Jump to content

Passageiros cobram mais opções de voo no Serrinha (JDF)


Carlos Augusto

Recommended Posts

Fonte: TRIBUNA DE MINAS, 30/07/2011

 

 

Com o fim das atividades da Pantanal, preços de passagens da Trip subiram até 30%

 

Reportagem: Fabíola Costa e Flávia Lopes

 

 

Com o objetivo de ampliar as opções de voos no Aeroporto Municipal Francisco Álvares de Assis, o Serrinha, passageiros e empresários da cidade se mobilizam para ampliar os horários para destinos como Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte junto à única companhia em atividade no local - a Trip. Nos últimos dois meses, desde que a Pantanal informou que finalizaria suas atividades no Serrinha, as tarifas mínimas da Trip sofreram reajuste de quase 30%, passando de R$ 139,90 para R$ 179,90. A companhia não informa em quanto cresceu a ocupação de seus voos desde o fim das atividades da concorrente.

 

Segundo levantamento feito pela Tribuna às 16h de ontem, pelo site da Trip (www.voetrip.com.br), o menor valor encontrado para passagens com destino a São Paulo (Guarulhos) era de R$ 289,90 na próxima semana e de R$ 219,90 para a semana seguinte, compreendida entre os dias 8 e 13 de agosto. Para determinados dias, contudo, como a próxima segunda-feira, dia 1º, o valor mínimo encontrado era de R$ 629,90.

 

No retorno (São Paulo-Juiz de Fora), ainda conforme o mesmo levantamento, o menor valor encontrado, entre as próximas duas semanas, era de R$ 219. Em outros dias, como 31 de julho e 1º de agosto, já não era possível encontrar mais lugares nos voos. Procurada, a assessoria da Trip informou que não comenta valores. Por meio de sua assessoria, afirma que está ciente das solicitações de ampliação dos horários, as estuda e tem interesse em aumentar a oferta, mas não há um posicionamento oficial neste momento.

 

 

Reivindicações

 

O representante de uma comissão de usuários, Paulo Cézar Sarmento de Moraes, destaca a importância de oferecer uma alternativa de voo do Rio de Janeiro para Juiz de Fora, no horário entre 18h e 19h30. Atualmente, as partidas do Rio são 11h50 e 21h12, de segunda a sexta. Na avaliação dele, a maioria dos juiz-foranos que trabalha no Rio sai do emprego entre 16h e 19h. A espera no aeroporto costuma ser longa. De acordo com Paulo, se houver o acréscimo, a tendência é que muitos passageiros migrem do transporte rodoviário para o aéreo, principalmente em função da redução do tempo de viagem. "Estamos há um mês nessa campanha específica."

 

O presidente da Associação Comercial de Juiz de Fora, Aloísio Vasconcelos, defende a oferta de voos no início da manhã para Belo Horizonte. Atualmente, o mais cedo é 12h50 para a capital, de segunda a sexta. "Ir para Belo Horizonte hoje é uma dificuldade." Para São Paulo, a reivindicação é por mais horários. Atualmente só é possível embarcar às 6h15 para aquela cidade. Com o fim das atividades da Pantanal, no dia 7 de julho, a oferta de voos diários regulares caiu de oito para seis de segunda a sexta e de seis para quatro aos sábados e domingos. Segundo Aloísio, a demanda dos empresários já foi formalizada à companhia aérea, em diversas situações.

 

O gerente do Aeroporto da Serrinha, Cipriano Magno de Oliveira, identifica demanda pelo acréscimo de horários para São Paulo e mais cedo para Belo Horizonte. Em função da proximidade com o Rio de Janeiro, a rota, segundo ele, não é tão demandada. Magno estima que a ocupação média dos voos hoje chega a 70% em Juiz de Fora. "É excelente", avalia.

Link to comment
Share on other sites

Fonte: TRIBUNA DE MINAS, 30/07/2011

 

 

Com o fim das atividades da Pantanal, preços de passagens da Trip subiram até 30%

 

Reportagem: Fabíola Costa e Flávia Lopes

 

 

Com o objetivo de ampliar as opções de voos no Aeroporto Municipal Francisco Álvares de Assis, o Serrinha, passageiros e empresários da cidade se mobilizam para ampliar os horários para destinos como Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte junto à única companhia em atividade no local - a Trip. Nos últimos dois meses, desde que a Pantanal informou que finalizaria suas atividades no Serrinha, as tarifas mínimas da Trip sofreram reajuste de quase 30%, passando de R$ 139,90 para R$ 179,90. A companhia não informa em quanto cresceu a ocupação de seus voos desde o fim das atividades da concorrente.

 

Segundo levantamento feito pela Tribuna às 16h de ontem, pelo site da Trip (www.voetrip.com.br), o menor valor encontrado para passagens com destino a São Paulo (Guarulhos) era de R$ 289,90 na próxima semana e de R$ 219,90 para a semana seguinte, compreendida entre os dias 8 e 13 de agosto. Para determinados dias, contudo, como a próxima segunda-feira, dia 1º, o valor mínimo encontrado era de R$ 629,90.

 

No retorno (São Paulo-Juiz de Fora), ainda conforme o mesmo levantamento, o menor valor encontrado, entre as próximas duas semanas, era de R$ 219. Em outros dias, como 31 de julho e 1º de agosto, já não era possível encontrar mais lugares nos voos. Procurada, a assessoria da Trip informou que não comenta valores. Por meio de sua assessoria, afirma que está ciente das solicitações de ampliação dos horários, as estuda e tem interesse em aumentar a oferta, mas não há um posicionamento oficial neste momento.

 

 

Reivindicações

 

O representante de uma comissão de usuários, Paulo Cézar Sarmento de Moraes, destaca a importância de oferecer uma alternativa de voo do Rio de Janeiro para Juiz de Fora, no horário entre 18h e 19h30. Atualmente, as partidas do Rio são 11h50 e 21h12, de segunda a sexta. Na avaliação dele, a maioria dos juiz-foranos que trabalha no Rio sai do emprego entre 16h e 19h. A espera no aeroporto costuma ser longa. De acordo com Paulo, se houver o acréscimo, a tendência é que muitos passageiros migrem do transporte rodoviário para o aéreo, principalmente em função da redução do tempo de viagem. "Estamos há um mês nessa campanha específica."

 

O presidente da Associação Comercial de Juiz de Fora, Aloísio Vasconcelos, defende a oferta de voos no início da manhã para Belo Horizonte. Atualmente, o mais cedo é 12h50 para a capital, de segunda a sexta. "Ir para Belo Horizonte hoje é uma dificuldade." Para São Paulo, a reivindicação é por mais horários. Atualmente só é possível embarcar às 6h15 para aquela cidade. Com o fim das atividades da Pantanal, no dia 7 de julho, a oferta de voos diários regulares caiu de oito para seis de segunda a sexta e de seis para quatro aos sábados e domingos. Segundo Aloísio, a demanda dos empresários já foi formalizada à companhia aérea, em diversas situações.

 

O gerente do Aeroporto da Serrinha, Cipriano Magno de Oliveira, identifica demanda pelo acréscimo de horários para São Paulo e mais cedo para Belo Horizonte. Em função da proximidade com o Rio de Janeiro, a rota, segundo ele, não é tão demandada. Magno estima que a ocupação média dos voos hoje chega a 70% em Juiz de Fora. "É excelente", avalia.

 

Será que a Azul não poderia criar voos saindo do aeroporto da Serrinha para Viracopos e Confins....

Sugestões:

Viracopos 07h00-Juiz de Fora 08h20-08h45-Confins 09h30

Confins 10h15-Juiz de Fora 11h00-11h25-Viracopos 12h45

Viracopos 13h30-Juiz de Fora 14h50-15h15-Confins16h00

Confins 16h45-Juiz de Fora 17h30-17h55-Viracopos 19h15

Viracopos 20h00-Juiz de Fora 21h20-21h45-Confins 22h30

Confins 23h15-Juiz de Fora 23h59

Juiz de Fora 05h00-Viracopos 06h20

Link to comment
Share on other sites

Serrinha não comporta ATR72.

 

 

Mas, se não me engano, lá chegou a receber F100 da Tam, não foi....

Poxa, então o aeroporto de Serrinha vai mesmo acabar ficando com poucos voos, visto que a própria Trip tende a aumentar o tamanho de suas aeronaves para ATR72 pra cima....

Uma pena!

Link to comment
Share on other sites

A própria Azul ja não solicitou vôos para o ARZM?

 

 

Bom dia amigos do CR.

 

Solicitação: 27/05/2011

Vigência: 04/08/2011

Status: Em análise

 

Diário - AD 4530 VCP 12:36 SDZY 14:05 - ATR 72

 

2° a Sáb - AD 4351 SDZY 06:20 VCP 07:51 - ATR 72

 

Exc. Sáb - AD 4352 VCP 20:49 SDZY 22:10 - ATR 72

 

Diário - AD 4353 SDZY 14:35 VCP 16:08 - ATR 72.

 

SDZY = Aeroporto Regional da Zona da Mata.

 

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

Serrinha não comporta ATR72.

 

 

Mas, se não me engano, lá chegou a receber F100 da Tam, não foi....

Poxa, então o aeroporto de Serrinha vai mesmo acabar ficando com poucos voos, visto que a própria Trip tende a aumentar o tamanho de suas aeronaves para ATR72 pra cima....

Uma pena!

 

 

Exatamente, Severo. Os Fokker 100 pousaram no Serrinha, se não me engano em 1998/99, em voos charters.

 

Quanto à operacionalidade do aeródromo, tudo culpa da inércia da Prefeitura de Juiz de Fora, que não realiza as devidas melhorias para que o Serrinha receba homologação para aeronaves maiores. No final, acho que as companhias vão acabar migrando para o SDZY.

Link to comment
Share on other sites

Exatamente, Severo. Os Fokker 100 pousaram no Serrinha, se não me engano em 1998/99, em voos charters.

 

Quanto à operacionalidade do aeródromo, tudo culpa da inércia da Prefeitura de Juiz de Fora, que não realiza as devidas melhorias para que o Serrinha receba homologação para aeronaves maiores. No final, acho que as companhias vão acabar migrando para o SDZY.

 

Certo, disse não comporta no sentido de não estar apto no momento. Por outro lado isso pode beneficiar Juiz de Fora e região, quem sabe futuramente os jatos voltem a servir a cidade pelo ARZM.

Link to comment
Share on other sites

PR-GUA, em 28 de maio de 2011 - 09:58 , disse:

 

Bom dia amigos do CR.

 

Solicitação: 27/05/2011

Vigência: 04/08/2011

Status: Em análise

 

Diário - AD 4530 VCP 12:36 SDZY 14:05 - ATR 72

 

2° a Sáb - AD 4351 SDZY 06:20 VCP 07:51 - ATR 72

 

Exc. Sáb - AD 4352 VCP 20:49 SDZY 22:10 - ATR 72

 

Diário - AD 4353 SDZY 14:35 VCP 16:08 - ATR 72.

 

SDZY = Aeroporto Regional da Zona da Mata.

 

Abraços.

 

O voo foi dado como restrição. A Azul fez uma nova solicitação da rota, vamos aguardar.

 

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

O voo foi dado como restrição. A Azul fez uma nova solicitação da rota, vamos aguardar.

 

Abraços.

 

 

Pois Juiz de Fora é uma cidade muito importante, numa rica região de Minas e realmente necessita de melhores opções de voos.

Caberia bem a Gol solicitar algum CGH-Zona da Mata-Confins-Brasília ou GRU-Zona da Mata-Confins-Brasília

Link to comment
Share on other sites

^^ Pra dirigir 35 km até ARZM e depois pegar um taxi e outros 30 km de Confins até o centro de BH...É melhor ir de ônibus.

 

Bom, depende. Se for da Azul podem ser oferecidos trechos importantes com conexão em CNF e o aeroporto não serve só passageiros com destino a região centro-sul. Se for da Trip dispensa comentários, conexão pro país inteiro.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade