Jump to content

TAM conclui auditoria para avaliar 31% da Trip


Carlos Augusto

Recommended Posts

Fonte: Valor Econômico, 05/08/2011 (caderno B;pág.4)

 

Reportagem: Alberto Komatsu

 

 

A TAM informou ontem que concluiu, "de forma satisfatória", a auditoria (due dilligence) para apurar o valor de 31% do capital da regional Trip, operação anunciada no dia 30 de março. No dia 5 de abril, o Valor apurou que o valor dessa fatia estava avaliado entre US$ 200 milhões e US$ 250 milhões. As duas empresas não comentam a informação.

 

"A TAM manterá seus acionistas e o mercado em geral informados a respeito da eventual conclusão das negociações e voltará a comentar o assunto caso seja concretizado qualquer fato que deva ser divulgado, de acordo com a lei e a regulamentação da CVM (Comissão de Valores Mobiliários)", informa o comunicado da TAM.

 

A TAM também declarou que a Trip deverá concluir, nesta semana, a implantação de uma nova plataforma de reservas, vendas e check-in. No dia 23 de setembro de 2010, a Trip comunicou a escolha do sistema "SabreSonic Customer Sales and Service" para o seu sistema de reservas, vendas e check-in, investimento de US$ 30 milhões.

 

A Trip é a maior companhia aérea regional brasileira, com 3,4% do fluxo de passageiros transportados no país em junho. Em setembro de 2008, a aérea regional americana Skywest comprou 20% das ações da companhia por US$ 30 milhões. A Trip tem 47 aeronaves e fechará 2011 com 55 aviões.

 

A Azul está atenta ao movimento de consolidação do setor aéreo no mercado brasileiro, mas descarta num primeiro momento protagonizar alguma aquisição para reagir à investida das concorrentes TAM e Gol.

 

A avaliação foi feita ontem por dois executivos da Azul, o vice-presidente comercial, de marketing e tecnologia da informação (TI), Paulo Nascimento, e o diretor de comunicação e marca, Gianfranco Beting. Os dois anunciaram o novo slogan da companhia: "Azul. Você lá em cima" substitui o "Tudo novo. Tudo Azul".

 

Tanto Nascimento quanto Beting afirmaram que a Azul vai seguir sozinha para crescer organicamente. A Azul responde atualmente por 8,6% do fluxo de passageiros transportados no país. No entanto, os executivos revelaram que aquisições não estão completamente fora do radar da companhia. "Nós chegamos a olhar a Pantanal, mas achamos que ela não valia a pena", afirma Beting. A TAM comprou a Pantanal por R$ 13 milhões, em dezembro de 2009.

Link to comment
Share on other sites

Fonte: Valor Econômico, 05/08/2011 (caderno B;pág.4)

 

Reportagem: Alberto Komatsu

 

 

A TAM informou ontem que concluiu, "de forma satisfatória", a auditoria (due dilligence) para apurar o valor de 31% do capital da regional Trip, operação anunciada no dia 30 de março. No dia 5 de abril, o Valor apurou que o valor dessa fatia estava avaliado entre US$ 200 milhões e US$ 250 milhões. As duas empresas não comentam a informação.

 

"A TAM manterá seus acionistas e o mercado em geral informados a respeito da eventual conclusão das negociações e voltará a comentar o assunto caso seja concretizado qualquer fato que deva ser divulgado, de acordo com a lei e a regulamentação da CVM (Comissão de Valores Mobiliários)", informa o comunicado da TAM.

 

 

250U$?????? Isso seria uma fortuna diante do que a GOL pagou pela endividada WEBjet,embora a Trip e uma espresa que gera lucro,tem uma frota muito maior e tem um endividamento pequeno.

 

 

A TAM também declarou que a Trip deverá concluir, nesta semana, a implantação de uma nova plataforma de reservas, vendas e check-in. No dia 23 de setembro de 2010, a Trip comunicou a escolha do sistema "SabreSonic Customer Sales and Service" para o seu sistema de reservas, vendas e check-in, investimento de US$ 30 milhões.

 

A Trip é a maior companhia aérea regional brasileira, com 3,4% do fluxo de passageiros transportados no país em junho. Em setembro de 2008, a aérea regional americana Skywest comprou 20% das ações da companhia por US$ 30 milhões. A Trip tem 47 aeronaves e fechará 2011 com 55 aviões.

 

A Azul está atenta ao movimento de consolidação do setor aéreo no mercado brasileiro, mas descarta num primeiro momento protagonizar alguma aquisição para reagir à investida das concorrentes TAM e Gol.

 

A avaliação foi feita ontem por dois executivos da Azul, o vice-presidente comercial, de marketing e tecnologia da informação (TI), Paulo Nascimento, e o diretor de comunicação e marca, Gianfranco Beting. Os dois anunciaram o novo slogan da companhia: "Azul. Você lá em cima" substitui o "Tudo novo. Tudo Azul".

 

Tanto Nascimento quanto Beting afirmaram que a Azul vai seguir sozinha para crescer organicamente. A Azul responde atualmente por 8,6% do fluxo de passageiros transportados no país. No entanto, os executivos revelaram que aquisições não estão completamente fora do radar da companhia. "Nós chegamos a olhar a Pantanal, mas achamos que ela não valia a pena", afirma Beting. A TAM comprou a Pantanal por R$ 13 milhões, em dezembro de 2009.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade