Jump to content

Paulus e Jr. assinam transferência de ações da Webjet


Luna

Recommended Posts

Guilherme Paulus, presidente da GJP, e Constantino de Oliveira Jr., presidente da Gol Linhas Aéreas, assinam daqui a pouco a transferência de ações da Webjet, de Paulus, para a VRG, do Grupo Gol.

 

A Gol havia anunciado a compra da Webjet em 8 de julho, por R$ 96 milhões. A Webjet foi avaliada pela Gol em R$ 311 milhões, mas o restante são dívidas da empresa que a Gol assumirá.

 

O presidente da Webjet, Fábio Godinho, deverá ficar na empresa ainda por 90 dias, para facilitar a transição. A Gol ainda não divulgou seus planos para a empresa adquirida.

 

By : Panrotas.

Link to comment
Share on other sites

a GOL não ter base BH com o tamanho da estrutura que ela mantem aqui é bizarro!

Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Não é porque se tem uma base de manutenção grande, que se tenha tripulantes suficientes ou mesmo chaves de vôos para uma "base de tripulação".

Link to comment
Share on other sites

Gol anuncia que concluiu compra da Webjet por R$ 70 milhões

 

Anac aprovou o negócio no dia 20 de setembro

 

04/10/2011 - 07:00

 

A Gol Linhas Aéreas divulgou fato relevante para informar que concluiu nesta segunda-feira (3) a aquisição de 100% do capital social da Webjet por R$ 70 milhões, 'sujeitos a ajustes menores, o que será apurado nos próximos 70 dias'.

No último dia 20, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o negócio. A decisão autorizou a mudança societária da Webjet, de modo que a Gol passa a administrá-la financeiramente. As operações das duas empresas, porém, continuam separadas. Isso significa que a Gol não pode ainda usar os slots (horários e espaços para pousos e decolagens nos aeroportos) da Webjet nem se desfazer da marca.

Para unir as operações e conseguir usar os slots da Webjet, a Gol precisa fazer um novo pedido de avaliação técnica à Anac. Além disso, o negócio precisa ser julgado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que pode barrá-lo caso avalie que traz prejuízo à concorrência.

A Gol anunciou a compra da Webjet no início de julho. A Webjet estava avaliada em R$ 310,7 milhões, mas suas dívidas na época somavam R$ 214,7 milhões.

 

 

Por Globo.com/G1

Link to comment
Share on other sites

Na pátrica, só temos hoje:

 

TAM

GOL

AZUL

TRIP

Avianca

Passaredo

NHT

SETE

:thumbsup:

 

Abaeté

ASTA

SOL

TEAM

:uhm:

 

Webjet

Pantanal

PUMA

META

NOAR

:thumbsdown_still:

Link to comment
Share on other sites

Gol anuncia que concluiu compra da Webjet por R$ 70 milhões

 

Anac aprovou o negócio no dia 20 de setembro

 

04/10/2011 - 07:00

 

A Gol Linhas Aéreas divulgou fato relevante para informar que concluiu nesta segunda-feira (3) a aquisição de 100% do capital social da Webjet por R$ 70 milhões, 'sujeitos a ajustes menores, o que será apurado nos próximos 70 dias'.

No último dia 20, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o negócio. A decisão autorizou a mudança societária da Webjet, de modo que a Gol passa a administrá-la financeiramente. As operações das duas empresas, porém, continuam separadas. Isso significa que a Gol não pode ainda usar os slots (horários e espaços para pousos e decolagens nos aeroportos) da Webjet nem se desfazer da marca.

Para unir as operações e conseguir usar os slots da Webjet, a Gol precisa fazer um novo pedido de avaliação técnica à Anac. Além disso, o negócio precisa ser julgado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que pode barrá-lo caso avalie que traz prejuízo à concorrência.

A Gol anunciou a compra da Webjet no início de julho. A Webjet estava avaliada em R$ 310,7 milhões, mas suas dívidas na época somavam R$ 214,7 milhões.

 

 

Por Globo.com/G1

 

Gol anuncia que concluiu compra da Webjet por R$ 70 milhões

 

Anac aprovou o negócio no dia 20 de setembro

 

04/10/2011 - 07:00

 

A Gol Linhas Aéreas divulgou fato relevante para informar que concluiu nesta segunda-feira (3) a aquisição de 100% do capital social da Webjet por R$ 70 milhões, 'sujeitos a ajustes menores, o que será apurado nos próximos 70 dias'.

No último dia 20, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o negócio. A decisão autorizou a mudança societária da Webjet, de modo que a Gol passa a administrá-la financeiramente. As operações das duas empresas, porém, continuam separadas. Isso significa que a Gol não pode ainda usar os slots (horários e espaços para pousos e decolagens nos aeroportos) da Webjet nem se desfazer da marca.

Para unir as operações e conseguir usar os slots da Webjet, a Gol precisa fazer um novo pedido de avaliação técnica à Anac. Além disso, o negócio precisa ser julgado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que pode barrá-lo caso avalie que traz prejuízo à concorrência.

A Gol anunciou a compra da Webjet no início de julho. A Webjet estava avaliada em R$ 310,7 milhões, mas suas dívidas na época somavam R$ 214,7 milhões.

 

 

Por Globo.com/G1

 

 

Porque sera que ela diminuiu o valor da compra em 26 milhoes de reais? Sera por conta da alta do dolar que aumentou ainda mais as dividas de Webjet?

Link to comment
Share on other sites

Não sei... Mas algo me diz que esse Paulus mesmo sem Webjet vai dar trabalho pra Gol com outra companhia aérea...

 

Vai nada, melhor ele continuar com seus fretamentos numa boa, sem ficar perdendo dinheiro em companhia aérea.

Link to comment
Share on other sites

Vou postar novamente um post que fiz alguns dias atrás, sobre a mesma questão:

 

"Cada vez mais convenço-me da aleatoriedade da vida, conforme define o fisico Leonard Mlodinow. Para quem não o conhece indico seus livros: "O andar do Bêbado" e "O Grande Projeto", onde tece comentários acerca de como o acaso influência nossas vidas.

Este comentário é para evidenciar a imprevisibilidade da compra da Webjet pela Gol, que tornou-se, no atual andar da economia mundial, no "golpe de mestre", do "sem querer querendo" de Guilherme Paulus, que se livrou de uma suposta insolvência futura, em virtude do grande passivo da webjet.

 

Tem pessoas que nascem com o fiofó virado pra lua, parece ser o caso de Guilherme Paulus, há algum tempo atrás, em outro negócio vultoso, repassou mais de 60% da sua CVC, (R$ 800 milhões), ao grupo Carlyle, internacionalizando a empresa, e permanecendo no board, onde ainda dá as cartas".

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade