Jump to content

Anac Estuda Reduzir Preço Do Querosene De Avião E Fala Da Concessão Da Nova Varig


PP-FAB

Recommended Posts

07/11/2006 - 21h05

Anac estuda reduzir preço do querosene de avião e fala da concessão da Nova Varig

Publicidade

CLARICE SPITZ

da Folha Online, no Rio

 

O presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Milton Zuanazzi, disse hoje que estuda com a Petrobras e a ANP (Agência Nacional de Petróleo) a mudança na fórmula do custo do querosene de aviação.

 

Segundo ele, a mudança deve diminuir o preço para as empresas aéreas.

 

O Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias) pede a redução de 15% do preço do combustível para as aeronaves, além da redução em 50% das tarifas de pouso e decolagem e de comunicação a título de indenização pelos danos causados pela operação padrão dos controladores de tráfego aéreo.

 

O sindicato alega que as empresas tiveram um prejuízo de cerca de R$ 40 milhões com a operação padrão dos controladores de tráfego. O valor inclui gastos adicionais com combustível, transporte e alojamento de passageiros, custos aeroportuários, além da desistência dos passageiros.

 

"Os custos que o querosene estão acarretando na avião comercial são muito altos. Passo dos 30% e chega a 40% do total de custos", disse o presidente da Anac.

 

Na próxima segunda, a Ana reúne-se com as empresas para tratar do assunto.

 

Concessão

 

Milton Zuanazzi afirmou ainda que a Nova Varig deve conseguir em breve a concessão para operar como empresa aérea. A Nova Varig é a fatia arrematada em leilão pela Varig Log em julho, e ainda opera com a concessão da antiga empresa.

 

Zuanazzi afirmou que a Varig definiu há 15 dias que vai operar com a malha de vôos atual, composta por 15 aviões, nove rotas domésticas e quatro internacionais. Por um litígio judicial, as demais rotas permanecem congeladas, apesar de a agência considerar que elas poderiam ser licitadas.

 

"O mais importante é como ela (a Nova Varig) vai começar. Vai começar como está hoje. As linhas permanecem congeladas", disse.

 

Nesta quarta, a Anac participa de audiência junto com o juiz da 1ª Vara Empresarial, Luiz Roberto Ayoub, e representante da companhia para tratar da certificação.

Link to comment
Share on other sites

Essa redução no preço do combustível, se ocorrer realmente, vai ser excelente para a aviação, pois vai diminuir os custos das companhias aéreas e consequentemente as passagens cairão de preço também.

 

Acho que a alegação das companhias aéreas sobre a operação padrão dos controladores não é válida, porque os mesmos estavam dentro dos regulamentos de tráfego aéreo, ou seja, não estavam fazendo nada de errado. O que as companhias podem alegar é que a ANAC é a culpada por ter poucos controladores no Brasil, fazendo com que as operações não possam ser tão ágeis.

 

 

Só acredito nessa estória de que o CHETA está próximo, quando houver um anuncio OFICIAL de que o CHETA sai dia tal. Por enquanto, não acredito em nenhuma dessas afirmações do senhor Zuanazzi.

Link to comment
Share on other sites

Esse ##### do Zuanazzi irrita!!!!A única boa noticia vindo da ANAC é essa pois as demais...

E por enquanto a aviação geral vai se fudendo a cada dia!!!!!!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade