Jump to content

Comissária de bordo da TAM foi atacada por um funcionário do hotel onde estava hospedada


Mistura Rica

Recommended Posts

Funcionário tenta estuprar hóspede em hotel, no Centro de Florianópolis

 

Suspeito, que foi preso, entrou no quarto da mulher e a atacou

 

Uma comissária de bordo da TAM foi atacada por um funcionário do hotel onde estava hospedada no Centro de Florianópolis, na madrugada desta segunda-feira.

 

Segundo relatos da vítima, o funcionário bateu na porta do quarto alegando que precisava completar a ficha de hospedagem. Ao abrir a porta, a comissária foi atacada pelo homem, que tentou estuprá-la.

 

Depois de lutar com o agressor, a mulher conseguiu correr e gritar. Uma colega de empresa, que estava no quarto ao lado, ouviu o barulho e chamou a polícia.

 

João Lima Neto, de 48 anos, foi preso por tentativa de estupro e levado a uma unidade do Deap. Ele é natural de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, e tem antecedentes criminais por estelionato.

 

A gerência da TAM proibiu a comissária de dar entrevistas. Ela mora em Guarulhos, em São Paulo, e volta à cidade nesta segunda-feira.

 

A gerência do hotel também não se manifestou.

 

http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinens...ID=a3278966.htm

Link to comment
Share on other sites

Que desagradavel. Espero que ela se recupere deste trauma e que esse safado pague caro na cadeia.

Deus que me perdoe, mas esse cara merece passar por poucas e boas na cadeia. Um cabo de vassoura, talvez...

Link to comment
Share on other sites

Tomara que depois dessa mudem a gente de vez dessa pocilga chamada Castelmar. Válido pras duas empresas que lá ficam.

 

P.S.: Legal saber que não cobram atestado de antecedentes criminais aos funcionários. Quando trabalhei em hotel me cobraram.

Link to comment
Share on other sites

Acho absurdo a empresa proibir ela de dar entrevista e falar.

 

Concordo plenamente, porém absurdo maior ainda é o lixo do hotel que a empresa coloca seus tripulantes...

Link to comment
Share on other sites

Acho absurdo a empresa proibir ela de dar entrevista e falar.

 

Parece muito restritivo mesmo, mas acho que é até melhor! Não expõe a vítima e não prolonga muito o assunto, isso ajuda no aconpanhamento psicológico que ela receberá e também tirando isso dá mídia ajuda a não tornar isso frequente. Já pensou todos os programas matinais querendo explorar o assunto?!?!

 

Cabe as empresas/hoteis/polícias tomarem frente para que isso não se torne frequente.

 

Quanto a esse FDP, sinceramente espero que nesse minuto 01:35 alguém na cela, bem grande, esteja passando a barba rala em sua nuca. Tentou se dar bem...agora sinta a dor resultante de seu desvio de conduta!!!

 

Link to comment
Share on other sites

Concordo plenamente, porém absurdo maior ainda é o lixo do hotel que a empresa coloca seus tripulantes...

Vale lembrar caro speedbird, que esse castelmar esta longe de ser a pior possilga que ja nos enfiaram ou nos enfiam, basta perguntar a qualquer um sobre nosso antigo pernoite em vix ou o famosissimo mofo_hotel.

Vou ser justo pra nāo dizer que so reclamamos, em varios pernoites ficamos em hoteis excelente, o que nao da pra entender e a disparidade que faz com que em alguns lugares nāo tenhamos um descanso num lugar digno.

Link to comment
Share on other sites

Acredito que a companhia deve ter impedido a comissária de dar entrevista não pra preservar a vítima, mas com receio de sobrar pra ela. Imagina se chega na mídia a suposta informação que os funcionários já haviam se queixado do hotel pra companhia e nada foi feito. :rolleyes:

 

Vale lembrar caro speedbird, que esse castelmar esta longe de ser a pior possilga que ja nos enfiaram ou nos enfiam, basta perguntar a qualquer um sobre nosso antigo pernoite em vix ou o famosissimo mofo_hotel.

Vou ser justo pra nāo dizer que so reclamamos, em varios pernoites ficamos em hoteis excelente, o que nao da pra entender e a disparidade que faz com que em alguns lugares nāo tenhamos um descanso num lugar digno.

 

Esse até eu conheço. hehehehe. Pertinho aqui de casa.

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Vale lembrar caro speedbird, que esse castelmar esta longe de ser a pior possilga que ja nos enfiaram ou nos enfiam, basta perguntar a qualquer um sobre nosso antigo pernoite em vix ou o famosissimo mofo_hotel.

Vou ser justo pra nāo dizer que so reclamamos, em varios pernoites ficamos em hoteis excelente, o que nao da pra entender e a disparidade que faz com que em alguns lugares nāo tenhamos um descanso num lugar digno.

 

O de VIX acredito q seriam aqueles da famosa Rede HP (Hotéis Porcos) tipo Vitoria Palace, Camburi e Aruan hehehe :cutuca:

Link to comment
Share on other sites

Pessoal,

 

Infelizmente isso é mais comum que se imagina. Na falecida eu soube de várias tentativas.

 

Teve um caso que foi consensual que o cara era um jegue e rompeu o períneo da moça. Ela acabou hospitalizada e o cara foi demitido.

 

Houve um abaixo assinado de uns rapazes pedindo a reintegração do atentendente.... Hahhahahaha

 

Tirando o abaixo assinado, o resto aconteceu em Recife...

 

Abc,

 

Sydy

Link to comment
Share on other sites

Acho absurdo a empresa proibir ela de dar entrevista e falar.

 

Airbus,

 

Não acho tão absurdo assim.

Ela estava em uma situação de trabalho quando foi atacada, assim uma das formas da empresa dar suporte ao funcionário é através de uma resposta institucionalizada, como se a empresa toda fosse objeto do ataque deixando bem claro que seus empregados não estão desamparados.

Claro que isso é em tese, na prática provavelmente a empresa deve mais querer se proteger do que proteger a funcionária, com medo de que ela atribua responsabilidade a empresa.

 

 

Concordo plenamente, porém absurdo maior ainda é o lixo do hotel que a empresa coloca seus tripulantes...

 

Mais absurdo ainda é existirem homens acham que podem usar de sua força fisíca para abusar de mulheres...

 

Pessoal,

 

Infelizmente isso é mais comum que se imagina. Na falecida eu soube de várias tentativas.

 

Teve um caso que foi consensual que o cara era um jegue e rompeu o períneo da moça. Ela acabou hospitalizada e o cara foi demitido.

 

Houve um abaixo assinado de uns rapazes pedindo a reintegração do atentendente.... Hahhahahaha

 

Tirando o abaixo assinado, o resto aconteceu em Recife...

 

Abc,

 

Sydy

 

Isso me lembrou uma história, um professor de uma universidade federal seduziu uma aluna, tudo consensual até ela descobrir o lado jeguistico de seu mestre, momento em que ela resolveu abortar a decolagem.

O professor então usou daquele procedimento de emergencia muito difundido no genero masculino de negar sua intenção de decolar dizendo que só iria manobrar pela pista sem levantar voo...mas por óbvio, quando estava alinhado na pista deu toda a potencia nas turbinas e V1, V2, rotate....em uma decolagem que terminou em lesões corporais internas graves na aluna/vítima.

Processo dificil, palavra da vítima contra palavra do acusado (como em geral nos processos de violência sexual), pericias sobre o tamanho do wide body do professor..que acabou sendo condenado por estupro qualificado pela lesão corporal grave.

Sai da audiência com aquele gosto amargo de saber que a justiça só destruiria a vida de mais de uma pessoa, mas enfim este é o preço de viver em sociedade, quem pratica condutas proibidas deve ser punido e ao contrário de decolagens, relações sexuais podem ser abortadas a qualquer tempo e o "não" é um red warning que não pode ser ultrapassado!

 

Por fim, e para acabar, uma vez em um processo de atentado ao pudor contra de um pax contra uma comissaria e uma passageira, no depoimento do acusado ele justificou sua conduta com o seguinte comentário:

 

"Dr, quem nunca sonhou com um aeromoça? bebi demais no voo e esqueci que estava sonhando!"

 

Por um segundo os homens presentes na sala se compadeceram da dor do acusado, na hora eu pensei que se a simples intenção fosse punível, teria voo que 80% dos homens sairia preso, mas passado o "inside" o cara acabou condenado e teve de cumprir pena alternativa em uma organização que defendia os direitos das mulheres.

 

 

Abraços!

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Realmente lamentavel o que aconteceu... A Vitima foi a Instrutora de uma grande amiga minha. Em respeito à colega nao vou detalhar os fatos, mas depois do ocorrido (tentativa de estupro), o Psicopata foi identificado na Recepção e preso em flagrante. Toda a tripulação a acompanhou na delegacia. Fizeram os tramites (BO, Exame Corpo Delito, etc) e retornaram ao hotel. No dia seguinte, outra Tripulacao foi acionada para trazer o voo e essa tripulacao voltou para SP como Extra Remunerado (sem uniforme/sem cracha, passando-se por passageiros normais, fins de preserva-los do assedio da imprensa).

A colega foi afastada (Safety) e esta recebendo apoio Psicologico (Chefia/Serviço Social). Vamos torcer para que ela supere este trauma o quanto antes e possa retornar ao Voo!

 

E em relacao ao Hotel, tomara que a Empresa tome providencias em relacao a substituição do mesmo.

 

 

Link to comment
Share on other sites

A colega foi afastada (Safety) e esta recebendo apoio Psicologico (Chefia/Serviço Social). Vamos torcer para que ela supere este trauma o quanto antes e possa retornar ao Voo!

 

Não deve ser fácil ver um gaucho de Passo Fundo, pé de mesa ,tentando atacar. Que a colega se recupere logo do trauma.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade