Jump to content

Azul cobra até R$ 300 a mais nas passagens por ônibus que anuncia como “gratuito”


bearshare

Recommended Posts

Prezados,

 

 

A Azul Linhas Aéreas iniciou suas operações em 2008 tendo como principal base um aeroporto até então pouco usado pela maioria dos passageiros: Viracopos, na cidade de Campinas. Para competir com as rivais que operam nos aeroportos de Guarulhos e Congonhas a empresa lançou um recurso interessante: ônibus rodoviários gratuitos, partindo de diversos pontos da capital paulista e região para Viracopos. A estratégia deu resultado e a Azul fez o mesmo em outra regiões. Hoje, a empresa oferece saída de oito pontos em São Paulo e de Blumenau, em Santa Catarina.

 

Mas a comodidade, que é sempre anunciada como gratuita pela empresa, pode acabar pesando no bolso do passageiro. Comparando os trechos com e sem o ônibus, os valores mudam na maioria das rotas – sempre sendo mais caro para quem precisa serviço rodoviário. Fizemos várias simulações e o problema ocorreu em quase todas – dependendo do trecho escolhido, a tarifa sobe de R$ 10 a R$ 180, por um serviço que é anunciado como gratuito!

 

É o caso dos voos para Manaus. Selecionando a saída de Campinas, o menor preço de saída no dia 18 de fevereiro é R$ 559. Alterando para alguma saída com o ônibus, como Piracicaba ou Barra Funda, o valor do mesmo voo sobe para R$ 739. Na volta, o problema se repete: o trecho sem o ônibus custa R$ 489 e com o transporte rodoviário pula para R$ 609 no voo R$ 171. No resultado final, ida e volta saem R$ 1.086,69 para descer em Campinas e R$ 1.386,69 para usar os ônibus – uma diferença de exatamente R$ 300 nos mesmos voos! Antes de publicar esse post, refizemos o mesmo processo várias vezes para ter certeza.

 

Melhores Destinos

Link to comment
Share on other sites

Será talvez é porque o horário do vôo mais barato não "conecta" com o horário do ônibus e acaba que o vôo que coincide com o ônibus é mais caro?

Link to comment
Share on other sites

A Azul Linhas Aéreas iniciou suas operações em 2008 tendo como principal base um aeroporto até então pouco usado pela maioria dos passageiros: Viracopos, na cidade de Campinas. Para competir com as rivais que operam nos aeroportos de Guarulhos e Congonhas a empresa lançou um recurso interessante: ônibus rodoviários gratuitos, partindo de diversos pontos da capital paulista e região para Viracopos. A estratégia deu resultado e a Azul fez o mesmo em outra regiões. Hoje, a empresa oferece saída de oito pontos em São Paulo e de Blumenau, em Santa Catarina.

Mas a comodidade, que é sempre anunciada como gratuita pela empresa, pode acabar pesando no bolso do passageiro. Comparando os trechos com e sem o ônibus, os valores mudam na maioria das rotas – sempre sendo mais caro para quem precisa serviço rodoviário. Fizemos várias simulações e o problema ocorreu em quase todas – dependendo do trecho escolhido, a tarifa sobe de R$ 10 a R$ 180, por um serviço que é anunciado como gratuito!

É o caso dos voos para Manaus. Selecionando a saída de Campinas, o menor preço de saída no dia 18 de fevereiro é R$ 559. Alterando para alguma saída com o ônibus, como Piracicaba ou Barra Funda, o valor do mesmo voo sobe para R$ 739. Na volta, o problema se repete: o trecho sem o ônibus custa R$ 489 e com o transporte rodoviário pula para R$ 609 no voo R$ 171. No resultado final, ida e volta saem R$ 1.086,69 para descer em Campinas e R$ 1.386,69 para usar os ônibus – uma diferença de exatamente R$ 300 nos mesmos voos! Antes de publicar esse post, refizemos o mesmo processo várias vezes para ter certeza.

denunciaazul2.jpg

A denúncia foi enviada ao Melhores Destinos pela leitora Juliana Plens, que descobriu o problema enquanto pesquisava passagens e ficou inconformada: “Como de costume, entrei no site da Azul para ver se conseguia uma passagem de Joinville ou Navegantes para Campinas e descobri uma coisa que não tinha notado: apesar de a Azul divulgar que o ônibus é gratuito, pode haver diferença no preço das passagens se você seleciona como destino as cidades atendidas pelo ônibus”.

A leitora fez questão de enviar as seguintes telas comprovando a mudança nos preços, que se confirmou em nossas pesquisas:

den%C3%BAncia-azul-525x590.jpg

“A dica que fica: ao comprar passagens da Azul, não procurar por destino final, e sim por aeroporto. Admirava tanto a Azul, era muito fã da empresa. Com essa, fiquei decepcionada, me senti enganada”, lamentou Juliana.

O Melhores Destinos enviou a reclamação à Azul solicitando uma posição da companhia a respeito. A empresa informou, por meio de sua assessoria de Imprensa, que já está averiguando o caso e prometeu enviar um posicionamento ainda nesta semana. Esperamos que haja uma boa explicação e que a cobrança deixe de ocorrer, ou que a Azul aja com transparência e deixe de anunciar que os ônibus são gratuitos.

Entre no site da Azul e faça algumas simulações que você vai confirmar a diferença dos valores.

por Denis Martins

Link to comment
Share on other sites

Isso não é bem cobrar pelo ônibus. Entendo que ela está administrando uma política de preços em cima do usuário que vem do interior, portanto sem opção de concorrência direta. Errado? Talvez. Mas é uma opção que se dá ao usuário. Seria como eu dizer que fui enganado porque comprei um bilhete na classe tarifária X por 199 enquanto outra pessoa comprou na classe tarifária Y por 99. Enfim, esperemos a nota da Azul.

Link to comment
Share on other sites

 

den%C3%BAncia-azul-525x590.jpg

 

 

 

O que pode ter acontecido é claramente uma mudança de classe tarifária no voo selecionado, pois nota-se nos outros voos que o preço se manteve o mesmo nas duas pesquisas (com e sem ônibus), havendo alteração somente no marcado de amarelo.

 

As pessoas esquecem (ou não sabem) que passagens de avião tem variações constantes de preço em virtude da classe tarifária. Eu já vi em questão de minutos uma passagem aumentar, 100, 200 reais.

 

Acho que tem que se apurar muito bem antes de fazer uma denúncia como esta para não sermos levianos!

 

Nessa eu fico com a Azul.

Link to comment
Share on other sites

Engraçado que meu pai, quando viaja a trabalho, vai de Azul até Viracopos + ônibus até São Paulo. NUNCA pagou UM CENTAVO a mais na passagem com o ônibus.

 

No final de Janeiro eu fui para o encontro do CR de Azul, comprei RAO - VCP + ônibus pra CGH na ida e não paguei NADA, NADA, NADA a mais...

 

O pior é que o portal coloca a denúncia sem antes verificar em outros trechos se isso procede ou não...

Link to comment
Share on other sites

Eu viajo bastante pela Azul e compro apenas a passagem aérea, nunca "reservo" o ônibus junto, até pq deixo pra escolher o melhor local de saída mais próximo a viagem, levando-se em consideração alguns fatores pessoais (se vou de Metrô, carro, carona...), enfim.

 

Até pq, de acordo com a Azul, reservar o ônibus junto com a passagem aérea não garante embarque no busão, se você chegar num ponto de embarque e o busão já estiver lotado, um abraço.

Link to comment
Share on other sites

Não faz absolutamente qualquer diferença selecionar o destino "operado por ônibus" ou o aeroporto de VCP (ou NVT). Para embarcar no ônibus as condições serão exatamente as mesmas para o passageiro que "comprou" o trecho rodoviário e o que não o fez, o qual embarcará - de graça - nesse ônibus.

 

Então, não vejo muita relevância - ou motivo para indignação - nesse fato; não há verdadeiro prejuízo decorrente da prática, que, se eventualmente pode ser considerada abusiva, está entre as mais leves praticadas pelas empresas brasileiras.

 

Como o celocolombo mencionou, muito provavelmente é apenas uma mudança - planejada pela Azul ou não - na classe tarifária selecionada.

Link to comment
Share on other sites

Realmente há algum erro no site:

 

gffs3.jpg

 

Reparem nos preços destacados nas caixas vermelha e verde: trata-se do mesmo voo 4179, mas com ônibus diferentes e preços diferentes. Portanto, o ônibus está alterando de alguma forma o preço, pois é o mesmo voo, mesma classe tarifária (J) e na mesma pesquisa (ou seja, pesquisa ao mesmo tempo).

Link to comment
Share on other sites

Acho que não deve ser um erro no site e sim no sistema de vendas, que por algum motivo está associando uma tarifa diferenciada ao trecho operado com ônibus. Em todo caso se o ônibus é gratuito,para uma mesma classe tarifária, não deveria haver diferença. Falhas acontecem, mas bola fora da Azul...

Link to comment
Share on other sites

Até porque, você não é obrigado a comprar com o ônibus...

 

Basta ver o horário na tabela da Azul (No próprio Website) e assim que chegar a Viracopos ou outro aeroporto que disponha do ônibus e retirar a senha no balcão destinado para este fim...

 

Não vejo motivo para essa "denúncia" no Melhores Destinos...

Link to comment
Share on other sites

Até porque, você não é obrigado a comprar com o ônibus...

 

Basta ver o horário na tabela da Azul (No próprio Website) e assim que chegar a Viracopos ou outro aeroporto que disponha do ônibus e retirar a senha no balcão destinado para este fim...

 

Não vejo motivo para essa "denúncia" no Melhores Destinos...

 

Bom, com 15 anos, acredito que você não trabalha pra ter dinheiro pra pagar viagem de avião. Logo, realmente, vai ser difícil entender esse absurdo aí.

 

Na prática, a Azul estava cobrando por um serviço que ela promove como gratuito. No meu leigo entender da lei, isso é propaganda enganosa e má fé.

 

Vendo o post do OrionSP, a coisa fica realmente parecendo problema do no sistema.

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by MulekeMinduim, February 10, 2012 - Mais uma resposta atravessada do Balduíno
Hidden by MulekeMinduim, February 10, 2012 - Mais uma resposta atravessada do Balduíno

 

Bom, com 15 anos, acredito que você não trabalha pra ter dinheiro pra pagar viagem de avião. Logo, realmente, vai ser difícil entender esse absurdo aí.

 

Na prática, a Azul estava cobrando por um serviço que ela promove como gratuito. No meu leigo entender da lei, isso é propaganda enganosa e má fé.

 

Vendo o post do OrionSP, a coisa fica realmente parecendo problema do no sistema.

 

Não vejo lógica pra você me julgar nem pra dizer o que eu faço ou deixo de fazer. E sim, quem paga as minhas viagens sou eu. E sim, eu trabalho em casa, por enquanto, por conta.

 

;)

Link to comment

Simulei uma compra no trecho FOR - VCP - FOR e percebi essa diferença de preço. Questionei no atendimento ao usuário (via chat online, muito bem atendido por sinal) e fui informado que realmente é um erro do site... O estranho é que isso foi por volta do dia 16 /17 de janeiro... Creio que o problema já poderia ter sido resolvido mas vai saber né.

Link to comment
Share on other sites

 

Bom, com 15 anos, acredito que você não trabalha pra ter dinheiro pra pagar viagem de avião. Logo, realmente, vai ser difícil entender esse absurdo aí.

 

Na prática, a Azul estava cobrando por um serviço que ela promove como gratuito. No meu leigo entender da lei, isso é propaganda enganosa e má fé.

 

Vendo o post do OrionSP, a coisa fica realmente parecendo problema do no sistema.

 

 

Não entendi porque meu post anterior foi apagado.

 

Vou esclarecer:

 

Sim, eu trabalho. Informalmente, mas trabalho. Quando possível, dou aula particular aqui em casa para algumas crianças do prédio, de Português / História / Geografia. São crianças no 6º e 7º ano do ensino fundamental. Crianças pequenas...

 

Com o dinheiro que ganho nessas aulas, viajo e já paguei 3 parcelas do PP teórico.

 

Que fique claro ;)

Link to comment
Share on other sites

 

Bom, com 15 anos, acredito que você não trabalha pra ter dinheiro pra pagar viagem de avião. Logo, realmente, vai ser difícil entender esse absurdo aí.

 

Na prática, a Azul estava cobrando por um serviço que ela promove como gratuito. No meu leigo entender da lei, isso é propaganda enganosa e má fé.

 

Vendo o post do OrionSP, a coisa fica realmente parecendo problema do no sistema.

 

O que impede do João entender? Que eu saiba existe analfabeto com com 60 anos, idade não faz cabeça. E outra comecei a trabalhar com 13 anos, o que impede do João fazer o mesmo? Sua mensagem foi muito infeliz, tirar conclusões sem conhecer a vida do cara, apenas levando em conta a idade, seria o mesmo do que eu te sair falando que você não entende nada porque você é um velho com mais de 100 anos já que na sua data ai tá 1900. Fica a dica.

Link to comment
Share on other sites

 

O que impede do João entender? Que eu saiba existe analfabeto com com 60 anos, idade não faz cabeça. E outra comecei a trabalhar com 13 anos, o que impede do João fazer o mesmo? Sua mensagem foi muito infeliz, tirar conclusões sem conhecer a vida do cara, apenas levando em conta a idade, seria o mesmo do que eu te sair falando que você não entende nada porque você é um velho com mais de 100 anos já que na sua data ai tá 1900. Fica a dica.

 

FATALITY

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade