Jump to content

Novo terminal de passageiros de Viracopos


RCWSKY

Recommended Posts

 

Aberta licitação para projeto de terminal de passageiros de Viracopos

 

A INFRAERO abriu hoje (15/04) a licitação para a contratação dos projetos básico e executivo (leia-se, menor preço) para a construção de um novo terminal de passageiros para o aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas. A licitação inclui projetos para a construção de um novo edifício-garagem, sistema viário de acesso, pátio de aeronaves e outras obras complementares. O valor-base para os investimentos será de 44,6 milhões de reais.

 

Até o final de abril, o resultado das empresas habilitadas será divulgado. A partir deste momento, a INFRAERO passará a analisar as propostas de preço.

 

 

Fonte: Jetsite

Link to comment
Share on other sites

Não entendi direito. O que seriam esses R$44,6 milhões para investimentos? Para se construir um novo terminal, no mínimo, tal valor-base deveria ser 10 vezes isso...

Link to comment
Share on other sites

 

Este é o valor para apresentação dos projetos. A segunda fase de uma construção.

 

1- Identificação da necessidade. OK

2- Convocação para apresentação de projetos

3- Discussão do projeto, licenças ambientais, autorizações, orçamento...

4- Licitação do Projeto (inclui contestações...)

5- Construção

 

Conforme dito pelo IPEA, da fase de convocação do projeto ao inicio da construção, pode colocar uns 12 a 24 meses.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Este valor (R$ 44k) correspondem apenas o projeto arquitetônico e os complementares, como elétrica, hidráulica, estrutural, luminotécnica, paisagismo, ar-condicionado, etc. Vai ser difícil - mas não impossível - fazer um edifício bom e com esse preço baixo, o que vem sendo contestado nas licitações de projeto.

Link to comment
Share on other sites

Este valor (R$ 44k) correspondem apenas o projeto arquitetônico e os complementares, como elétrica, hidráulica, estrutural, luminotécnica, paisagismo, ar-condicionado, etc. Vai ser difícil - mas não impossível - fazer um edifício bom e com esse preço baixo, o que vem sendo contestado nas licitações de projeto.

 

Pra que a gente consiga visualizar melhor quão pouco é isso.. a rodoviária de Campinas, que não é grande, custou R$30mi.

Link to comment
Share on other sites

Pra que a gente consiga visualizar melhor quão pouco é isso.. a rodoviária de Campinas, que não é grande, custou R$30mi.

 

Você deve estar enganado - só os projetos de engenharia custaram R$ 30 milhões?

 

Tá louco, qual o tamanho da rodoviária?

____________________________

 

Pô, fala sério, quase R$ 45 milhões só para os projetos de engenharia e ainda acham pouco?

 

Hoje em dia com AutoCad 3D, Solidworks e afins não é tão difícil assim para fazer os projetos e gerar as listas de material, até porque você aproveita muita coisa das "bibliotecas" do software ou de projetos da própria empresa...

Link to comment
Share on other sites

Você deve estar enganado - só os projetos de engenharia custaram R$ 30 milhões?

 

Tá louco, qual o tamanho da rodoviária?

____________________________

 

Pô, fala sério, quase R$ 45 milhões só para os projetos de engenharia e ainda acham pouco?

 

Hoje em dia com AutoCad 3D, Solidworks e afins não é tão difícil assim para fazer os projetos e gerar as listas de material, até porque você aproveita muita coisa das "bibliotecas" do software ou de projetos da própria empresa...

 

Nao, meu caro.

 

A construção da rodoviária inteira custou isso.

Link to comment
Share on other sites

Pra que a gente consiga visualizar melhor quão pouco é isso.. a rodoviária de Campinas, que não é grande, custou R$30mi.

Halison, os R$ 44 milhões de reais se refere apenas aos projetos e não a construção. O edital diz que o vencedor ganhará com a proposta que tiver o menor custo de execução. Isso é um tema muito polêmico da parte de projetos nos processos de licitação.

 

Pô, fala sério, quase R$ 45 milhões só para os projetos de engenharia e ainda acham pouco?

Hoje em dia com AutoCad 3D, Solidworks e afins não é tão difícil assim para fazer os projetos e gerar as listas de material, até porque você aproveita muita coisa das "bibliotecas" do software ou de projetos da própria empresa...

 

Chico, atualmente o uso do AutodCAD 3D é restrito, seu sistema CAD - computer aid designer - foi superado pelo BIM, building information modeling, na qual você trabalha com informações e vai modelando, parametrizado. Hoje no Brasil se utiliza mais o Revit (da mesma proprietária da AutoCAD) e em menor escala o ArchiCAD. Ainda está gatinhando este processo no Brasil, mas suas vantagens são incríveis. É capaz de reduzir em até 60% o tempo de um projeto que fosse feito pelo CAD, além - de como citou - fornecer a lista de materiais. Chega ao extremo de calcular ventilação, iluminação . . .

 

Mas o Revit tem uma biblioteca brasileira muito pobre, é necessário você mesmo criar esta biblioteca. Fora que a concepção do projeto demora bastante.

Link to comment
Share on other sites

Halison, os R$ 44 milhões de reais se refere apenas aos projetos e não a construção. O edital diz que o vencedor ganhará com a proposta que tiver o menor custo de execução. Isso é um tema muito polêmico da parte de projetos nos processos de licitação.

 

sim. só quis comparar que com 30 mi se construiu um terminal rodoviário inteiro ao passo que com 44 mi nao será contruido nada.

Link to comment
Share on other sites

Este é o valor para apresentação dos projetos. A segunda fase de uma construção.

 

1- Identificação da necessidade. OK

2- Convocação para apresentação de projetos <------

3- Discussão do projeto, licenças ambientais, autorizações, orçamento...

4- Licitação do Projeto (inclui contestações...)

5- Construção

 

Conforme dito pelo IPEA, da fase de convocação do projeto ao inicio da construção, pode colocar uns 12 a 24 meses.

 

No Brasil a fase mais demorada dessa lista costuma ser a primeira, já que em diversos aeroportos a identificação da necessidade pelo Governo Federal e Infraero duram mais de 10 ou 15 anos.

Link to comment
Share on other sites

O terminal atual será só reformado ou ampliado também?

 

Abraços!

 

 

Deve ser reformado e ampliado, MAS..., com esse cronograma de reformas que o governo diz estar adequado :thumbsdown_still: , NADA está garantido!

 

Link to comment
Share on other sites

O terminal atual será só reformado ou ampliado também?

 

Pois e, cfe consta no site da Infraero, hoje foi publicado mais um Edital para a elaboração de projetos para a reforma e ampliação do terminal atual. Estes projetos devem custar outros R$ 44,6 milhões.

 

Bom, pelo que entendi da imagem que alguém havia postado, o outro edital era para um novo TPS que ficaria longe do atual, certo?

 

Pelo site da Infraero, o investimento até 2014 (provavelmente somando Projetos, reforma do atual terminal e 25% do novo terminal, mais pátio, etc) será de R$ 742 milhões. Imagino que com o novo terminal completo o investimento passará de R$ 1 Bilhão. E nisso eu não sei se está incluso a nova pista...

 

Torcemos para que finalmente algumas obras comecem a sair do papel, e que não tenham problemas com o TCU...

Link to comment
Share on other sites

sim. só quis comparar que com 30 mi se construiu um terminal rodoviário inteiro ao passo que com 44 mi nao será contruido nada.

Desculpe, interpretei mal, achei que você quis dizer que R$ 44 milhões era a construção - e fez o comparativo com a rodoviária de Campinas.

Link to comment
Share on other sites

Movimentação de cargas e passageiros – Março/2011

 

O Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas (SP) registrou mais um recorde na movimentação de cargas importadas e exportadas. Em março, o Terminal de Logística de Carga campineiro movimentou 15.827 toneladas de cargas importadas e outras 10.009 toneladas de produtos exportados, mantendo-se na primeira posição no ranking dos 34 terminais de carga administrados pela Infraero.

 

Em relação ao mesmo período de 2010, o crescimento foi de 22,42% na importação e 31,67% na exportação. Os valores correspondem, respectivamente, a 43.261 e 26.363 toneladas.

 

No que diz respeito à movimentação de passageiros, em março, 594 mil pessoas embarcaram ou desembarcaram por Viracopos. As operações totalizaram 7.650 pousos e decolagens.

 

Novas licitações

 

Nesta segunda-feira (19) a Infraero, Regional São Paulo, abriu licitação na categoria Concorrência (menor preço) para a contratação de serviços técnicos e especializados de elaboração dos projetos de engenharia nas etapas de serviços e estudos preliminares, projetos básicos, projetos executivos para reforma e ampliação do atual terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas (SP). O investimento previsto é de R$ 47,4 milhões, mas o valor real só será conhecido após a etapa de habilitação das empresas e abertura das propostas.

 

Com esta licitação, a Infraero alcança mais um importante passo para elevar a capacidade do aeroporto de Viracopos. Em dezembro de 2010, iniciou a construção do Módulo Operacional. A edificação deverá ser entregue em maio de 2011 e a Infraero já licitou alguns equipamentos e adquiriu outros para colocá-lo em operação ainda no segundo semestre de 2011. Com esta, a quarta licitação relacionada a obras, a Infraero deve investir mais de R$ 744 milhões no Aeroporto de Viracopos até 2015.

 

vcp.png

 

Fonte: Infraero

Link to comment
Share on other sites

Movimentação de cargas e passageiros – Março/2011

 

O Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas (SP) registrou mais um recorde na movimentação de cargas importadas e exportadas. Em março, o Terminal de Logística de Carga campineiro movimentou 15.827 toneladas de cargas importadas e outras 10.009 toneladas de produtos exportados, mantendo-se na primeira posição no ranking dos 34 terminais de carga administrados pela Infraero.

 

Em relação ao mesmo período de 2010, o crescimento foi de 22,42% na importação e 31,67% na exportação. Os valores correspondem, respectivamente, a 43.261 e 26.363 toneladas.

 

No que diz respeito à movimentação de passageiros, em março, 594 mil pessoas embarcaram ou desembarcaram por Viracopos. As operações totalizaram 7.650 pousos e decolagens.

 

Novas licitações

 

Nesta segunda-feira (19) a Infraero, Regional São Paulo, abriu licitação na categoria Concorrência (menor preço) para a contratação de serviços técnicos e especializados de elaboração dos projetos de engenharia nas etapas de serviços e estudos preliminares, projetos básicos, projetos executivos para reforma e ampliação do atual terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas (SP). O investimento previsto é de R$ 47,4 milhões, mas o valor real só será conhecido após a etapa de habilitação das empresas e abertura das propostas.

 

Com esta licitação, a Infraero alcança mais um importante passo para elevar a capacidade do aeroporto de Viracopos. Em dezembro de 2010, iniciou a construção do Módulo Operacional. A edificação deverá ser entregue em maio de 2011 e a Infraero já licitou alguns equipamentos e adquiriu outros para colocá-lo em operação ainda no segundo semestre de 2011. Com esta, a quarta licitação relacionada a obras, a Infraero deve investir mais de R$ 744 milhões no Aeroporto de Viracopos até 2015.

 

vcp.png

 

Fonte: Infraero

 

 

 

Dois TPS em VCP !

 

Deveremos ter por um certo período, dois terminais de passageiros em Viracopos, já que além da construção de parte do novo terminal, o atual também será reformado e ampliado. [Ambos com licitação pra projeto]

 

 

Link to comment
Share on other sites

Dois TPS em VCP !

 

Deveremos ter por um certo período, dois terminais de passageiros em Viracopos, já que além da construção de parte do novo terminal, o atual também será reformado e ampliado. [Ambos com licitação pra projeto]

 

Bem que a Azul poderia fazer um terminal proprio como a JetBlue tem no JFK

 

Alem dos dois TPS

Link to comment
Share on other sites

Dois TPS em VCP !

 

Deveremos ter por um certo período, dois terminais de passageiros em Viracopos, já que além da construção de parte do novo terminal, o atual também será reformado e ampliado. [Ambos com licitação pra projeto]

 

Quando terminar o TPS novo, o atual será demolido? Se for, pra que ampliar e reformar??

 

Bem que a Azul poderia fazer um terminal proprio como a JetBlue tem no JFK

 

Alem dos dois TPS

 

Seria ótimo Cássio, porém esbarra na nossa legislação que impede uma empresa privada construa, opere e tenha uma terminal para ela. Se houvesse a mesma liberdade que tem nos EUA, teríamos além da Azul, a Gol e a Tam fazendo terminais, e quiça a Avianca?

Link to comment
Share on other sites

Quando terminar o TPS novo, o atual será demolido? Se for, pra que ampliar e reformar??

 

Como já era para primeira etapa do novo terminal estar quase pronta, o atual seria transformado em terminal courier.

Com as novas mudanças, os dois terminais vão operar pax em conjunto, até... O atual terminal deve ser utilizado no futuro, para carga ou para escritórios das cias cargueiras, pois está dentro do novo setor de carga do plano diretor.

Não acredito em demolição, após a reforma e ampliação!

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

(...)

Seria ótimo Cássio, porém esbarra na nossa legislação que impede uma empresa privada construa, opere e tenha uma terminal para ela. Se houvesse a mesma liberdade que tem nos EUA, teríamos além da Azul, a Gol e a Tam fazendo terminais, e quiça a Avianca?

É proibido? É!

Mas pode-se fazer? PODE!

E o que acontece? NADA!

 

É muito simples, se a LAN pode comprar TAM, a Ryanair controlar a WebJet, sendo que supostamente estrangeiros so podem ter 20% de uma companhia aerea, entao nao vejo problemas em alguem chegar e construir um terminal, mesmo sendo contra a lei...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade