Jump to content

Shanghai Air to quit Star Alliance


A345_Leadership

Recommended Posts

 

 

9:36pm GMT-0300

BEIJING | Thu Jul 29, 2010 5:36am EDT

July 29 (Reuters) - Shanghai Airlines will leave Star Alliance at the end of October, after bigger rival China Eastern Airlines (600115.SS) took it over for $1.3 billion last year, state media said on Thursday.

 

Shanghai-based China Eastern (0670.HK) joined SkyTeam earlier this year, a global airline alliance that includes China Southern Airlines (1055.HK)(600029.SS), China's largest carrier by fleet size.

 

"In order to maintain the consistency of the new China Eastern Airlines, Shanghai Airlines has decided to leave Star Alliance on Oct. 31, 2010," the official Xinhua news agency said, without giving a source.

 

Air China (601111.SS) (0753.HK) will become the only Chinese airline that is a member of Star Alliance once Shanghai Airlines pulls out.

Link to comment
Share on other sites

 

Impressionante como a SkyTeam está ganhando espaço na China !

E tirar uma empresa da Star, nunca vai deixar de ser celebrado pela SkyTeam...

Link to comment
Share on other sites

Impressionante como a SkyTeam está ganhando espaço na China !

E tirar uma empresa da Star, nunca vai deixar de ser celebrado pela SkyTeam...

 

Lipe e outros membros, seria legal se nos tivessemos mais dados sobre as ppais cias Chinesas, como ranking de receita, ppais hubs, tamanho da frota, numero de destinos domesticos e internacionais, a quais aliancas pertencem, etc..

 

Estive ha 1 mes em Shanghai e me impressionou o numero de cias Chinesas que existe...antes, eu conhecia somente a Air China, Southern, Estearn e a Cathay de HK e olhe la...acho que em breve sera o maior mercado do mundo e que suas cias serao cada vez mais intercontinentais e fortes havendo portanto muito espaco para consolidacao.

 

Fica a sugestao...

Link to comment
Share on other sites

Bom, vamos lá então com o que eu consegui na net (sites das alianças e companhias):

 

STAR ALLIANCE

 

- Air China: 243 aeronaves, Hubs em Pequim, Xangai e Chengdu. Receita anual de US$ 7,3 Bilhões, com 143 destinos regulares, 870 partidas diárias e 34,84 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 20 mil empregados. Frota: A319, A320, A321, A330, A340, 757, 767, 777 e 747.

 

- Shangai Airlines: 60 aeronaves, Hub em Xangai. Receita anual de US$ 1,97 Bilhões, com 80 destinos regulares, 234 partidas diárias e 10,65 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 5.680 empregados. Frota: 737, 757, 767, CRJ e Hawker

 

 

Outras Asiáticas na Star Alliance:

 

- Air New Zealand (Nova Zelândia): 99 aeronaves, Hubs em Auckland e Los Angeles (?). Receita anual de US$ 3,0 Bilhões, com 53 destinos regulares, 560 partidas diárias e 12,1 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 10,5 mil empregados. Frota: Beech 1900D, Q300, ATR-72, A320, B733, B763, B772 e B744.

 

- ANA (Japão): 216 aeronaves, Hubs em Narita e Haneda (Tóquio). Receita anual de US$ 14,2 Bilhões, com 78 destinos regulares, 1.024 partidas diárias e 47 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 33 mil empregados. Frota: A320, B73G, B763, B772, B773 e B744.

 

- Asiana (Coréia do Sul): 71 aeronaves, Hub em Incheon (Seul). Receita anual de US$ 4,26 Bilhões, com 81 destinos regulares, 302 partidas diárias e 13,13 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 8 mil empregados. Frota: A320, A321, B734, A333, B763, B772 e B744 (inclusive Combi).

 

- Singapore (Cingapura): 106 aeronaves, Hub em Changi. Receita anual de US$ 9,38 Bilhões, com 63 destinos regulares, 180 partidas diárias e 18,3 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 14,5 mil empregados. Frota: A333, A345, A380, B772, B773 e B744.

 

- Thai (Tailândia): 88 aeronaves, Hubs em Bangkok, Chian Mai, Phuket e Hat Yai. Receita anual de US$ 5,68 Bilhões, com 74 destinos regulares, 127 partidas diárias e 19,6 milhões de passageiros por ano. Conta com quase 27 mil empregados. Frota: ATR-72, B734, A300-600, A333, A345, A346, MD-11, B772, B773, B743 e B744, além de seis A380 encomendados.

 

Ou seja, apesar da saída da Shangai Airlines, a Star continua muito bem servida na Ásia em geral...

Link to comment
Share on other sites

SKYTEAM

 

- China Southern: 381 aeronaves, Hubs em Pequim e Guangzhou. Receita anual de 55 Bilhões de iuanes e 66,3 milhões de passageiros por ano (3a. maior do mundo e maior da Ásia). Frota: A319, A320, A321, A330, A300, 737, 757, 777 e 747.

 

 

Outras Asiáticas na SkyTeam:

 

- Korean Air (Coréia do Sul): 103 aeronaves de passageiros (+ 24 B744 cargueiros), Hub em Incheon (Seul). Voa para 13 destinos domésticos e 103 cidades em 38 países. Conta com mais de 19 mil empregados (todo o grupo, que inclui várias atividades). Frota: B738, B739, A300, A332, A333, B772, B773 e B744.

 

- Vietnam Airlines (Vietnã): 70 aeronaves, Hubs em Ho Chi Minh e Hanói. Receita anual de US$ 1,3 Bilhões e 9,3 milhões de passageiros por ano. Conta com mais de 14 mil empregados (9 mil na linha aérea). Frota: ATR-72, Fokker-70, A320, A321, A332, A333, B772.

Link to comment
Share on other sites

Incrível a força das chinesas, há 10 anos atrás elas nem estavam entre as TOP10 em quesito faturamento e a maior delas (China Southern) não transportava nem 15 milhões (e faturamento menor que a Japan Air System e Asiana).

 

Vou postar um ranking que saiu na Flap em que listavam as 50 maiores da época, acredito que os dados eram da IATA.

Link to comment
Share on other sites

ONEWORLD

 

- Cathay Pacific: 128 wides (sendo 22 cargueiros), Hub em Hong Kong. Voa para mais de 70 destinos em 30 países, com receita anual de 67 Bilhões de dólares de Hong Kong (aproximadamente US$ 8,6 Bilhões) e 22,5 milhões de passageiros por ano. Frota: 31 A333 (+ 8 p/ receber), 11 A343, 5 772, 30 773 (+ 12 p/ receber), 20 744 de passageiros e outros 22 744 cargueiros (+ 10 747-8 para receber). A empresa conta com mais de 18,3 mil empregados.

 

 

Outras Asiáticas (e Oceania) na OneWorld:

 

- JAL-Japan Airlines: opera (operava?) 278 aeronaves, com Hubs em Narita e Haneda (Tóquio), Kansai e Itami (Osaka), Chubu e Komaki (Nagoya) e Naha (Okinawa). Voa para mais de 85 destinos em 20 países e territórios, com receita anual de aproximadamente 23 Bilhões de dólares, 900 partidas diárias e 48 milhões de passageiros por ano. Frota (atualizada até 31/03/2010): 14 Saab 340, 4 Q100, 1 Q300, 11 Q400, 9 CRJ200, 6 E170, 9 MD-81, 16 MD-90, 22 A300-600R, 23 734, 27 738, 3 762, 44 763 (3 são cargueiros), 26 772, 20 773, 36 744 e 7 B744 cargueiros. A empresa contava com aproximadamente 18 mil empregados.

 

Veja mais detalhes em http://www.jal.com/en/corporate/gaiyo/flight.html

 

 

- Qantas* (grupo): 246 aeronaves, Hub principal em Sydney. Voa para mais de 70 destinos em 15 países, com receita anual de US$ 1,3 Bilhões e mais de 38 milhões de passageiros por ano. Conta com aproximadamente 35 mil empregados (em todo o grupo). Frota: Dash-8, Q400, 717, 737, 767, 747, A320, A330 e A380. Possui mais de 150 aeronaves para receber nos próximos 10 anos. *Inclui as subsidiárias QantasLink e Jetstar.

 

Veja mais em http://www.qantas.com.au/infodetail/about/FactFiles.pdf

 

Bom, e já que estamos falando da OneWorld, vale destacar (não lembro de ter lido notícias sobre isso) que a Air Berlin aceitou o convite para se juntar à aliança:

 

Air Berlin is to join oneworld®, adding Europe's fifth largest airline and Germany's second biggest carrier to the world's leading quality airline alliance.

 

Air Berlin group member Austria's NIKI will become an affiliate member of the alliance.

 

A memorandum of understanding between Air Berlin and oneworld was completed in the airline's Berlin home city last night (26/07/10), with a formal alliance membership agreement to be signed soon.

 

Air Berlin is expected to start flying as part of oneworld in early 2012 - just weeks before the opening of the new Berlin Brandenburg International Airport, which is being built as a major new hub for Europe.

 

As a major player in the European air travel market, Air Berlin served in 2009 a total of 160 destinations in some 40 countries, operating almost 600 daily departures. It carried 28 million passengers, generating revenues of EUR3.2 billion (US$4.5 billion). As of July 2010, Air Berlin operates a fleet of 165 aircraft, including Austria's NIKI, serving 168 destinations.

Link to comment
Share on other sites

Como prometido, dados de 2000:

 

Faturamento - U$$ bi/Grupo

 

19,7 AMR Corporation

19,3 UAL Corporation

16,7 Delta Airlines

15,3 JAL Group

14,0 Lufthansa Group

13,7 British Airways

11,5 ANA Group

11,4 Northwest Airlines

11,1 Groupé Air France

09,9 Continental Airlines

09,6 SAir Group

06,3 KLM Group

06,2 Air Canada Group

05,7 SIA Group

05,7 Qantas Group

05,6 Southwest Airlines

05,1 SAS Group

04,9 Alitalia Group

04,9 Korean Air Group

04,4 Cathay Pacific Group

04,1 Iberia

03,7 JAS Group

03,5 TWA

03,2 Cintra

03,1 Thai Airways

03,0 Saudi Arabian

02,9 Grupo Varig

02,4 Sabena

02,3 MAS Group

02,3 America West

02,3 China Airlines

02,2 Virgin Group

02,1 Alaska Air Group

01,8 Emirates Group

01,8 ANZ Group

01,8 Asiana Airlines

01,8 China Southern

01,8 Austrian Airlines

01,7 EVA Air

01,7 Ansett Holdings

01,7 South African

01,6 Air China

01,6 Finnair

01,4 LanChile

01,3 Aeroflot

01,3 China Eastern

01,2 Amtran

01,2 AerLingus

 

Outras que eu lembre (valor aprox.): Tam, Aerolíneas Argentinas, BMI, Spanair e TAP: U$$ 1,2 bilhão. Avianca: U$$ 800 milhões. Vasp: U$$ 400 milhões.

 

- JAL-Japan Airlines: opera (operava?) 278 aeronaves, com Hubs em Narita e Haneda (Tóquio), Kansai e Itami (Osaka), Chubu e Komaki (Nagoya) e Naha (Okinawa). Voa para mais de 85 destinos em 20 países e territórios, com receita anual de aproximadamente 23 Bilhões de dólares, 900 partidas diárias e 48 milhões de passageiros por ano. Frota (atualizada até 31/03/2010): 14 Saab 340, 4 Q100, 1 Q300, 11 Q400, 9 CRJ200, 6 E170, 9 MD-81, 16 MD-90, 22 A300-600R, 23 734, 27 738, 3 762, 44 763 (3 são cargueiros), 26 772, 20 773, 36 744 e 7 B744 cargueiros. A empresa contava com aproximadamente 18 mil empregados.

A JAL Anunciou a venda de quase 100 aeronaves e demissão de 5.000 funcionários. Creio que a receita dela cairá 50% ficando logo atrás da All Nippon Airways, sendo esta provisoriamente a maior da Ásia até os chineses a alcançarem.

 

- Qantas* (grupo): 246 aeronaves, Hub principal em Sydney. Voa para mais de 70 destinos em 15 países, com receita anual de US$ 1,3 Bilhões

 

A Qantas tem receita só de U$$ 1,3 bi?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade