

A JAL, que pediu proteção contra falência em janeiro como parte de uma reestruturação conduzida pelo Estado, planeja aposentar aviões maiores, como o jumbo da Boeing 747-400, na tentativa de economizar em cinco anos 100 bilhões de ienes em gastos com combustíveis, segundo a reportagem.

 

A companhia irá adquirir até 2014/15 da Boeing 18 unidades do modelo 787-8, 29 aviões 737-800, 9 aeronaves 767-300ER, além de 9 unidades do modelo 170 da brasileira Embraer.

 

A JAL já começou a vender 95 aparelhos antigos, esperando arrecadar 62,5 bilhões de ienes com as vendas.

 

A Embraer é a terceira maior fabricante de jatos comerciais do mundo depois da Airbus e da Boeing.

 

"A JAL está migrando para o uso de aviões menores e mais eficientes na questão de combustíveis. A revisão da frota será abordada no Plano de Revitalização que pretendemos apresentar até o fim de agosto", afirmou neste sábado a porta-voz da companhia, Sze Hunn Yap, sem comentar outros detalhes.

 

(Reportagem de Sachi Izumi e Nathan Layne)

Link to comment
Share on other sites

Estou muito triste que a JAL ira suspender sua rota ate GRU from JFK no fim de setembro :( :(

espero que com essa reestruturacao da compania eles retomem essa rota no futuro .

 

 

 

 

JAL employee.

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados:

É com surprêsa que vejo tais aquisições da JAL.

Em fevereiro passado era esta a situação: http://forum.contatoradar.com.br/index.php?showtopic=59204

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados:

É com surprêsa que vejo tais aquisições da JAL.

Em fevereiro passado era esta a situação: http://forum.contatoradar.com.br/index.php?showtopic=59204

 

jambock, na verdade não são aquisições novas e sim de encomendas anteriores à concordata. Ela deve estar apenas ratificando as compras. Parece que estão propondo que a empresa compre o MRJ para incentivar a industrial aeroespacial de lá e também uma forma de atender um dos pedidos dos credores (MRJ e o MUFG são da mesma holding).

 

So nao entendo quem vai injetar essa soma monstruosa para uma cia que nao tem nem p pagar as contas?

 

A empresa está em processo de receber até U$$ 3 bi em recursos estatais, espera perdão por parte das dívidas, cortes salariais, demissões de 5.000 pessoas, revisão do acordo previdenciário e a venda das aeronaves que pode levantar até U$$ 800 milhões. Tudo isso para reduzir a dívida de quase U$$ 20 bilhões.

Link to comment
Share on other sites

A companhia irá adquirir até 2014/15 da Boeing 18 unidades do modelo 787-8, 29 aviões 737-800, 9 aeronaves 767-300ER

 

Pois é, a JAL tem com a Boeing os seguintes pedidos à receber:

 

- 16 737-800

- 9 767-300 ER*

- 35 787-8

 

*São usados em rotas dentro do Japão ou intra-Ásia, já que ainda são bem eficientes em rotas mais curtas. Vale dizer que a JAL já pediu um total de 60 767, sendo 32 da versão -300ER, e recebidos a partir de Maio de 2002, portanto bastante novos...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade