Jump to content

Fortaleza - Obra fechará pista do aeroporto


JCeccatto

Recommended Posts

Trabalhos vão durar 12 meses, com intervalos, preservando datas de maior fluxo turístico e horários programados

 

O recapeamento asfáltico da pista central do Aeroporto Internacional Pinto Martins, de Fortaleza, vai interromper voos de outubro próximo a setembro de 2012. A obra vai fechar a pista principal, de 16 de outubro a 29 de novembro, de 1º de fevereiro a 4 de abril (exceto no Carnaval, de 17 a 27 de fevereiro), de 6 de agosto a 10 de setembro, sempre de 5 horas às 11h. E de 15 de maio a 28 de junho, de 5h41min a 11 horas. Com investimento de R$ 8.677.605,19, a obra será feita pelo consórcio formado pela Copa Engenharia e a empresa Instale, vencedor da licitação.

 

"Estrangulamento"

 

Para o secretário de Turismo do Ceará, Bismarck Maia, o fechamento da pista pelas manhãs, ao longo de 12 meses, com exceção de períodos de alta estação, representa um "estrangulamento" na movimentação de voos em Fortaleza.

 

"É uma preocupação", diz Maia. "Vai ser um transtorno". Ele faz críticas à administração do equipamento. "Isso mostra a falta de planejamento na Infraero", afirma o secretário.

 

"A economia de Fortaleza e do Ceará, há muito tempo, vem crescendo. Isto pressupõe melhoramento da infraestrutura logística. Há muito esperamos melhoria no aeroporto", destaca.

 

Proposta

 

Bismarck Maia propõe que a obra seja feita de madrugada, período com menor números de voos ou que, com um planejamento anterior, fosse construída uma segunda pista para, assim, fazer a obra de recapeamento, interrompendo seu uso, mas sem afetar o fluxo de voos.

 

"A pista auxiliar, que hoje é usada apenas para trânsito das aeronaves e por empresas de voos executivos, deveria ser ativada para pouso e decolagem de voos comerciais", sugere. "Para isso, é preciso desativar os hangares da aviação executiva e levá-lo para o outro lado do aeroporto".

 

Para ela, essa intervenção programada vai mostrar o atraso da estrutura do aeroporto. "Essa obra vai comprovar que estamos atrasados no uso da segunda pista", avalia.

 

Manutenção necessária

 

O superintendente da Infraero em Fortaleza, Wellington Santos, destaca a pista do Pinto Martins como uma das mais elogiadas pelos pilotos. "É uma boa pista. E estamos fazendo um investimento de manutenção, de segurança operacional", afirma. "Os grandes aeroportos brasileiros tem apenas uma pista. São áreas limitadas, com restrições e a Infraero administra a realidade que o País tem. A obra não pode deixar de ser realizada. Tivemos o cuidado de reunir as companhias áreas e consultar a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil ) e o Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), sobre padrões de segurança, qualidade e controle laboratorial. Fizemos um teste em um trecho experimental. O pavimento de asfalto se desgasta com o tempo, chuva, atrito. Os riscos são buracos, fissuras. A obra vai prevenir estes problemas", justifica Santos

 

Preocupação

 

"Isso mostra a falta de planejamento da Infraero. Obra deveria ser na madrugada"

Bismarck Maia

Secretário de Turismo do Estado

 

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1041058

 

 

 

_

 

 

Não entendi isto. Querem fechar a pista do aeroporto das 5:00 às 11:00 todos os dias por 12 meses? Tem coisa errada aí.

Link to comment
Share on other sites

Trabalhos vão durar 12 meses, com intervalos, preservando datas de maior fluxo turístico e horários programados

 

O recapeamento asfáltico da pista central do Aeroporto Internacional Pinto Martins, de Fortaleza, vai interromper voos de outubro próximo a setembro de 2012. A obra vai fechar a pista principal, de 16 de outubro a 29 de novembro, de 1º de fevereiro a 4 de abril (exceto no Carnaval, de 17 a 27 de fevereiro), de 6 de agosto a 10 de setembro, sempre de 5 horas às 11h. E de 15 de maio a 28 de junho, de 5h41min a 11 horas. Com investimento de R$ 8.677.605,19, a obra será feita pelo consórcio formado pela Copa Engenharia e a empresa Instale, vencedor da licitação.

 

"Estrangulamento"

 

Para o secretário de Turismo do Ceará, Bismarck Maia, o fechamento da pista pelas manhãs, ao longo de 12 meses, com exceção de períodos de alta estação, representa um "estrangulamento" na movimentação de voos em Fortaleza.

 

"É uma preocupação", diz Maia. "Vai ser um transtorno". Ele faz críticas à administração do equipamento. "Isso mostra a falta de planejamento na Infraero", afirma o secretário.

 

"A economia de Fortaleza e do Ceará, há muito tempo, vem crescendo. Isto pressupõe melhoramento da infraestrutura logística. Há muito esperamos melhoria no aeroporto", destaca.

 

Proposta

 

Bismarck Maia propõe que a obra seja feita de madrugada, período com menor números de voos ou que, com um planejamento anterior, fosse construída uma segunda pista para, assim, fazer a obra de recapeamento, interrompendo seu uso, mas sem afetar o fluxo de voos.

 

"A pista auxiliar, que hoje é usada apenas para trânsito das aeronaves e por empresas de voos executivos, deveria ser ativada para pouso e decolagem de voos comerciais", sugere. "Para isso, é preciso desativar os hangares da aviação executiva e levá-lo para o outro lado do aeroporto".

 

Para ela, essa intervenção programada vai mostrar o atraso da estrutura do aeroporto. "Essa obra vai comprovar que estamos atrasados no uso da segunda pista", avalia.

 

Manutenção necessária

 

O superintendente da Infraero em Fortaleza, Wellington Santos, destaca a pista do Pinto Martins como uma das mais elogiadas pelos pilotos. "É uma boa pista. E estamos fazendo um investimento de manutenção, de segurança operacional", afirma. "Os grandes aeroportos brasileiros tem apenas uma pista. São áreas limitadas, com restrições e a Infraero administra a realidade que o País tem. A obra não pode deixar de ser realizada. Tivemos o cuidado de reunir as companhias áreas e consultar a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil ) e o Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), sobre padrões de segurança, qualidade e controle laboratorial. Fizemos um teste em um trecho experimental. O pavimento de asfalto se desgasta com o tempo, chuva, atrito. Os riscos são buracos, fissuras. A obra vai prevenir estes problemas", justifica Santos

 

Preocupação

 

"Isso mostra a falta de planejamento da Infraero. Obra deveria ser na madrugada"

Bismarck Maia

Secretário de Turismo do Estado

 

http://diariodonorde...?codigo=1041058

 

 

 

_

 

 

Não entendi isto. Querem fechar a pista do aeroporto das 5:00 às 11:00 todos os dias por 12 meses? Tem coisa errada aí.

 

Que todos os dias? Olha no seu tópico mesmo... E totalmente apoiado pelo "seu" Bismarck, exemplo: de 03h as 05h da manha não há vôos, das 5h as 7h da manha há 5 vôos, das 9h as 10h há mais 4 vôos isso da comercial, da carga tem horário de pico entre as 9 e 10 da manha fora a aviação geral que tem durante a manha e final da tarde maior pico de movimento.

Link to comment
Share on other sites

Que todos os dias? Olha no seu tópico mesmo... E totalmente apoiado pelo "seu" Bismarck, exemplo: de 03h as 05h da manha não há vôos, das 5h as 7h da manha há 5 vôos, das 9h as 10h há mais 4 vôos isso da comercial, da carga tem horário de pico entre as 9 e 10 da manha fora a aviação geral que tem durante a manha e final da tarde maior pico de movimento.

 

Por isso eu disse que não havia entendido bem. Ainda assim, não é uma medida que vai bagunçar a malha das cias? É um periodo muito considerável de interrupção.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade