Jump to content

TAM deixa passageiros sem voo e comida na madrugada


Recommended Posts

TAM deixa passageiros sem voo e comida na madrugada

 

Cerca de 300 pessoas estão há mais de 12 horas aguardando embarque para Nova York

 

Athos Moura

Publicado:11/01/12 - 7h04

Atualizado:11/01/12 - 11h17

 

 

2012011149882.jpg

 

Cancelamento de voo da TAM para Nova York deixa passageiros revoltados no Aeroporto do Tom Jobim. O vôo inicialmente marcado para 23h05 foi remarcado para as 11hFernando Quevedo / Agência O Globo

RIO - Cerca de 300 passageiros tiveram seus direitos básicos desrespeitados, na madrugada desta quarta-feira, após o cancelamento do voo 8078 da TAM, que deveria decolar para Nova York às 23h05m desta terça-feira. Às 10h45m desta quarta-feira, o grupo ainda aguardava no saguão da sala de embarque do Aeroporto Internacional Tom Jobim. Segundo os próprios passageiros, funcionários da companhia teriam afirmado que esse voo e outros dois, para Paris e Londres, atrasariam porque a empresa responsável pela entrega dos alimentos não tinha providenciado as refeições que seriam servidas durante a viagem.

Quando a alimentação chegou, trouxe junto outro problema. Com o atraso provocado pela empresa de serviço de bordo, a carga horária da tripulação seria extrapolada. Os passageiros que iriam para França e Inglaterra conseguiram embarcar, pois havia tripulação reserva. Já o voo para Nova York foi cancelado. Devio à confusão, os passageiros passaram a madrugada sem comer:

- O restaurante só abriu às 6h. Tem criança, idoso. Às 3h, um funcionário da companhia informou que não tinha hotel disponível para acomodar os passageiros. Passamos a noite acampados no aeroporto - disse Carla Costa, que espera embarcar para Nova York.

Por lei, após duas horas de atraso é obrigação da empresa aérea fornecer comida aos clientes, e, após quatro horas, hospedagem. Contudo, nada disso foi providenciado.

No meio da madrugada, foi informado que o voo decolaria às 11h desta quarta-feira, com doze horas de atraso, o que não ocorreu. Todos, após já terem feito o primeiro check-in entre 19h e 21h, e depois de saberem do cancelamento do voo, precisaram novamente entrar na fila para despachar suas bagagens.

E os problemas continuaram a surgir. Os atendentes da TAM marcaram os assentos do novo voo aleatoriamente. Um casal de Porto Alegre, de férias com os filhos, estava no aeroporto desde as 15h de terça-feira e não aceitou essa alteração. O médico Marcelo Caldeira, de 49 anos, reclamou que pagou por passagens mais caras para a sua família eacabou alocado em outras poltronas.

- Essa é a nossa viagem de férias e já começa dessa maneira. Eu paguei mais caro para que eu, minha mulher e meus filhos viajássemos juntos e agora querem nos separar. E o atendente ainda nos disse que, caso não aceite essa opção, tenho o direito de não embarcar. Ou seja, a empresa começa a fazer errado e, ao invés de tentar ajeitar, prefere continuar errando – alegou o médico gaúcho.

O produtor de cinema Rômulo Marinho, que viaja a Nova York para participar do pré-lançamento do filme “Lula, o filho do Brasil”, também se sentiu desrespeitado e procurou o guichê do Tribunal de Justiça no aeroporto, mas não conseguiu dar entrada numa ação contra a TAM, pois o sistema não estava disponível.

A falta de um posto da Agência Nacional de Avião Civil (Anac) no aeroporto também foi motivo de críticas dos passageiros. O advogado Paulo Franco e sua filha de 12 anos fizeram seu primeiro check-in às 19h . Ele criticou a falta de infraestrutura no aeroporto para estas situações:

- Não existe um posto da Anac no aeroporto Internacional. Isso é um absurdo. Como posso reclamar oficialmente? Os atendentes da TAM me dizem que não há hotéis disponíveis na cidade. Como não existe hotel? Imagina na Copa e nas Olimpíadas - protestou Franco.

A assessoria de imprensa da TAM informou que o cancelamento do voo foi causado pelo atraso na entrega do serviço de bordo. Segundo a companhia aérea, esse foi o primeiro dia da empresa contratada e houve problemas de logística. Sobre a falta de suporte aos passageiros, a empresa disse que, por volta das 5h30m, foi servido um café da manhã. Porém, segundo os próprios passageiros, a refeição foi insuficiente para todos. Eles contaram que, ao chegarem ao restaurante, encontraram apenas poucas frutas.

 

 

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/tam-deixa-passageiros-sem-voo-comida-na-madrugada-3639749#ixzz1j9iDY3PD

© 1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 85
  • Created
  • Last Reply

Situação complicada!

 

Eu realmente imagino que não haja hotéis no RJ para o período, visto que o UFC ocorre no Sábado. E, com relação a alimentação, a culpa não é exclusiva da TAM, já que os restaurantes estavam fechados no período da madrugada.

 

Agora, essa bagunça de assentos e refazer check-in é palhaçada.

 

Ah, e eu entendo os motivos do cancelamento do voo. Realmente acredito que não houvesse TRIP substituta para o voo.

 

Provavelmente cabeças vão rolar por essa confusão toda. Se todos os PAX quiserem entrar com ação contra a TAM, o bicho vai ser feio...

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Post provocativo.
Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Post provocativo.

é o tapete vermelho totalmente desbotado...

 

 

que venha a varig com seus 787´s para substituir todo este amadorismo vermelho

Link to comment
Posted · Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado
Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado
é o tapete vermelho totalmente desbotado...

 

 

que venha a varig com seus 787´s para substituir todo este amadorismo vermelho

 

 

Me desculpa, mas tenho que discordar desse seu comentário. Nada a declarar quanto ao amadorismo vermelho e também da nova empresa de catering. Porém, discordo da parte que diz "que venha a varig com seus 787s para substituir todo este amadorismo vermelho"... Quem garante que a varig não será tão Amadora quanto nas suas operações? Já que a varig não tem experiência em vôos de long haul... E não me venham dizer que tem mais de 80 anos de experiência, blá, blá,blá... Aquela varig não existe mais, agora é a Gol com pintura varig, e a Gol não tem experiência em long haul.

 

Ah, e antes que digam, não estou do lado da vermelha nem da laranja, pois não vôo em nenhuma delas...

 

Abraço

Link to comment

Não há um plano "B" nesses casos?

 

E desde quando no Brasil se fala em plano B ?

As hipóteses (!) de plano B aparecem sempre no dia seguinte.

 

Absurdo que no raio de 5Km do aeroporto inexistam hotéis...

 

Mas mais ainda é não estar pronto para lidar com um cancelamento de voo e 220 passageiros.

Link to comment
Share on other sites

 

Absurdo que no raio de 5Km do aeroporto inexistam hotéis...

 

 

Duro que não tem mesmo, perto do GIG não tem nada que comporte tanta gente... dentro do GIG tem um hotel, mas pequeno.

Link to comment
Share on other sites

Concordo que nesse caso houve uma pisada de bola da cia. O setor jurídico da TAM pode se preparar para as ações judiciais decorrentes desse deslize inescusável da empresa. Uma intervenção direta da direção da empresa (SP) na base de funcionários do GIG é o mínimo que deveríam fazer. Afinal, é nesses casos que devem mostrar competencia.

 

Alguém sabe o nome da tal empresa de catering??

Link to comment
Share on other sites

 

Duro que não tem mesmo, perto do GIG não tem nada que comporte tanta gente... dentro do GIG tem um hotel, mas pequeno.

 

Simplesmente inaceitável! Como uma cidade como o Rio de Janeiro fica sujeito a falta de vagas em hotéis?

Link to comment
Share on other sites

Eu realmente imagino que não haja hotéis no RJ para o período, visto que o UFC ocorre no Sábado. E, com relação a alimentação, a culpa não é exclusiva da TAM, já que os restaurantes estavam fechados no período da madrugada.

O UFC é um evento mínimo, uma coisa besta, se comparada a Copa do Mundo de 2014.

Já está previsto 500 mil turistas só no mês da copa e não tem Hotel pra 300 pessoas? Pelo visto vai ter gringo dormindo dentro de barraca na praia de Copacabana.

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado
Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado

Croscheck é tipo o Ary Toledo do fórum né? Pioneiro no stand up comedy

 

Alguém sabe o nome da tal empresa de catering??

 

 

É a comissaría RIO. Volta o cão arrependido que nos deu tanto trabalho no SDU!

Agora os caras além de nos atender no GIG e SDU, ainda vão atender todos os voos nacionais em GRU (!!)

Link to comment

 

Simplesmente inaceitável! Como uma cidade como o Rio de Janeiro fica sujeito a falta de vagas em hotéis?

 

Rio de Janeiro e Sao Paulo vem enfrentando frequentemente problemas com a hotelaria desde 2010.

 

Para se ter uma ideia, na instituição financeira que trabalho, os funcionarios que precisam ficar a semana inteira no Rio, tem epocas que pegam a ponte ida e volta, todos os dias por nao conseguir hospedagem.

 

Sem contar que o preço das diarias/media estao absurdamente caros no Rio.

 

Não é atoa que a GOL acaba de implantar a base de tripulação no Rio, pois a mesma sofreu demais em 2011 por falta de leitos para tripulantes. O numero de ferrys do Rio para SP em 2011 foi absurdo, tudo isso por falta de hotel.

 

Até onde sei, o Rio Othon está diminuindo o numero de leitos para tripulação de acordo com as reformas dos andares.

 

2014 o bixo vai pegar...ou fazem novos hoteis, ou vai todo mundo ficar fazendo bate e volta a trabalho, ver jogos e etc.

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado
Hidden by FCANTERAS, January 11, 2012 - Comentando post deletado
é o tapete vermelho totalmente desbotado... que venha a varig com seus 787´s para substituir todo este amadorismo vermelho

 

VARIG??? Que Varig? A Várig se foi há muito tempo... Ahh sim, acho que vc se refere aqueles aviões da GOL pintados de azul!!! Se for por ai, prepare-se para uma decepção. Saudações.

Link to comment

O meu comentário, sobre achar "plausível" que não se encontre hotel para tantas pessoas, segue a mesma linha do que o colega Giuh comentou.

 

Em situações normais, é quase impossível achar hotel no Rio de Janeiro. Quando ocorre QUALQUER evento, se torna ainda mais impossível. Aqui na empresa, estavamo cogitando alugar um apto, pois pagar R$ 300,00 de diária em hotéis velhos e mal conservados não é um grande negócio...

 

Mas, de qualquer forma, isso não isenta a TAM, que deveria ter dado um jeito e pago o que fosse para hospedar tais PAX.

Link to comment
Share on other sites

Esse tipo de situação já está se tornando constante na TAM. E a Anac não faz nada pra combater isso. No geral, com raríssimas exceções, as empresas aéreas brasileiras são um lixo no tratamento ao cliente.

Link to comment
Share on other sites

Verão + Fashion Rio + UFC + Negócios

 

Sabe a quantas anda a hotelaria do Rio ? 92%

 

Confesso e concordo, falta de visão dos empresários da cidade pois facilmente dois ou tres prédios na Ilha do Governador poderiam virar um complexo hoteleiro para 600/800 pessoas... budget na maior parte do ano (mas os terrenos lá são mais baratos e poderiam ter incentivos... ALÔ Prefeitura...) e sempre com certa disponibilidade para o aeroporto.

 

JFK tem cerca de 5 mil quartos de hotel nas redondezas, cerca de 50% é usado pelas cias aéreas (tripulações), o resto é dividido entre viajantes e turistas. A maioria é rentável.

 

Mas de novo, no Brasil não se programa, não se monta nada sem a destemida ajuda de alguns bravos investidores que correm atrás de tudo

Link to comment
Share on other sites

Nao adianta botar a culpa apenas na empresa de catering.

 

Shit happens, poderia ter dado problema na aeronave, por exemplo.

 

Suponha que estivesse todo mundo dentro da aeronave, decolagem autorizada, alinhou para a dita cuja ... e pfiuuu ...

 

Aborta a decolagem, volta para o terminal, desembarca todo mundo e faz o que?

 

Sorry, mas a responsabilidade e' da TAM por nao possuir um plano B.

 

Tinham que disponibilizar o minimo possivel, nem que fosse McLanche Feliz para todos.

Link to comment
Share on other sites

Estão sendo construidos cerca de 30 Hotéis no RJ.

 

Pode até ser, mas não tira da companhia a responsabilidade de ter um plano B, C, D, etc.

Link to comment
Share on other sites

Sucessão de erros. Teoria do Caos: Um erro desencadeia outros e outros.

A situação da TAM também não era das melhores. Com mais de 3 eventos no Rio, com certeza, o nível de ocupação dos hotéis estava alto.

Agora, as vezes é dificil você ter um plano B com toda a logística do baixo custo.

 

Plano B poderia ser : trazer a galera para SP, abastecer o Catering aqui e levantar vôo para JFK. Pergunta: será que suportaria?

- E tem a questão do combustível, que já estava carregado no GIG. Será que o custo depois de abastecer de novo compensaria?

Ou trazer tripulação de um outro voo para o GIG. Ai atrasaria aquele voo, para atender esse de NY, e depois ia atrasando todos os voos.

Com os restaurantes no GIG fechado, a alimentação não pode ser providenciada. Culpa da TAM? Não.

São situações que as vezes, o custo de deixar os pax no aeroporto, esperando, providenciar alimentação e hospedagem podem ser menores. Desde que os restaurantes estivessem abertos e os hotéis disponíveis.

 

Agora, comparar com outras empresas (seja ela A, B, C, verde, azul, rosa, laranja) acho desnecessário pois, com todas essas variáveis negativas, não sei se elas agiriam de outra forma.

Link to comment
Share on other sites

Mas de novo, no Brasil não se programa, não se monta nada sem a destemida ajuda de alguns bravos investidores que correm atrás de tudo

 

Pois é, o que seria da Petrobrás sem os bravos investidores em 1953...

Link to comment
Share on other sites

[/humor mode on]

 

Metia todo mundo no busão aéreo e tocava para algum aeroporto alternado que tivesse comida

e seguia viagem com a tripulation substituta que foi convocada e compareceu

enquanto o avião enchia a pancinha dele de comida...

Option II

 

Trazia tripulação e comida de SP nem que fosse 200 BigMac...

A própria tripulação convocada em SP já podia comprar os BigMacs porque O McDonalds da praça da República abre 24 horas !!!

Falando nisso McDonalds não abre 24 horas no Rio não ??? Podiam ao menos ter comprado BigMacs...

Um monte de gente, só por causa dos BigMacs não entraria na ação coletiva do advogadoinho oportunista que essa hora já deixou seu cartão com todo mundo...

 

Relembrando: HUMOR MODE ON SÓ PARA RESSALTAR ANTES QUE VENHAM MIM CRUSSIFICA...

 

Pelo amor de Deus, o que significa "mim crussifica"?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.


×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade