Jump to content

Avião vira durante pouso em aeroclube do interior de SP


F-BVFA

Recommended Posts

Aeronave estava taxiando em Bragança Paulista.

Pista foi interditada para trabalhos de perícia.

 

Um avião que estava taxiando no Aeroclube de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, virou e ficou de cabeça para baixo na pista após fazer uma curva, na manhã desta quarta-feira (13). A aeronave havia acabado de pousar.

Segundo a direção do aeroclube, o piloto, que efetuava uma das manobras do curso pratico de piloto-privado de avião, fez o pouso e perdeu o controle da aeronave um avião.

A pista estava interditada até o final da manhã desta quarta para que a perícia faça a vistoria da área. O piloto não ficou ferido.

 

aviaocapota_2.jpg

 

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/07/aviao-vira-durante-pouso-em-aeroclube-do-interior-de-sp.html

Link to comment
Share on other sites

Aeronave estava taxiando em Bragança Paulista.

Pista foi interditada para trabalhos de perícia.

 

Um avião que estava taxiando no Aeroclube de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, virou e ficou de cabeça para baixo na pista após fazer uma curva, na manhã desta quarta-feira (13). A aeronave havia acabado de pousar.

Segundo a direção do aeroclube, o piloto, que efetuava uma das manobras do curso pratico de piloto-privado de avião, fez o pouso e perdeu o controle da aeronave um avião.

A pista estava interditada até o final da manhã desta quarta para que a perícia faça a vistoria da área. O piloto não ficou ferido.

 

aviaocapota_2.jpg

 

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/07/aviao-vira-durante-pouso-em-aeroclube-do-interior-de-sp.html

 

 

Eita... hj ta fogo...

 

um Acidente e um susto assim...

 

Pilonou o colega ai???

 

ainda bem que estão todos bem... resta saber como vai ficar a Ave..

 

abrasss

Link to comment
Share on other sites

Repararam em uma coincidência com o caso de Porto Velho? As matrículas são MUITO parecidas...

 

Para os que gostam de ver coisas "diferentes", um prato cheio.

 

Abraços!

Link to comment
Share on other sites

Poxa, o GUT era um dos melhores de se voar em Bragança (junto do HLV que infelizmente levou aluno e nosso amigo Botelhos). Espero que pelo menos o GUT se recupere. Graças a Deus o colega aviador está bem.

Link to comment
Share on other sites

Poxa, o GUT era um dos melhores de se voar em Bragança (junto do HLV que infelizmente levou aluno e nosso amigo Botelhos). Espero que pelo menos o GUT se recupere. Graças a Deus o colega aviador está bem.

 

O GUT sofreu danos no trem de pouso, motor, asas. Sem dúvidas o Munner vai colocar o flagship de Bragança para voo até o fim do ano. Infelizmente tem uma pequena fila de aeronaves que entram e saem de TBO. O GUT vai para o final da fila. Rsrsrsrsr

Ainda porque o GXB também pilonou semana passada e foi para a manutenção.

Link to comment
Share on other sites

Munner é O CARA!

 

P.S.: Pra mim o "flagship" de Bragança era o HLV (seguido do GUT e do GXB). Não tinha avião mais gostoso de voar do que o HLV. Uma tristeza mesmo o ocorrido.

Link to comment
Share on other sites

Realmente, porém como não veremos mais o PPHLV, o GUT virou o xodó do pessoal. Rsrsrs

Eu odiava voar no HLV, até o dia que eu comecei a aprender a pousar nele. Virou minha mãe, filho, amigo .... Sei lá, só sei que era especial.

 

É engraçado a capacidade da gente se apegar tanto a uma máquina. Fico desesperado quando acontece incidentes com os PAULISTINHAS e Cherokees de Bragança.

Link to comment
Share on other sites

Como diz o pessoal do GEEV: "Na aviação convencional existem dois tipos de pilotos: os que pilonaram e os que irão pilonar"

:banana:

 

Menos, menos...

Link to comment
Share on other sites

E existem aqueles que taxiam de manche "colado" e aqueles que esquecem disso, bem como aqueles que usam frenagem diferencial e aqueles que sapecam os dois pés no freio...

Link to comment
Share on other sites

Pelo menos na minha experiência de Boero e Paulistinha, posso dizer que com o manche colado pousando estolado 3 pontos, nunca vi sinal de levantar a cauda ao frear...

 

O problema é pouso de pista cauda levantada e chamar no freio, aí é ruim. O melhor é baixar a cauda, cola o manche e aí sim belisca o freio.

Link to comment
Share on other sites

E existem aqueles que taxiam de manche "colado" e aqueles que esquecem disso, bem como aqueles que usam frenagem diferencial e aqueles que sapecam os dois pés no freio...

 

De fato! Os alunos tem enorme resistência de entender a importância do manche "colado" em qualquer fase do taxi. Muitos acrerditam que em baixa vel o avião não pilona. Ja vi P56 levantar bequilha por muito menos! Rsrsrs

 

O recente no GUT, pelo que me falaram, foi que o menino foi para pouso solo e no momento do toque ele deu motor, e pisou no freio. Mistura de emoção, inexperiência (o que é muito normal e esperado para quem tem em média 15 horas de voo) e adrenalina. O resultado foi o trem estourado e consequente guinada para esquerda. Pelo menos ele se lembrou de fazer os cheques de corte como diz a bíblia!

Acidente é ruim demais, mas desse risco ele correrá muito menos depois do ocorrido.

 

Abrs!

Link to comment
Share on other sites

Digamos que isso "é previsto" né E145-SDU...

 

E o pilão parado, é perfeitamente possível, basta apenas dar motor sem mexer no manche....

 

O pouso pistado ( o antigo pouso comercial ) realmente , apesar de ser mais fácil, abre um elemento de instabilidade razoável, quando o aluno controla o pitch do avião , picando o profundor, e aí você adiciona a isto o controle correto dos freios + dosagem de potência do motor + altura da hélice em relação ao solo....

 

Neste caso, o pouso 3 pontos elimina este risco, ao sempre manter o manche colado antes do avião tocar o chão. Mas, por um outro lado, perde-se a visibilidade frontal, sobrando só dois toquinhos laterais de pista para cada lado......

 

Cabe ao instrutor quantificar, em qual das duas situações o aluno se sai melhor. Ele pode até escolher alguma técnica, que vimos , ambas serem corretas, quando executadas corretamente. Desde que ele saiba fazer as duas , de modo satisfatório, nas mais diversas condições.

 

Enfim, logo logo o aviador está pronto pra outra, e com o próprio PP-GUT!

 

Abras!

Link to comment
Share on other sites

Entendo. Só lembrando que em pousos solo os INVAS cobram o pouso 3 pontos. Tanto é que o pessoal só aprende o pouso de "pista" duas missões depois do solo.

É porque de fato o garoto ao pousar três pontos não puxou o manche para o peito suficientemente para o avião colar no chão. Ele quicou e para não cair com muita força (avião já estava estolado), ele deu motor. O problema é que quando ele tocou de novo, o motor não foi capado e o freio aplicado. Porém mesmo tentando suavizar o toque o pouso ainda foi forte. Enfim...

 

GUT já está no Hangar e o rapaz já está voando, e solado!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade