Jump to content

CNJ doa avião do tráfico para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso


jambock

Recommended Posts

Meus prezados:

CNJ doa avião do tráfico para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso

 

Poder Judiciário de Mato Grosso passa a ter a partir deste mês, um avião monomotor avaliado em R$ 500 mil para transportar magistrados que atendem municípios do interior e assim agilizar a demanda do Tribunal de Justiça (TJMT) bem como dos tribunais regionais do Trabalho e Eleitoral

 

. A aeronave até então usada para o tráfico de drogas foi apreendida pela Polícia Federal (PF) na semana passada quando transportava cerca de 200 quilos de cocaína da Colômbia para Cuiabá e será entregue ao Judiciário do Estado ainda neste mês. A informação é da ministra Eliana Calmon, corregedora Nacional de Justiça.

O avião será de grande valia para economizar tempo, deslocamento e diárias para o Judiciário, pois vai agilizar tarefas como por exemplo, um ato de fiscalização em comarcas do interior, onde uma viagem em que se levava seis dias entre ida e volta, passará a ser concluída, em no máximo, dois dias.

 

Por meio da assessoria, o juiz auxiliar da Corregedoria Marlos Melek, informou que a hora de voo deste avião Bonanza modelo 35, fabricado nos Estados Unidos, em combustível, custa apenas R$ 200 e sua capacidade é de aproximadamente 260 Km/h.

Corregedor-geral de Justiça de Mato Grosso, Márcio Vidal, durante audiência com a ministra, informou que o monomotor já resolve muitos dos problemas enfrentados pelo Judiciário de Mato Grosso. A ministra Eliana Calmon disse que pretende equipar com dois aviões (um bimotor e um monomotor) cada tribunal dos estados localizados na Amazônia Legal, que compreende além de Mato Grosso, o Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e grande parte dos estados do Maranhão

Mato Grosso é o segundo estado a receber uma aeronave apreendida do tráfico de drogas. O primeiro foi o Amazonas que também recebeu um avião monomotor em junho.

odocumento.jpg

fonte: O Documento (MT), via CECOMSAER 6 set 2011

Link to comment
Share on other sites

Gostei da agilidade em definir o destino do avião.

Ao invés de deixar mofando nos aeroportos, já colocam pra voar.

Tá na hora das Polícias Rodoviárias/Justiça Federal, fazerem o mesmo, ao invés de deixar mofando e apodrecendo os carros nos pátios, leiloar ou fazer panela com o que sobrou.

Depósito de mosquito da denge é que não rola.

 

My 2 pounds.

Link to comment
Share on other sites

Gostei da agilidade em definir o destino do avião.

Ao invés de deixar mofando nos aeroportos, já colocam pra voar.

Tá na hora das Polícias Rodoviárias/Justiça Federal, fazerem o mesmo, ao invés de deixar mofando e apodrecendo os carros nos pátios, leiloar ou fazer panela com o que sobrou.

Depósito de mosquito da denge é que não rola.

 

My 2 pounds.

 

A lei que define os crimes de tráfico de entorpecentes, permite a utilização dos bens apreendidos.

Aliais a utilização pelo próprio poder judiciário é bem questionável, pois os bens devem ser utilizados para a prevenção e combate do uso de drogas, ou para reinserção e tratamento de viciados.

Além disso temos que ceder o avião é uma coisa, opera-lo outra completamente diferente, ainda mais no nosso amarrado sistema de contratações públicas.

Mas se bem utilizado o aivão pode ser um instrumento importante na agilidade do Judiciário de um Estado com distancias enormes, uma grande região fronteriça e grande ´´area ainda coberta pela Floresta!

Ah só por curiosidade, uma vez a PF uma vez teve que devolver ao dono um citation.....apreendido...kk

 

Veículos apreendidos pela PRF em geral são retidos por faltas administrativas (ausência de licenciamento, por exemplo) e não pela ocorrência de crimes, estes bens devem ser leiloadas para ressarcir o erário de eventuais dívidas não pagas.

O processo administrativo é mais lento que o judicial e quase sempre não sobre muito para vender....o filé normamente fica com pessoas "especializadas" nhesta prática....

 

Abraços!

Link to comment
Share on other sites

Que beleza heim??

quando será que rolam uns concursos heim.. rsrsrs

Abrass

Prezado Márcio Santos: concursos? engana-me que eu gosto... Poucos ficarão mais surpresos que eu, se sair um concurso para piloto de aeronave.

Algum PM aviador, que tenha QI ou seja PH, será posto à disposição do TJ-MT e, mediante uma função gratificada, assumirá os comandos da aeronave.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade