Jump to content

Rússia: voo é cancelado após piloto e comissária fumarem maconha


TaZmaniA

Recommended Posts

Depois de confirmarem que um piloto e uma comissária de bordo consumiram maconha pouco antes da decolagem de um avião com 192 passageiros a bordo, as autoridades russas foram obrigadas a cancelar o voo, informaram nesta terça-feira agências de notícias locais.

"Durante o exame médico prévio ao voo, o estado físico do piloto, do copiloto e de uma comissária geraram suspeitas nos médicos", que ordenaram o cancelamento da decolagem, disse à Interfax a agência aeronáutica russa Rosaviatsia.

A análise realizada não detectou o consumo de maconha pelo copiloto. Porém, no piloto e na aeromoça, os testes apresentaram resultados positivos, informou o portal Newsru.com.

Após o incidente, o voo, que seguia de Magadan, no extremo oriente da Rússia, até Moscou, foi atrasado por 12 horas, sendo que o avião só retornou à capital russa depois de receber uma tripulação.

"Todos os dados relacionados ao acidente foram enviados à procuradoria de Transporte e Serviço Federal de Segurança da região de Magadan", informou a fonte.

Link to comment
Share on other sites

eles queriam dar uma viajadinha..... :P

 

 

 

um absurdo..com certeza esses dois imbecis não concordariam em serem conduzidos por alguém bêbado em um ônibus ou carro. me lembro na época da implantação da melhor lei que já fizeram nesse país que foi a Lei seca na condução de autmóveis. alguns imbecis amigos meus vieram tentar argumentar o absurdo de que se um cirurgião, um motorista ou um piloto de avião alterados por substâncias químicas conseguisse realizar a proeza de cumprir satisfatóriamente o seu trabalho, não haveria problema do sujeito estar alterado. alguns, quando perguntados diretamente se seriam os operados ou os conduzidos, ficavam sem respostas e atacavam o quantitativo do limite alcoólico imposto pela Lei seca no trânsito, relativizando e fugindo, obviamente, de se comprometer com sua declaração anterior, outros, muito fanfarrões, diziam num rompante de incômodo mal disfarçado por uma expressão de orgulho que tudo estaria bem se suas vidas estivessem sob a tutela de alguém que estivesse alterado...

Link to comment
Share on other sites

... não... pra q fazer teste antes dos vôos... isso é um desrespeito com os "profissionais", uma invasão de privacidade sem fim... e blá blá blá... TODA E QUALQUER profissão possui os bons e maus... não interessa se é o ateu ou o papa...

Link to comment
Share on other sites

Pessoas que usam drogas na aviação, infelizmente ainda são muitas no Brasil. Na Azul, sei de gente, que quando descobre que tem que fazer o tal teste do cabelo, nem aparece para a seleção.

Link to comment
Share on other sites

eles queriam dar uma viajadinha..... :P

 

 

 

um absurdo..com certeza esses dois imbecis não concordariam em serem conduzidos por alguém bêbado em um ônibus ou carro. me lembro na época da implantação da melhor lei que já fizeram nesse país que foi a Lei seca na condução de autmóveis. alguns imbecis amigos meus vieram tentar argumentar o absurdo de que se um cirurgião, um motorista ou um piloto de avião alterados por substâncias químicas conseguisse realizar a proeza de cumprir satisfatóriamente o seu trabalho, não haveria problema do sujeito estar alterado. alguns, quando perguntados diretamente se seriam os operados ou os conduzidos, ficavam sem respostas e atacavam o quantitativo do limite alcoólico imposto pela Lei seca no trânsito, relativizando e fugindo, obviamente, de se comprometer com sua declaração anterior, outros, muito fanfarrões, diziam num rompante de incômodo mal disfarçado por uma expressão de orgulho que tudo estaria bem se suas vidas estivessem sob a tutela de alguém que estivesse alterado...

Vc nunca foi p Russia! O maior perigo la é quando o cara não bebeu o suficiente!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade