Jump to content

Embarque de bebês tem novas normas


jambock

Recommended Posts

Meus prezados:

Embarque de bebês tem novas normas

Carrinho terá ainda de ser dobrado e colocado na esteira de bagagens.

 

Passageiros de voos nacionais e internacionais que viajam com bebês de colo têm novas regras nos aeroportos de todo o país. A Agência Nacional de Aviação Civil (anac) determinou que os bebês terão de ser retirados dos carrinhos para passar individualmente pelo detector de metais.

As crianças também não poderão ser simplesmente carregados no colo. Terão de ser examinados pelo equipamento longe do corpo do adulto. O passageiro terá de esticar os braços ao passar com o recém-nascido pelo detector.

 

O carrinho terá ainda de ser dobrado e colocado na esteira, para passar pelo equipamento de raios-X.

Essas práticas, nem sempre exigidas, terão de ser seguidas agora de forma uniforme, em todos os aeroportos brasileiros, diz a agência.

A lista também engloba outras medidas, como a revista de bagagens de mão. Todas, na visão da agência, visam a diminuir burocracias, simplificar o processo e agilizar o embarque dentro dos padrões de segurança internacionais.

 

Segundo a anac, não será necessário, por exemplo, tirar o laptop da mochila e mostrá-lo para o agente em todas as viagens prática constante nos aeroportos. Também não será obrigatória a retirada de casacos ou de sapatos no momento do embarque isso ocorrerá apenas quando o agente tiver dúvidas e quiser comprovar se o passageiro carrega ou não algum item proibido.

 

Todas as ações de vistoria de passageiros em aeroportos é supervisionada pela Polícia Federal. O objetivo de todas as medidas, diz o órgão, é evitar que armas e explosivos subam a bordo.

Outra determinação da anac divulgada ontem indica que a agência vai começar um levantamento sobre os riscos que existem nos aeroportos em relação aos chamados atos ilícitos. Enquanto o estudo não é concluído, medidas de gerenciamento de risco serão tomadas apenas em aeroportos das principais capitais.

fonte: jornal "Zero Hora" 19 ago 2010

Link to comment
Share on other sites

Que palhaçada essa da ANAC, imagina um bebe dormindo e a mãe esticando ele frente ao detector de metais e a criança chorando por a mãe ter acordado. MP (Ministerio Publico) não entra nessa??????? Vamos ficar assistindo essa humilhação calados?????????

Link to comment
Share on other sites

Que palhaçada essa da ANAC, imagina um bebe dormindo e a mãe esticando ele frente ao detector de metais e a criança chorando por a mãe ter acordado. MP (Ministerio Publico) não entra nessa??????? Vamos ficar assistindo essa humilhação calados?????????

cabem bombas, facas de rocambole pullman e drogas em fraldas...eu acho que o mais fácil seria passar o bebê pelo raio X...muito mais tranquilo.

Link to comment
Share on other sites

Que palhaçada essa da ANAC, imagina um bebe dormindo e a mãe esticando ele frente ao detector de metais e a criança chorando por a mãe ter acordado. MP (Ministerio Publico) não entra nessa??????? Vamos ficar assistindo essa humilhação calados?????????

 

 

Passeo por isso em REC... minha filha dormindo no colo de minha esposa, enrolada e um cobertor por causa do tempo meio frio... a mocinha do raio-x fez tirarmos o cobertor dela... isso pq era 1hr da manhã... eu penso o seguinte, se o detector nao mostrar nada no pórtico não há a necessidade de tirar o cobertor... bebe de 1 ano a 1hr da manhã, tempo meio gelado e eu com o crachá da infraero e da empresa... (ta certo que o crachá não quer dizer nada)...

Mais fiquei p*** com a moça... minha esposa ainda perguntou se isso era normal, pelo que vejo em VCP não eh normal não... mais para evitar "problemas" deixamos passar... Não vejo o porque ter q esticar o braço com o bebe... se tiver algo errado o aparelho vai acusar... ou sera q a InfraZERO compra aparelhos que não prestam??

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

Passeo por isso em REC... minha filha dormindo no colo de minha esposa, enrolada e um cobertor por causa do tempo meio frio... a mocinha do raio-x fez tirarmos o cobertor dela... isso pq era 1hr da manhã... eu penso o seguinte, se o detector nao mostrar nada no pórtico não há a necessidade de tirar o cobertor... bebe de 1 ano a 1hr da manhã, tempo meio gelado e eu com o crachá da infraero e da empresa... (ta certo que o crachá não quer dizer nada)...

Mais fiquei p*** com a moça... minha esposa ainda perguntou se isso era normal, pelo que vejo em VCP não eh normal não... mais para evitar "problemas" deixamos passar... Não vejo o porque ter q esticar o braço com o bebe... se tiver algo errado o aparelho vai acusar... ou sera q a InfraZERO compra aparelhos que não prestam??

 

Abraços

 

Drogas e armas brancas não-metálicas não vão ser detectadas no pórtico.

 

Rafael

Link to comment
Share on other sites

Exagerado isso.

 

Eu sempre embarco de terno e gravata. Uma gravata pode ser facilmente usada para enforcar alguém. Assim como um curto numa bateria de celular pode, no mínimo, dar um bom susto dentro do avião.

 

Falo isso como usuário, leigo mesmo. Entendo a questão da segurança, mas to achando q se está correndo atrás do próprio rabo...

 

Daqui a pouco vão querer q vc defeque no embarque, já q vc pode guardar drogas no próprio ânus...

 

Repiro, aeronautas amigos - é minha opinião de usuário e leigo. Espero q respeitem...ou repliquem com respostas educadas e coerentes.

Link to comment
Share on other sites

Drogas e armas brancas não-metálicas não vão ser detectadas no pórtico.

 

Rafael

 

 

Porem drogas e "armas brancas" como voce disse eu posso levar no bolso sem ter q usar um bebe para isso...

Link to comment
Share on other sites

Porem drogas e "armas brancas" como voce disse eu posso levar no bolso sem ter q usar um bebe para isso...

 

Claro que pode e concordo que a medida é exagerada, mas o "álibi" de um bebê para acorbertar ilícitos é bastante convincente.

 

Rafael

Link to comment
Share on other sites

Desde que eu ví aquele bebê morto, recheado de drogas, eu não duvido de nada. A segurança só tende a aumentar, e isso é apenas mais um passo pra isso.

 

E Acreditem, pra copa e olimpíadas será muito mais...

Link to comment
Share on other sites

cabem bombas, facas de rocambole pullman e drogas em fraldas...eu acho que o mais fácil seria passar o bebê pelo raio X...muito mais tranquilo.

Pelo detector de metais pode ser. Pelo RX jamais.

Link to comment
Share on other sites

Drogas e armas brancas não-metálicas não vão ser detectadas no pórtico.

 

Rafael

Se isso não detectar, o que vai? O "pórtico" é a única segurança que nós somos submetidos fisicamente.

 

Já passei com uma garrafa de 600ml cheia em BSB. Quando olhei pra moça do RX, ela estava conversando com um colega.

Link to comment
Share on other sites

Pois é. ..

Pior que isso, e infelizmentea dona Anac nao vê, é a falta de segurança com que os bebês são levados dentro do aviâo.

Uma criançca de colo pode facilmente "voar" do colo de uma mae no caso de uma turbulencia mais acentuada.

O certo seria obrigar o uso de cadeirinhas pra todos os bebes.

Sou médico e sei do que estou falando..

Quem vai se responsabilizar no caso de um Traumatismo Craniano num bebe após uma turbulencia.??

Link to comment
Share on other sites

Pois é. ..

Pior que isso, e infelizmentea dona Anac nao vê, é a falta de segurança com que os bebês são levados dentro do aviâo.

Uma criançca de colo pode facilmente "voar" do colo de uma mae no caso de uma turbulencia mais acentuada.

O certo seria obrigar o uso de cadeirinhas pra todos os bebes.

Sou médico e sei do que estou falando..

Quem vai se responsabilizar no caso de um Traumatismo Craniano num bebe após uma turbulencia.??

 

Mas essa mudança tem que começar, primeiro, de uma adaptação pras cadeiras nos assentos dos aviões. Existem alguns poucos que são adaptáveis, mas são caros, não estão disponíveis pro "povão".

 

Pra isso que vc diz (e eu concordo totalmente) ser possível, deveria ser vendido cadeirinhas com adaptação pra colocação de cintos de segurança. Maaaas, nesse caso, as cadeirinhas ocupariam assento, e o INFT passaria a não embarcar mais com tarifa FREE, acabaria tendo um custo proporcional ao de CHD, o que, sinceramente, não sei se os pais estariam dispostos a pagar.

 

Caso isso não fosse oferecido, o risco de ter uma cadeirinha solta também seria muito grande, imagina no meio de uma turbulencia ele voando pela cabine... A curto prazo eu naum vejo nenhuma solução pra isso...

Link to comment
Share on other sites

Pois é. ..

Pior que isso, e infelizmentea dona Anac nao vê, é a falta de segurança com que os bebês são levados dentro do aviâo.

Uma criançca de colo pode facilmente "voar" do colo de uma mae no caso de uma turbulencia mais acentuada.

O certo seria obrigar o uso de cadeirinhas pra todos os bebes.

Sou médico e sei do que estou falando..

Quem vai se responsabilizar no caso de um Traumatismo Craniano num bebe após uma turbulencia.??

 

 

perfeita e inteligente a sua manifestação!

 

muitos aqui defendem medidas humilhantes para o ser humano visando a segurança..mas eu pergunto..segurança de quem?

 

se não começa por onde o caro William fala aí em cima, é falso e é pra enganar os trouxas dizendo que estão sendo prevenidos de ataques terroritas...mas os trouxas não percebem que estão sendo controlados, nada mais...

 

infelizmente, a anac e esses governantes brasileiros são capachos dos estados unidos e sua política terrorista internacional que causa, como efeito colateral todo esse controle indiscriminado das pessoas no mundo. e a imprensa tá junto nessa, infelizmente.

vivemos uma época do vigiar e punir, só isso...eu to até me arrependendo de estar colocando mais um ser humano nessa nossa miséria moral..

 

triste isso...

Link to comment
Share on other sites

Pior é se resolvem dar uma "conferida" igual fazem nas visitas, para entrar nos presídios. :cutuca:

 

Exagerado isso.

 

Eu sempre embarco de terno e gravata. Uma gravata pode ser facilmente usada para enforcar alguém. Assim como um curto numa bateria de celular pode, no mínimo, dar um bom susto dentro do avião.

 

Falo isso como usuário, leigo mesmo. Entendo a questão da segurança, mas to achando q se está correndo atrás do próprio rabo...

 

Daqui a pouco vão querer q vc defeque no embarque, já q vc pode guardar drogas no próprio ânus...

 

Repiro, aeronautas amigos - é minha opinião de usuário e leigo. Espero q respeitem...ou repliquem com respostas educadas e coerentes.

 

Link to comment
Share on other sites

Pois é. ..

Pior que isso, e infelizmentea dona Anac nao vê, é a falta de segurança com que os bebês são levados dentro do aviâo.

Uma criançca de colo pode facilmente "voar" do colo de uma mae no caso de uma turbulencia mais acentuada.

O certo seria obrigar o uso de cadeirinhas pra todos os bebes.

Sou médico e sei do que estou falando..

Quem vai se responsabilizar no caso de um Traumatismo Craniano num bebe após uma turbulencia.??

 

 

o uso do cinto infantil n resolve isso nao?

Link to comment
Share on other sites

A ANAC esta com medo de algum bebe bomba pelo visto....

 

Eu evito comentar sobre os procedimentos de raio X nos aeroportos para não acabar me estressando... outro dia em FLN fui passar no portico com a navegação na mão e me fizeram coloca-la na bandeja pra passar no raio X...

 

Realmente poderia ter C4 no meio da meteorologia...

 

Infelizmente a autoridade "competente" não pensa em dezenas de outras possibilidades de situações que realmente podem ocorrer a bordo de uma aeronave... como o proprio exemplo acima da segurança dos bebes a bordo.

 

abraços

Link to comment
Share on other sites

Embarque em avião tem novas regras

Acessórios e notebooks não precisam mais passar pelo Raio X

Novas regras para o transporte de bagagens de mão em voos domésticos e internacionais foram adotadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na semana passada e prometem maior agilidade no embarque. O texto define exigências para viagens com crianças de colo e elimina burocracias como a retirada de notebook da mochila e de casacos e sapatos para enfrentar o detector de metais. Tudo sob supervisão da Polícia Federal.

 

Crianças de colo devem ser retiradas dos carrinhos e passar pelo detector de metais ligeiramente afastadas do corpo do adulto. O carrinho deverá ser dobrado e colocado na esteira para passar pelo aparelho de raios X. Conforme a Anac, o procedimento já era adotado até então, a diferença é que agora passará a ser uma exigência padrão.

 

As novidades ficam por conta da vestimenta e dos adornos dos passageiros. Antes da norma, o passageiro ia retirando cinto, chapéu, brincos, relógios e colocando em uma bandeja antes mesmo de passar pelo equipamento. Agora, apenas se o alarme apitar, item por item deverá ser depositado na bandeja até se descobrir qual deles acionou o alerta.

 

Os notebooks também não precisam mais ser retirados de dentro da mochila em todos os casos, apenas naqueles em que houver a desconfiança de que o passageiro carrega conteúdo proibido em seu interior.

Publicado no Diário Oficial da União, o texto passa a valer para aeroportos de todo o país. O chefe de Núcleo de Polícia Aeroportuária da Polícia Federal no Aeroporto Salgado Filho, Sérgio Henrique Silva da Silva, afirma que as mudanças ainda não foram implementadas no Rio Grande do Sul.

 

– As medidas só serão adotadas após uma reunião da Comissão de Segurança Aeroportuária, mas tudo vai continuar sendo revistado. O que sofrerá alteração é a forma como essa revista é feita. Em caso de dúvida, o agente pode pedir para fazer uma investigação mais detalhada no passageiro sempre.

 

A tendência é de que haja mais agilidade nos aeroportos, conforme a Anac. O objetivo da inspeção é prevenir que materiais como armas, explosivos ou agentes químicos, biológicos, radioativos ou nucleares cheguem à aeronave.

Confira as determinações da ANAC

http://www.clicrbs.com.br/pdf/8831946.pdf

fonte: jornal “Zero Hora” 24 ago 2010

 

Link to comment
Share on other sites

Inspeção obrigatória x bebê x acomodação a bordo ...

 

Pessoal, apesar de usarmos em português somente uma palavra – Segurança – não façam confusão entre Security e Safety. Para a aviação esses termos (e procedimentos) são completamente distintos e não necessariamente se complementam.

 

Um abraço.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade