Jump to content

O "samba do avião" da Azul desembarca no Galeão


Carlos Augusto

Recommended Posts

Fonte: portal Meio & Mensagem, 11 de Março de 2011 às 17:24

 

Reportagem: Felipe Turlão e Nathalie Ursini

 

 

 

Ação de flash mob da companhia aérea marca o início das operações no Aeroporto Antonio Carlos Jobim

 

 

 

 

A Azul Linhas Aéreas iniciou suas operações de voo no aeroporto internacional Antonio Carlos Jobim, mais conhecido como Galeão, no Rio de Janeiro em fevereiro deste ano. Para estrear as pistas, a empresa realizou uma ação de flash mob no saguão do aeroporto.

 

Um rapaz com chapéu-panamá começa a cantar o famoso "Samba do Avião", música de autoria de Tom Jobim - confira abaixo. Aos poucos outras pessoas, também de chapéu, vão se juntando ao primeiro rapaz que dança e canta. Ao mesmo tempo, no voo que segue de Campinas para o Galeão, os tripulantes de bordo distribuem chapéus para os viajantes. Logo depois, uma multidão recebe os passageiros na porta da sala de desembarque.

 

"Foi tudo muito bem encaixado. A música fala da chegada ao Rio de Janeiro e o autor é também o nome do aeroporto", conta Gianfranco Beting, diretor de comunicação e marca da companhia. De acordo com o diretor, os voos estão tão lotados que a princípio a empresa não vê necessidade de desenvolver uma campanha de divulgação que atinja a mídia em massa. “Estamos fazendo doze voos diários entre Campinas e Galeão”, comemora. Sem revelar o investimento feito pela Azul, Beting frisa que a relação custo benefício é “insuperável”. A produção foi feita pela Guru Filmes.

 

 

A mania do Flash Mob

 

O flash mob da Azul é mais um na lista desta modalidade que não é a favorita de gente como Marcello Serpa, por exemplo, que já declarou via Twitter sua ojeriza a este tipo de estratégia. Uma das ações mais reconhecidas nestes últimos anos foi, sem dúvida, Dance, da T-Mobile. O filme de uma dança em uma estação de metrô de Londres foi premiado em festivais de publicidade como Cannes. O anunciante gostou tanto do flash mob que lançou na sequência a ação Sing-Along, filmada na praça Trafalgar, e “Welcome Back”, que recebia os passageiros em Heathrow com o desejo de “Bem-vindos de volta”, algo muito similar ao que se propõe a campanha da Azul.

 

O ano passado foi pródigo em iniciativas desse sentido no Brasil. Em dezembro, o GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) promoveu uma ação de flash mob no aeroporto de Congonhas para promover a marca "Sou fã de criança". Mais de 100 bailarinos e voluntários da instituição dançaram ao som de uma trilha sonora de pop ao rock.

 

Em agosto, a SP Turismo realizou um flash mob na estação da Luz, em São Paulo, onde bailarinos dançaram ao som de “Saudosa Maloca”, para homenagear os 100 anos de Adoniram Barbosa. Em junho, o Fashion Mall fez iniciativas no mesmo sentido em pontos do Rio de Janeiro para homenagear o Dia dos Namorados, tocando de Roberto Carlos a Prince.

 

Os portugueses parecem ter gostado dos flash mobs. Para comemorar seus 70 anos, a KLM fez uma ação no Aeroporto de Lisboa. A rival TAP promoveu ações em Lisboa para desejar um feliz 2010, além de Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, homenageando essas cidades.

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Acho muito bacana a idéia de uma publicidade positiva assim, que anima o transeunte, qualquer que seja seu estado de humor. Parabéns à Azul!

 

O úníco porém é o uso do termo "flash mob", que não deveria ser usado para esse tipo de ação, mas para ações expontâneas, orgânicas, sociais. Já que os publicitários copiaram a idéia, que pelo menos inventassem um novo nome...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade