Jump to content

GRU - malas terão de ser devolvidas em até 18 minutos


marcelo carvalho

Recommended Posts

O passageiro que desembarcar no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), deverá receber suas bagagens em 12 minutos nos voos domésticos e em 18 minutos nos internacionais, a partir do ano que vem.

A informação é da reportagem de Ricardo Gallo publicada na edição desta segunda-feira da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A meta, que prevê sanções às empresas que descumprirem o prazo, foi definida há um mês pelo Comitê de Facilitação de Voos, órgão dentro da Agência Nacional de Aviação Civil que inclui a Infraero (estatal que administra aeroportos) e a Aeronáutica.

De acordo com o texto, o tempo determinado vale da parada do avião à chegada da bagagem na esteira.

Hoje, um passageiro chega a aguardar mais de uma hora pela mala em Cumbica. Mas, em média, a demora é de 20 minutos em voos domésticos e de 30 nos internacionais, segundo a Infraero.

 

Fonte: Folha de SP

 

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/995504-em-cumbica-malas-terao-de-ser-devolvidas-em-ate-18-minutos.shtml

Link to comment
Share on other sites

Bom, eu estou atordoado demais pra comentar...

 

Acabei de receber uma ligação de usuária querendo saber porque o código de desconto do Peixe Urbano que ela tinha não funcionou...

 

:cry: :suicide_anim:

Link to comment
Share on other sites

( Obviamente, não trabalho no Peixe Urbano )

 

Breaking News: Um carinha aqui acabou de chegar de sua primeira viagem de avião, e nos contou o relato, que quando o avião estava pra chegar, o piloto "botou o bicho em ponto morto", porque o barulho da turbina ficou mais fraco...

 

Hoje tá difícil...

Link to comment
Share on other sites

Como se o problema fosse só das companhias aéreas ou de rampa. Vai ser igual a regra do tempo máximo de fila nos bancos, só no papel.

Link to comment
Share on other sites

Uma meta assaz ambiciosa, haja visto que já esperei incríveis 75 minutos pela minha mala em GRU, vindo de um voo doméstico.

 

Detalhe: o avião havia estacionado na ponte de embarque mais próxima possível do setor de baggage claim. Teria demorado menos de 10 minutos se eu mesmo tivesse caminhado pelo pátio até o avião pegar minha bagagem.

Link to comment
Share on other sites

Gente, será que esse tempo n seria uma meta a ser batida pela cobcessionária que assumir GRU, já que o tempo de restituição faz parte do calculo para aqueles padrões que vão de A a F?

Link to comment
Share on other sites

Beleza, então que a Infraero, ANAC e esse comitêzinho tomem alguma providência para que as malas cheguem mais rápidas.

 

Porque eles não vao cuidar das esteiras de bagagens que estão quebradas ou inutilizadas por má manutenção, não vão melhorar a infraestrutura para que a velocidade de escoamento seja mais rápida?

 

Ou melhor, por que eles não vão carregar e descarregar as aeronaves?

Link to comment
Share on other sites

meu medo, e que com certeza vai acontecer se não houver melhorias na estrutura das terceirizadas com equipamento e pessoal é o aumento no extravio de bagagens.

Link to comment
Share on other sites

Claro... a culpa é das empresas, né?

 

Quero ver quando chegarem voos de IGU e MAO, que a Receita Federal adora fazer pente fino...

 

Faço GRU-IGU-GRU, na média, 2 vezes por mês, sempre indo na sexta e voltando na segunda de manhã. As malas atrasam o normal, que já é ruim (em torno de 20 a 30 minutos). Até onde sei, as verificações da Receita sempre são feitas em IGU, onde há uma estação com máquina de raios-x e balcão para inspeção, e em que todos os passageiros (exceto os turistas estrangeiros) devem passar suas bagagens (não confundir com o raio-x dos APACs, que fica entre o check-in e o embarque).

 

Os 75 minutos que coloquei acima foram inéditos. E além de reclamar durante a espera, fui tirar satisfações depois também com responsável pelo setor na empresa. Ele admitiu a falha. Acredito que se houvesse sido a Receita, ele teria sabido explicar.

Link to comment
Share on other sites

Ja passou do tempo de tomarem uma atitude com relação à isso.

Esperar bagagens em GRU é revoltante.

Vooolta e meia, o tempo de espera da bagagem é maior do que o tempo de voo até GRU. E todos sofrem com isso.

 

Se a infrazero vai cobrar das cias isso, e ela mesmo não oferece as condições pra que essa meta seja alcançada, que as empresas lutem por seus direitos e cobrem até o ultimo centavo da Infraero.

O que não pode é tudo continuar como está.

Link to comment
Share on other sites

( Obviamente, não trabalho no Peixe Urbano )

 

Breaking News: Um carinha aqui acabou de chegar de sua primeira viagem de avião, e nos contou o relato, que quando o avião estava pra chegar, o piloto "botou o bicho em ponto morto", porque o barulho da turbina ficou mais fraco...

 

Hoje tá difícil...

 

Nao aguentei! :rofl:

Link to comment
Share on other sites

À parte esteiras danificadas, tem mistérios que são inexplicáveis...

 

GRU, da última vez que desembarquei, a restituição era no nível do pátio, ou seja, não era necessária nenhuma elevação, como em MAO ou GIG. E ainda assim as malas levaram quase 15 minutos para começar a chegar.

 

Brasília é tão ruim e inexplicável quanto. Eu queria saber o que diabos as empresas de handling tanto demoram. Amigo meu já esperou meia hora por mala de avião que estava EM FRENTE à sala de desembarque, em voo doméstico. Enquanto isso, o SDU que também tem desembarque no nível do pátio, é o campeão imbatível em agilidade, e não oferece nenhuma grande diferença em relação aos demais. As vias de serviço de GRU e BSB não são complicadas assim.

Link to comment
Share on other sites

À parte esteiras danificadas, tem mistérios que são inexplicáveis...

 

GRU, da última vez que desembarquei, a restituição era no nível do pátio, ou seja, não era necessária nenhuma elevação, como em MAO ou GIG. E ainda assim as malas levaram quase 15 minutos para começar a chegar.

 

Brasília é tão ruim e inexplicável quanto. Eu queria saber o que diabos as empresas de handling tanto demoram. Amigo meu já esperou meia hora por mala de avião que estava EM FRENTE à sala de desembarque, em voo doméstico. Enquanto isso, o SDU que também tem desembarque no nível do pátio, é o campeão imbatível em agilidade, e não oferece nenhuma grande diferença em relação aos demais. As vias de serviço de GRU e BSB não são complicadas assim.

 

Demora de mala é algo fácil de resolver.

 

Falando do GIG de quem conhece.

 

Se eu faço JFK-GIG com a TAM é 30 minutos de espera das malas pois a TAM não tem equipe suficiente no GIG para as malas que opera.

Se eu faço JFK-GIG com a American minha mala chega na esteira antes que eu chegue na esteira.

 

Segunda é pior, cientificamente as pessoas despacham malas pois em geral ficam a semana toda ou estão voltando.

As cias tem mais funcionários ? Não.

 

Por que o SDU é mais eficiente ? Por que todas as cias operam com 2 equipes completas e além do número de malas ser inferior (eu diria que 65% dos passageiros não despacham malas), as distâncias são pequenas e a eficiência é grande.

 

Agora de volta aos dezoito minutos....

 

Isso é sério ?????

Link to comment
Share on other sites

Queria que a ANAC criasse um órgão para que nossas habilitações fossem entregues em "18 minutos", isso ela não faz.

Jogar a culpa nas companhias aéreas é muito fácil, mas demora na entrega da bagagem e extravios de bagagem estão muitas vezes ligados a péssima infra-estrutura aeroportuária.

Discordo que apenas aumentando contigente de funcionários de rampa você consiga reduzir tempo de entrega de mala. Vi muito acontecer aqui em Brasília ter fila de 3,4 carretas de bagagem terem que esperar outra que estava na frente sendo descarregada na esteira simplesmente pq só havia uma via para elas passarem, descarregarem e seguirem novamente. Ou ainda, a PF solicita a passagem das malas de alguns vôos, chegando no mesmo horário, no raio-x tendo apenas 1 deles operando.

Link to comment
Share on other sites

Essa da American que o Lipe disse foi ótima, que pena que estamos no brasil.

O melhor é quando chega vários voos internacionais ao mesmo tempo em GRU, que tem gente que não sabe nem aonde as malas irão passar.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade