Jump to content

Passageiros em pé de guerra com a Gol no AC


Said

Recommended Posts

Passageiros denunciam descaso da Gol Linhas Aéreas com acrianos

 

19 de janeiro de 2012 - 2:34:57

 

Ray Melo,

da redação de ac24horas

raymelo.ac@gmail.com

Mesmo com a liberação da pista de pouso do Aeroporto Internacional Plácido de Castro, para operação de aeronaves com capacidade máxima de passageiros, o imbróglio continua entre os passageiros que adquiriram passagens antecipadas da Gol Linhas Aéreas, no trecho Rio Branco/Brasília, que reclamam do suposto descaso da empresa em relação aos usuários acrianos.

O passageiro André Mota denunciou que a empresa estaria forçando os acrianos a esperarem até 8h e meia pela conexão na cidade de Manaus. Mota afirma ainda, que teria recebido um comunicado da Gol, informando uma nova conexão em Belém, “sendo que, de Porto Alegre, nem é mais possível comprar o trecho pelo site da Gol. O cancelamento do trecho da Gol entre Brasília/Rio Branco, para fevereiro afetou quatro passagens compradas por mim”.

André Mota teria reclamado na loja da Gol no aeroporto de Rio Branco. “Primeiramente haviam acomodado as passageiras em um voo de Brasília para Manaus, seguindo de Manaus para Rio Branco com escala em Porto Velho. Porém, teríamos que esperar 8h e meia na conexão Manaus, chegando ao destino final, mais de 14 horas depois do previsto”.

No portal da empresa na internet, o usuário teria sido recomendado à rota Brasília/Belém, esperando 6 horas e meia, seguindo neste mesmo voo passando por Manaus e Porto Velho para chegar a Rio Branco, acrescentando uma escala, “tornando o tempo em voo maior e a viagem ainda mais cansativa, principalmente para uma criança de dois anos”.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Gol Linhas Aéreas, que apresentou o seguinte esclarecimento: “A GOL informa que, em virtude da recente liberação operacional do aeroporto Plácido de Castro, pelas autoridades competentes, está reavaliando sua decisão e irá estudar a retomada dos voos em questão”.

A empresa informa ainda, que “a companhia volta a ressaltar que mantém suas operações no Acre oferecendo opções que atendem o estado via Rio Branco e Cruzeiro do Sul. A empresa salienta ainda que sua Central de Relacionamento da GOL está à disposição para solucionar quaisquer dúvidas, pelo site www.voegol.com.br/Atendimento ou pelo telefone 0800 115 2121”.

 

fonte: ac24horas.com

Link to comment
Share on other sites

Entendo a revolta do consumidor, porém a GOL tem o direito de escolher os trechos que irá operar...

Se a conexão dele não está boa, peça reembolso da passagem (Acredito que, nesse caso, seja dado reembolso integral) e compre em outra cia.

Ninguém é obrigado a viajar de GOL.

Link to comment
Share on other sites

Simples

Manda a InfraZero fazer um serviço decente que tudo volta ao normal.

Agora, dar uma garibada numa pista que já era ruim e deixá-la ainda pior, desse jeito nunca vão ser operados todos os voos com o máximo de pax mesmo.

Link to comment
Share on other sites

O consumidor tem todo direito de reclamar da empresa, mas esta tem a prerrogativa de mudar horários e cancelar rotas, está no contrato de transporte aéreo. A acomodação de passageiros em outros vôos é problema da empresa. Eu só não vejo a mídia e a sociedade reclamarem da novela sem fim da pista de RBR.

 

Que tivessem a mesma disposição de se queixar do poder público e da Infraero que tem de se queixar da Gol.

Link to comment
Share on other sites

Do perigo que é a pista de Rio Branco ninguém sabe ou comenta, né?

A pista de Rio Branco é um assassinato.

Se não for a mais perrigosa dos aeroprotos de capitais no País é bem provável que esteja entre a 3 piores, operar em RBR requer uma atenção acima da média.

Como não lembrar aqui do caso de Black hole com o 737-200 da Vasp, do fatal acidente em 2002 com um EMB120 da Rico,que além do Black hole contava com uma windshearr na final e ninguém reportou nada para que estav nos comandos.

 

RBR é um caso sério.

Link to comment
Share on other sites

Do perigo que é a pista de Rio Branco ninguém sabe ou comenta, né?

A pista de Rio Branco é um assassinato.

Se não for a mais perrigosa dos aeroprotos de capitais no País é bem provável que esteja entre a 3 piores, operar em RBR requer uma atenção acima da média.

Como não lembrar aqui do caso de Black hole com o 737-200 da Vasp, do fatal acidente em 2002 com um EMB120 da Rico,que além do Black hole contava com uma windshearr na final e ninguém reportou nada para que estav nos comandos.

 

RBR é um caso sério.

 

 

Quais seriam os principais pontos negativos da pista ??

Link to comment
Share on other sites

 

 

Quais seriam os principais pontos negativos da pista ??

 

Baixo coeficiente de atrito quando molhada, ocasionado por drenagem ineficiente,associada as inúmeras imperfeições e remendos na camada asfaltica.

 

A pista de Rio Branco disputava com a do aeroporto de São Luis o título de piores pistas de uma capital de estado.Sao Luis teve recentemente uma recapagem da camada asfaltica, vamos ver quanto vai durar,uma vez que o sub-leito não foi reformado.Segue portanto Rio Branco,na minha opinião, como a pior pista.

Link to comment
Share on other sites

 

Baixo coeficiente de atrito quando molhada, ocasionado por drenagem ineficiente,associada as inúmeras imperfeições e remendos na camada asfaltica.

 

A pista de Rio Branco disputava com a do aeroporto de São Luis o título de piores pistas de uma capital de estado.Sao Luis teve recentemente uma recapagem da camada asfaltica, vamos ver quanto vai durar,uma vez que o sub-leito não foi reformado.Segue portanto Rio Branco,na minha opinião, como a pior pista.

 

 

Ou seja... mais uma vez o "dedinho" da Infrazero.

Link to comment
Share on other sites

 

 

Ou seja... mais uma vez o "dedinho" da Infrazero.

É o negócio da INFRAERO agora é comprar cadeira, eles vão começar a investir em outro ramo porque aeroporto eles não sabem de nada mesmo!

Link to comment
Share on other sites

o correto não seria Acreano ?

 

"Acriano" parece ser derivado de "Acri" , que non ecsiste.

Por incrível que pareça "Acriano" tá certo... Achei estranho também, mas a maneira correta de escrever é essa!

Link to comment
Share on other sites

Ninguém lembra que a própria GOL deu um tiro de misercórdia na RICO, que, bem ou mal, tava ali né.....

Agora monopolizou....acabou.

 

Em relação à qualidade da infra estrutura, desnecessário dizer....Infraero e seu padrão de qualidade: pista ótima, drenagem fantástica, auxílios à navegação.....aquele padrão que só vemos na Suécia, Noruega, Finlândia....

 

fazer o que.

 

Tem dois culpados no cartório aí.

Link to comment
Share on other sites

Do perigo que é a pista de Rio Branco ninguém sabe ou comenta, né?

A pista de Rio Branco é um assassinato.

Se não for a mais perrigosa dos aeroprotos de capitais no País é bem provável que esteja entre a 3 piores, operar em RBR requer uma atenção acima da média.

Como não lembrar aqui do caso de Black hole com o 737-200 da Vasp, do fatal acidente em 2002 com um EMB120 da Rico,que além do Black hole contava com uma windshearr na final e ninguém reportou nada para que estav nos comandos.

 

RBR é um caso sério.

 

E o que foi feito daquele brega? Foi desmanchado lá mesmo? Ou está agonizando?

Link to comment
Share on other sites

 

E o que foi feito daquele brega? Foi desmanchado lá mesmo? Ou está agonizando?

 

Pelas avarias que teve, creio que foi desmanchado em SBRB mesmo.

 

Retirado do Site da ANAC:

 

26 JAN - VASP - Viação Aérea São Paulo - B 737-200 - PP-SPJ

A aeronave decolou do Aeroporto de Manaus - AM (SBEG) com destino a Rio Branco - AC (SBRB), transportando 06 tripulantes e 89 passageiros. O aeródromo de destino operava por instrumento, devido a um banco de nevoeiro. Na chegada, o Aeroporto de Rio Branco operava visual, porém durante a aproximação final para a pista 06, com o co-piloto nos comandos, voltou a operar por instrumento, tendo a tripulação prosseguido para o pouso, entretanto em altitude inferior àquela prevista na Carta de Aproximação. A aeronave terminou por descer além da MDA, vindo a colidir inicialmente com uma árvore, e na seqüência, tocando a pista a 100 metros da cabeceira 06. No momento do impacto, ambos os motores apagaram, tendo o Cmte. assumido o comando da aeronave. Após o impacto, a aeronave deslizou por cerca de 600 metros, vindo a parar na pista de táxi. Nenhum dos ocupantes ficou ferido, porém a aeronave sofreu danos graves.

 

 

Imagens do PP-SPJ - http://www.airdisaster.com/photos/pp-spj/photo.shtml

 

Olha o porque da limitação atual: http://tatudahora.blogspot.com/2012/01/aeroporto-de-rio-branco-uma-tragedia.html

 

Culpar as aéreas é fácil, porque processar o estado todo mundo sabe que não vai receber nada, só dor de cabeça e muito tempo e $$$ perdida.

Link to comment
Share on other sites

O consumidor tem todo direito de reclamar da empresa, mas esta tem a prerrogativa de mudar horários e cancelar rotas, está no contrato de transporte aéreo. A acomodação de passageiros em outros vôos é problema da empresa. Eu só não vejo a mídia e a sociedade reclamarem da novela sem fim da pista de RBR.

 

Que tivessem a mesma disposição de se queixar do poder público e da Infraero que tem de se queixar da Gol.

 

Só registrando que a imprensa de Rio Branco é muito sensacionalista, não entende nada de aviação e "pega carona" em discursos políticos de quem quer aparecer na midia. A população sabe que as condições do aeroporto são ruins desde 2008 quando a ANAC ameaçou interditar o aeroporto e a INFRAERO não faz nada, só remendos que não resolvem. A Gol sempre prestou um bom serviço no Estado e com certeza não cancelaria a sua rota mais antiga em operação aqui se não houve problemas sérios.

Link to comment
Share on other sites

 

Só registrando que a imprensa de Rio Branco é muito sensacionalista, não entende nada de aviação e "pega carona" em discursos políticos de quem quer aparecer na midia. A população sabe que as condições do aeroporto são ruins desde 2008 quando a ANAC ameaçou interditar o aeroporto e a INFRAERO não faz nada, só remendos que não resolvem. A Gol sempre prestou um bom serviço no Estado e com certeza não cancelaria a sua rota mais antiga em operação aqui se não houve problemas sérios.

 

SBRB é ruim desde sua inauguração lugar ruim, propício a fechamentos somente no local onde ele está, a pista tem avarias desde sua inauguração, o ILS e ALS só foram instalados depois do trágico acidente do EMB120 da Rico em 2002.

Link to comment
Share on other sites

E SLZ ainda tem a pista que cruza a principal, e que não é usada. Pelo menos teria pra onde operar em caso de dar uma reformada geral na principal.

 

Aliás por que essa pista não é usada? Nunca achei a resposta. Alguma coisa haver como acontece com CWB, que tem problema de pavimento a/ou ruídos em zonas urbanas na aproximação??

Link to comment
Share on other sites

Ninguém lembra que a própria GOL deu um tiro de misercórdia na RICO, que, bem ou mal, tava ali né.....

Agora monopolizou....acabou.

 

Em relação à qualidade da infra estrutura, desnecessário dizer....Infraero e seu padrão de qualidade: pista ótima, drenagem fantástica, auxílios à navegação.....aquele padrão que só vemos na Suécia, Noruega, Finlândia....

 

fazer o que.

 

Tem dois culpados no cartório aí.

pensei mesma coisa, na epoca em que a empresa estava em crescimento ela praticava price-dumping, tirou praticamente todas concorrentes de varios destinos na região, em especial as regionais, como Rico, Meta, etc ...que mesmo longe de qualquer padrão de excelência serviam á população local.

A região Norte ficou refém dos vôos da G3 onde essa opera e nas localidades menores da Trip, que por não terem concorrência praticam tarifas para voos regionais as vezes superiores ao que se encontra para voos com destino Europa, Estados Unidos...

Link to comment
Share on other sites

 

Só registrando que a imprensa de Rio Branco é muito sensacionalista, não entende nada de aviação e "pega carona" em discursos políticos de quem quer aparecer na midia. A população sabe que as condições do aeroporto são ruins desde 2008 quando a ANAC ameaçou interditar o aeroporto e a INFRAERO não faz nada, só remendos que não resolvem. A Gol sempre prestou um bom serviço no Estado e com certeza não cancelaria a sua rota mais antiga em operação aqui se não houve problemas sérios.

Caramba, agora a culpra é da imprensa? Ô Silva, imprensa não tem que entender de aviação não!

Imprensa tem que entender de jornalismo. Quem tem que entender de aviação é aeronauta e aeroviário.

Infraero, ANAC, governo do Acre, Gol... são muitos os culpados - menos o passageiro, isso eu garanto.

Alguns aqui devem achar que eu tenho raiva da Gol, etc. Não tenho nada nem contra e nem a favor da Gol.

Na verdade minha preocupação é sempre o interesse do passageiro (até pq eu tmb sou um deles) que,

como consumidor, sempre leva a pior. Acho que devemos pensar melhor nisso. To careca de saber que

a situação da pista de RBR é terrível e de perigo eminente. Mas não podemos deixar o passageiro "ilhado"

em Rio Branco, seja por ineficiência da Infraero, seja por interesse econômico das empresas.

Sem crise, pessoal...

Link to comment
Share on other sites

Caramba, agora a culpra é da imprensa? Ô Silva, imprensa não tem que entender de aviação não!

Imprensa tem que entender de jornalismo.

Jornalista não tem que entender de nada, mas não pode ter preguiça de pesquisar. E antes que atirem pedra, aqui são palavras de um bacharel em Comunicação Social, que passou 4 anos em uma cadeira de faculdade pra depois ver postos de trabalho de sua área serem tomados por qualquer Zé Mané com colegial completo que "escreve bem".

 

Jornalista de verdade - mesmo que não tenha diploma - não tem preguiça de ler sobre um assunto, para entender direito sobre ele e cumprir seu papel de jornalista, que é passar a informação clara, correta e isenta à população. Essa matéria está fraca, tendenciosa e sem conteúdo, coisa de jornalistazinho preguiçoso, ou pior, antiético.

 

Brasileiro e sua mania de nivelar por baixo. Por isso vamos continuar com país e pensamento de gente subdesenvolvida.

Link to comment
Share on other sites

SkyLiner, concordo em parte com você, mas não podemos desviar do foco do problema (na minha

opinião) que é a quase falta de opções de vôo para o passageiro de RBR. Sobre a matéria ser ou

não "fraca", ainda prefiro analisar o "xis" da questão, que no caso era a situação dos passageiros.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade