Jump to content

Despressurização no voo 1836 da Gol


LV-LEO

Recommended Posts

Voo da Gol sofre despressurização antes de pousar em Brasília

Mônica Harada

 

Publicação: 27/03/2011 15:46 Atualização: 27/03/2011 15:55

 

Passageiros do voo 1836, da empresa aérea Gol, levaram um susto durante o voo que partiu de Porto Alegre (RS) com destino a Brasília neste domingo (27/3). A aeronave, que fez escala em Curitiba (PR), às 10h22, sofreu despressurização da cabine poucos minutos antes de pousar no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek.

 

De acordo com a assessoria da Gol, ocorreu um "inesperado problema no sistema de pressurização da cabine enquanto a aeronave estava em altitude de cruzeiro, já próxima à Capital Federal". A companhia aérea informou por meio de nota que a tripulação realizou os procedimentos previstos para esses casos e solicitou prioridade para o pouso.

 

A aterrissagem em Brasília ocorreu em segurança às 12h01, mas deixou os passageiros assustados. O publicitário Magno Trindade, que estava em Porto Alegre a trabalho, contou que os momentos mais tensos foram quando a comissária de bordo pediu para que todos colocassem as máscaras.

 

"Deviamos estar a uns 20 minutos para chegar a Brasília quando a comissária deu o aviso, aos gritos, para colocarmos as máscaras, só que elas não tinham caído ainda. Demorou uns 10 segundos, que pareceram uma eternidade. Depois colocamos as máscaras sem histeria e o comandante nos avisou que fariamos um pouso de emergência, sem muitos detalhes. No fim, o avião fez uma descida rápida e não houve pânico entre os passageiros". "O que mais nos apavorou foi a falta de informação mesmo, de não sabermos onde iriamos pousar e em quais circunstâncias", disse o publicitário.

 

Segundo a Gol, duas pessoas foram atendidas no centro médico do aeroporto após o susto, mas ninguém precisou ser encaminhado ao hospital. Para Magno, apesar não ter entrado em pânico, o sentimento de alívio só veio ao ver que o pouso seria realizado no aeroporto de Brasília.

 

"A sensação é de impotência, pois não podemos fazer nada nessa situação", lembrou. "Uma coisa curiosa que percebi é que um casal na minha frente estava colocando a identidade no bolso e eu fiz a mesma coisa. Percebi que seria mais fácil para nos identificarem em caso de acidente. Só vou andar agora com a identidade no bolso", brincou.

 

A Gol informou que a aeronave foi encaminhada para manutenção, onde está sendo inspecionada por mecânicos da companhia.

 

http://www.correiobraziliense.com.br/app/n...-brasilia.shtml

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 62
  • Created
  • Last Reply

Que tenso!!!

 

Pela descrição do fato parece que os procedimentos foram tranquilos, sem pânicos.

Acho que não me atentaria à ID no bolso rsrsrs

 

Graças a Deus não aconteceu nada de pior e que estão todos bem.

Link to comment
Share on other sites

Nossa!!! Acho que a reporter descobriu agora que em avião pode ocorrer despressurização... e descobriu também que aquelas instruções "inúteis" feitas pelos comissários antes de cada voo poderiam acontecer de verdade!!!

Link to comment
Share on other sites

É a ação dos filmes hollywoodianos no Brasil. Qualquer tremedeira, as pessoas entram em pânico.

Lucas, despressurização não é algo que podemos considerar como qualquer coisa no que diz respeito à influência que essa situação terá nos passageiros.

 

Máscaras de oxigênio caindo e a aeronave iniciando uma descida para estabilizar em níveis mais baixos onde seja possível respirar normalmente sem a ajuda das máscaras é uma situação que causaria muita preocupação na maioria dos passageiros, e mesmo depois que o avião estabilizasse e a tripulação pudesse tranquilizá-los o normal no meu modo de ver seria muitos deles continuarem apreensivos.

 

Um abraço.

Link to comment
Share on other sites

Voo da Gol sofre despressurização antes de pousar em Brasília

Mônica Harada

 

Publicação: 27/03/2011 15:46 Atualização: 27/03/2011 15:55

 

 

Deviamos estar a uns 20 minutos para chegar a Brasília quando a comissária deu o aviso, aos gritos, para colocarmos as máscaras, só que elas não tinham caído ainda

 

 

http://www.correiobraziliense.com.br/app/n...-brasilia.shtml

 

Ela entrou em pânico ou é exagero da repórter.

Link to comment
Share on other sites

Ela entrou em pânico ou é exagero da repórter.

 

Exagero.

Com certeza falou bem alto para se fazer ouvir, procedimento mais do que normal num caso desses.

Link to comment
Share on other sites

Acho que um pouco de tudo que o pessoal disse aqui, obvio que numa situaçao dessas nao da para ficar "oba uma despressurizaçao, que gostoso! vamos curtir!" rsrs, tambem ha parte de exagero pela midia, ja que nao tem novidade eles buscam uns casos desses e dao uma "temperada" para parecer mais interessante, e tambem ha o exagero pela parte do passageiro. Acredito que ha muitos comentarios dispensaveis, em todo caso de emergencia parece que todo mundo frisa que "faltou mais informaçao por parte do piloto". Pessoal nao entende, e ate a propria midia poderia aproveitar a situaçao para dar uma materia mais interessante contando coisas como essas, do pq os tripulantes ficam quietos e os comissarios berram e bla bla bla. Galera esquece que apesar da emergencia os tripulantes nao estao ali esperando acordar e encontrar uma fila grande, e la no final encontrar um velinho com a camisa escrito JC e ouvindo "some body to love" ao fundo... :hypocrite: brincadeiras a parte, quero dizer que os tripulantes numa hora dessa, alem do proprio stress da situaçao, tem uma carga de trabalho muito grande por conta de checklists, e do proprio procedimento de decida ja imendando com o pouso. É importante lembrar que antes de perder tempo falando que tudo vai ficar bem, podem ser segundos preciosos para completar checklists e fazer um pouso tranquilo. :thumbsup:

 

abraços

Link to comment
Share on other sites

É a ação dos filmes hollywoodianos no Brasil. Qualquer tremedeira, as pessoas entram em pânico.

 

 

 

Passageiros exagerados que não freqüentam o CR e não tem a mínima noção do quão normal e tranqüila é a queda de máscaras! Procedimento normal e suuuuuuper calmo, tal qual vôo mono, falta de combustível, queda brusca em turbulência... Esses pax, não aprendem nunca!

 

O Maverick não iria nem se abalar em sua poltrona, manteria a leitura da revista de bordo colocando a mascara com uma mão só. TopGun feelings :fui:

Link to comment
Share on other sites

Exageros à parte, (se é que houve), mas pobre de nós, simples usuários, sem conhecimentos aeronáuticos, que se veem à voltas com máscaras de respiração sob nossas cabeças, tendo ao fundo uma comissária aos gritos, e um piloto dizendo simplesmente que faremos um pouso de emergência, sabe-se lá onde.

 

Repetindo... Como simples usuário, já seria o bastante para borrar minhas calças...

 

Ao meu ver, faltou tino profissional para ambos. (Se confirmado for o caso).

 

 

Link to comment
Share on other sites

É a ação dos filmes hollywoodianos no Brasil. Qualquer tremedeira, as pessoas entram em pânico.

 

fortão...quero ver você numa despressurização se vai ficar rindo de quem tem medo. :suicide_anim:

Link to comment
Share on other sites

fortão...quero ver você numa despressurização se vai ficar rindo de quem tem medo. :suicide_anim:

 

 

Despressurização não é normal, e não é questão de ficar rindo dos outros que tem medo, mas não é questão de pânico. (Até onde eu sei pânico é diferente de medo).

 

Os usuários não prestam atenção nos comandos realizados pelos comissários no início do voo, quando acontece a situação, todos entram em pânico sem saber o que fazer. Ai quando nas piores hipóteses, vem enchendo de culpas para cima da empresa aérea.

 

Caiu as máscaras? Coloque e ajude aos que tiverem dificuldade. Não fique achando que o avião vai partir ao meio. Pois tem muita gente trabalhando para todos chegarem bem ao solo.

Link to comment
Share on other sites

É a ação dos filmes hollywoodianos no Brasil. Qualquer tremedeira, as pessoas entram em pânico.

 

Pagaria 100 reais pra ver sua reação a bordo, depois das quedas das máscaras de oxigênio.

 

Link to comment
Share on other sites

Ninguém revela mesmo que uma despressurização forte em niveis altos poderá ocorrer sangramentos nos ouvidos uma fumaça branca e uma completa histeria... poderia citar outros fenomenos completamente normais...

Link to comment
Share on other sites

Trabalho na GOL, no aeroporto de BSB, saio ao meio-dia, então nem deu pra ficar sabendo do ocorrido. Amanhã vou ver qual o prefixo da aeronave.

 

Sei que não vem ao caso, mas coincidentemente ou não, dia 13 do mês que vem, voltarei do show do Roxette, em POA, no referido voo.

Link to comment
Share on other sites

1 - Comissária "aos gritos" pode ser duas coisas: se fazer ouvir (o que acredito) ou até mesmo um certo receio dessa situação.

 

Façamos uma enquete de quantos comissários aqui do fórum já passaram por uma situação dessas que não fosse em treinamento.

 

2 - Muita gente, ainda que frequent flyer, tem receio/medo/cagaço de voar.

 

3 - Quando se fala a palavra "despressurização", imediatamente os leigos são levados a pensar naquele enorme rasgo na fuselagem com gente caindo prá fora do avião. Sendo assim, não é difícil que haja medo/apreensão ou mesmo pânico nas pessoas que passam por isso.

Link to comment
Share on other sites

Depois colocamos as máscaras sem histeria e o comandante nos avisou que fariamos um pouso de emergência, sem muitos detalhes. No fim, o avião fez uma descida rápida e não houve pânico entre os passageiros".

 

No meu entender está claro que os passageiros até que se controlaram diante de uma situação que está longe de ser corriqueira...

 

Sobre o caso em si:

 

Caso haja mal fechamento de portas e compartimentos de carga, a despressurização pode demorar a ocorrer ou assim que a aeronave atinge determinada altitude já ocorre o problema?

 

Com os sistemas de alerta hoje existentes nas aeronaves, o que pode causar uma despressurização repentina e, creio eu, surpreendente, quase no final do voo?

Link to comment
Share on other sites

desculpa gente mas alguem pode me explicar o q ocorre em uma despressurizaçao ? :uhm:

Alexandre,

 

Uma despressurizaçao ocorre quando o ar que é sangrado dos motores é insuficiente para manter a pressão dentro da aeronave.Existem basicamente dois tipos de despressurização, a lenta e a rápida.Quando a pressão interna de uma aeronave diminui a um determinado nivel ,um alarme informa os pilotos.Existem procedimentos a serem tomados párea tentar estabilizar a pressão, e quando não se obtêm sucesso ou quando a despressurizarão é rápida, os pilotos descem para uma altitude onde a aeronave possa voar com a pressão externa em níveis aceitáveis ao corpo humano, 10000 pés. Durante este procedimento todas as pessoas a bordo devem usar mascaras de oxigênio. Os geradores de oxigênio das mascaras emitem cheiro de queimado, a aeronave desce em uma razão de velocidade e razão de descida elevada, os speed-brakes são acionados, e praticamente todos os passageiros ficam muito apreensivos.

Link to comment
Share on other sites

Despressurização não é normal, e não é questão de ficar rindo dos outros que tem medo, mas não é questão de pânico. (Até onde eu sei pânico é diferente de medo).

 

Os usuários não prestam atenção nos comandos realizados pelos comissários no início do voo, quando acontece a situação, todos entram em pânico sem saber o que fazer. Ai quando nas piores hipóteses, vem enchendo de culpas para cima da empresa aérea.

 

Caiu as máscaras? Coloque e ajude aos que tiverem dificuldade. Não fique achando que o avião vai partir ao meio. Pois tem muita gente trabalhando para todos chegarem bem ao solo.

 

Cara, o ser humano não tem comportamento "linear" como você supõe. O ambiente dentro de uma aeronave é, via de regra, de apreensão para maior parte dos pax que estão ali sentados.

 

Você já passou por uma despressurização com descida abrupta, por exemplo, lá do 390, com máscara, névoa, etc, etc? Se ainda não passou, nem sabe qual será sua reação pois certas coisas temos que experimentar para saber. Simples assim.

 

Te dou outro exemplo: Eu sempre achei que não reagiria em um assalto, que ficaria paralisado. Certa vez ocorreu um assalto em uma empresa que trabalhava e sabe qual foi a minha reação? Sair correndo, pular o muro dos fundos da fábrica e correr uma boa distância até me sentir seguro para chamar a polícia. Foi estúpido e por sorte o cara que havia subido ao escritório (mezanino) não era o que estava armado.

 

E não tem essa de "não achar que o avião vai partir ao meio". Estou beirando os 600 voos, sou viciado em aviação mas certa vez passei por uma turbulência à bordo do PT-TEF da TBA em ponte SDU-CGH, que foi fueda colega. Bins abrindo, avião voando tal qual uma folha seca, se mexendo em todos os eixos, galera gritando, raios e etc. Estávamos sobre a serra do mar e o cmte desceu de maneira abrupta e só de olhar aquelas montanhas mais próximas, o pau cantando lá fora e cá dentro o coração na boca.

 

Depois deste voo, me tornei muito mais seguro e tranquilo em turbulências. Por quê? experiência superada, mas que poderia ter sido dificil demais para mim naquele dia, sei lá, ao ponto de me fazer ter medo de avião, o que seria "mortal" para minha vida e carreira profissional.

 

Já passei por despressurização a bordo do PP-SMR da Vasp saindo de CWB mas foi na fase de subida, ou seja, o valente breguinha nem chegou a subir e viemos em um "panorâmico" até CGH.

 

Rafael

Link to comment
Share on other sites

Ninguém revela mesmo que uma despressurização forte em niveis altos poderá ocorrer sangramentos nos ouvidos uma fumaça branca e uma completa histeria... poderia citar outros fenomenos completamente normais...

a névoa branca só ocorre em despressurização rápida.

Link to comment
Share on other sites

Não se o cmte estava com a situação sob controle e declarou apenas urgência através de pan-pan-pan .

 

mas se declarar may day já era CCF ?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.


×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade