Jump to content

Companhia Southwest encontra problemas em 5 aeronaves


PP-CJC

Recommended Posts

Boa noite amigos Forenses.

 

Fonte > Ag. Folhas

 

Companhia Southwest encontra problemas em 5 aeronaves

 

A companhia Southwest Airlines informou nesta terça-feira que terminou a inspeção em 79 de seus aviões e que encontrou rachaduras na superfície de cinco deles, de acordo com informações da agência de notícias Associated Press. São dois a mais do que havia identificado na tarde de ontem.

A inspeção ocorre depois de um incidente que abriu um buraco de 1,5 metro em um Boeing-737 da Southwest na última sexta-feira nos Estados Unidos.

Ontem, a Agência Nacional de Aviação norte-americana anunciou que vai recomendar as companhias aéreas a testar esses modelos para averiguar possíveis falhas e rachaduras na fuselagem.

Um total de 931 Boeings 737-300 são operados por todas as companhias aéreas do mundo, com 288 nos Estados Unidos, segundo dados da agência norte-americana de aviação, a FAA.

BOEING

A Boeing recomendou às companhias aéreas que utilizam alguns dos modelos 737 com muito tempo de voo que checassem problemas relacionados à fadiga metálica.

As checagens, que deverão se tornar obrigatórias pelo FAA, o órgão de regulação do setor aéreo dos Estados Unidos, são válidas para as versões mais antigas do 737, como o 737-300, que realizaram ao menos 30 mil "ciclos", disse o chefe do projeto de engenharia do 737 clássico da Boeing, Paul Richter, em entrevista à imprensa na terça-feira.

Um ciclo corresponde a uma decolagem e um pouso e é considerado a maior fonte de desgaste na estrutura de um avião por conta de esforços como a pressurização da cabine.

A Southwest disse que o avião realizou mais de 39 mil ciclos. Uma fonte da indústria com conhecimento sobre o boletim da Boeing disse que o total foi maior que a média feita por aviões da mesma idade --cerca de 15 anos.

A Boeing não acreditava que o modo de operação do avião pela Southwest poderia ter contribuído para o incidente de 1º de abril, disse Richter. O voo 812 ia de Phoenix a Sacramento, na Califórnia, quanto uma fenda de 1,52 metro foi aberta cerca de 20 minutos após a decolagem.

"A realidade é que eles [southwest] operam um grande frota de 737s... e certamente a maior frota de 737s clássicos", disse Richter. "É apenas um evento estatístico muito mais do que o modo da Southwest em operar o avião", adicionou.

Com a Reuters

 

Abraços

 

PP-CJC

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade