Jump to content

David Barioni: CEO da AGT International


boulosandre

Recommended Posts

http://agtinternational.com/node/336

 

 

AGT International Enters Brazil

July 26, 2011Appointment of David Barioni as CEO of AGT Brazil Marks High-Tech Public Safety and Security Leader’s Continued Growth

 

ZURICH, 26th July, 2011 – AGT International, one of the fastest growing public safety and security solutions organizations in the world, today announced that David Barioni has joined as Chief Executive Officer of AGT Brazil. Based in São Paolo, Mr. Barioni will be responsible for overseeing AGT International’s entrance into the Brazilian market and the growth of new business lines. AGT Brazil is primarily focused on providing governments and corporations with end-to-end public safety and security solutions that address the complex challenges associated with urban management, mega event management, and critical asset protection, particularly on- and off-shore oil companies.

 

Mr. Barioni most recently served as CEO of Grupo Facility S.A. He has also worked for Gol Airlines, Vasp and served as the head of TAM Airlines from 2007 to 2009. Mr. Barioni led the implementation of the Command and Control Centers for Vasp, Gol, TAM and the city of Rio de Janeiro.

 

Mr. Barioni is a board member of the Ayrton Senna Institute, the Executive MBA Program at the University of Pittsburgh in South America, FIESP’s (Industry Federation of São Paulo) Superior Strategic Council and a member of the Administration Board of Julio Simões Logística S.A. He is an International Master Commander, instructor and flight security agent with Cenipa (Aeronautical Accidents Investigation and Prevention Center), and is specialized in special cargo and crisis by management Iata (International Air Transport Association).

 

Commenting on the appointment, Mati Kochavi, Founder & Chief Executive Officer of AGT International, said, “I am thrilled that David Barioni has joined the AGT International family. Our business is growing at a significant rate and we are committed to increasing our investment in people to deliver the best services and solutions to public- and private- sector customers around the globe. David understands that the benefits of technological advances and globalization are coupled with new risks, requiring a new approach to public safety and security based on innovative thinking and new tools.”

 

David Barioni said, “AGT International is well placed to support both the government and corporations in Brazil, due to the unique way in which we develop public safety and security solutions on a large scale. AGT International recognizes that the global and borderless reality of the 21st century requires a modern approach to helping governments and corporations predict, prepare for, prevent and manage the challenges and threats of today’s ever-changing and technologically complex environments. I am delighted to join one of the fast-growing companies in the world to help redefine the safety and security business of the future.”

 

 

Link to comment
Share on other sites

Papo de hangar?

Trata-se de um dos homens mais importantes da aviação Brasileira da ultima década que infelizmente saiu da área de aviação, mas que pode voltar...importante como um Fernando Pinto por exemplo. Papo de hangar seria sobre a morte da Amy Winehouse ou dos bueiros explisivos no Rio ou das caixas eletonicas em SP.

Link to comment
Share on other sites

Trata-se de um dos homens mais importantes da aviação Brasileira da ultima década que infelizmente saiu da área de aviação, mas que pode voltar...importante como um Fernando Pinto por exemplo. Papo de hangar seria sobre a morte da Amy Winehouse ou dos bueiros explisivos no Rio ou das caixas eletonicas em SP.

 

Eu discordo. A notícia é sobre a AGT International, que não é uma empresa de aviação, contratando o Barioni para presidir a sucursal brasileira. A aviação ai é um detalhe: da carreira do executivo até chegar no atual emprego.

 

A meu ver, tem a mesma relevância que a notícia da saída do Luiz Eduardo Falco da Oi: a aviação fez parte da carreira do executivo mas não é o chamariz do conteúdo.

Link to comment
Share on other sites

Trata-se de um dos homens mais importantes da aviação Brasileira da ultima década...

 

kkkkkk...só rindo mesmo.

Link to comment
Share on other sites

Trata-se de um dos homens mais importantes da aviação Brasileira da ultima década que infelizmente saiu da área de aviação, mas que pode voltar...importante como um Fernando Pinto por exemplo. Papo de hangar seria sobre a morte da Amy Winehouse ou dos bueiros explisivos no Rio ou das caixas eletonicas em SP.

 

ha-ha.gif?w=210&h=204

Link to comment
Share on other sites

Putz, eu li algumas entrevistas dele e me passou uma imagem de executivo retrogrado, com ideias antiquadas ate. Mas se sabe fazer hedge e da resultado, ninguem ve isso...

Link to comment
Share on other sites

Goste-se dele ou nao, nao ha Como negar que o carra foi Um dos grandes executivos da maior cia da America Latina. Sobre o Falco, me interessaria muito saber da evolucao de sua carreira profissional mesmo depuis de sua saida da TAM e da OI. Agora Bernardo, Vc descordar de uma opiniao ou de Um post meu, nao me surpreende em nada....rs!!

Link to comment
Share on other sites

Agora Bernardo, Vc descordar de uma opiniao ou de Um post meu, nao me surpreende em nada....rs!!

 

Hein? Eu não discordei do seu post. Só acho que ele seria melhor locado no papo de hangar. :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Goste-se dele ou nao, nao ha Como negar que o carra foi Um dos grandes executivos da maior cia da America Latina.

Boulous, permita me discordar. O Barioni nem foi um excelente ou péssimo executivo de uma companhia aérea, apenas foi um CEO, simples. Seu trabalho foi conduzir a Tam no pós-JJ3054 e seu aspecto mais notável foi dar uma face mais humana a empresa, além de ter um perfil mais técnico que financeiro que o Marco Bologna.

 

Bologna que eu saiba entregou a empresa com uma boa situação financeira. E dois motivos que levaram Barioni a sair da empresa foi os gastos no cartão corporativo em AUA quando foi receber o primeiro T7 e o famigerado hedge.

Link to comment
Share on other sites

Putz, eu li algumas entrevistas dele e me passou uma imagem de executivo retrogrado, com ideias antiquadas ate. Mas se sabe fazer hedge e da resultado, ninguem ve isso...

 

realmente, ele sabe fazer um 'hedge' como poucos sabem.

Link to comment
Share on other sites

:thumbsdown_still: :suicide_anim:Seu trabalho foi conduzir a Tam no pós-JJ3054 e seu aspecto mais notável foi dar uma face mais humana a empresa,

 

Só quem passou por lá na época que eles estavam é que viram o que foi a gestão deles. Demitindo aos baldes antigos funcionarios que levaram a empresa ao patamar que ela era. Tocando o terror com cmts. que eram antigas desavenças da finada Vasp, e assim ia. Tem gente que quando topa com ele em um aeroporto até muda o caminho e vai por outro, só por não passar na frente dele.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade