Jump to content

TAM integra 5 mil empregados em suas bases no Brasil


Red Carpet

Recommended Posts

TAM integra 5 mil empregados em suas bases no Brasil

 

 

 

 

 

A TAM vai incorporar em seus quadros cerca de 5 mil colaboradores que até agora trabalhavam em empresas prestadoras de serviços em 54 bases distribuídas pelo Brasil. O objetivo da medida é padronizar as políticas de recursos humanos e assegurar melhor sinergia entre todas as equipes de atendimento da TAM.

 

 

 

Este projeto de reformulação vai trazer melhorias de performance e produtividade com a unificação de culturas e métodos de trabalho para todos os empregados. Como parte do planejamento estratégico da companhia, a medida também implicará em significativa redução de custos, da ordem de R$ 85 milhões/ano, a partir de sua implementação total, prevista para abril de 2007.

 

 

 

“Esta reformulação vai proporcionar maior harmonia entre as atividades da empresa e ganhos nos níveis de governança corporativa já que todos os empregados estarão sob uma única política de gestão de pessoas”, afirma Marco Antonio Bologna, presidente da TAM.

 

 

 

Além da metodologia de remuneração e dos benefícios oferecidos pela empresa, todos os empregados contratados também integrarão o sistema de desenvolvimento profissional, com treinamentos periódicos nas respectivas áreas de atuação. “Eles terão as mesmas oportunidades dentro de nossa política de gestão de pessoas aplicada a todos os atuais empregados”, diz Roberto Hobeika, diretor de Gestão de Pessoas.

 

 

 

A reformulação vai abranger as equipes de aeroporto, rampa (que faz o atendimento de pista na área de bagagens e carga), lojas e contatos comerciais de passagens e carga. “Pelo novo sistema, a TAM adotará oito superintendências regionais e todos os atuais representantes das bases serão convidados a integrar o quadro de executivos da companhia, exercendo a função de gerente em seus respectivos mercados”, afirma Wagner Ferreira, vice-presidente Comercial.

 

 

 

Neste mês, a TAM finalizou a incorporação de 1,3 mil empregados de operação de pista nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Brasília. Com treinamentos específicos e supervisão direta da companhia, a mudança busca elevar o padrão de serviço e o nível de satisfação dos passageiros.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Link to comment
Share on other sites

Melhor coisa que a TAM poderia fazer é essa de acabar com a terceirização dos serviços, pois antes só eram TAM mesmo quem fosse das bases SAO, RIO e BSB. Ganha o funcionário que terá mais benefícios e a empresa que como disse a reportagem isso proportcionará harmonia entre os serviços prestados pela empresa.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade