Jump to content

Aerolíneas vai ligar o Brasil à Europa e EUA


Rodolfo Lucheis

Recommended Posts

Aerolíneas vai ligar o Brasil à Europa e EUA

 

BUENOS AIRES - Com a incorporação de 22 novas aeronaves à frota até 2009, a Aerolíneas Argentinas planeja redesenhar também sua malha aérea atual, e o Brasil está inserido entre os principais mercados para as mudaças.

 

Estão previstas novas rotas diretas ligando o País (São Paulo ou Rio de Janeiro) à Europa (Paris ou Madri), já no primeiro quadrimestre de 2007. “Também está sendo estudada a possibilidade de uma nova freqüência entre Rio ou São Paulo, e Estados Unidos”, disse o diretor Comercial da empresa, Marcos Barg.

 

E para mostrar que Aerolíneas Argentinas superou a crise vivida em 2001, a empresa já planeja também a entrada em uma das alianças comerciais globais do mercado. Ainda não está definida qual aliança a Aerolíneas integrará.

 

 

Felipe Niemeyer

-------------------------------------------

 

Será que teremos a Aerolineas na Star Alliance?

Link to comment
Share on other sites

Estão previstas novas rotas diretas ligando o País (São Paulo ou Rio de Janeiro) à Europa (Paris ou Madri), já no primeiro quadrimestre de 2007. “Também está sendo estudada a possibilidade de uma nova freqüência entre Rio ou São Paulo, e Estados Unidos”, disse o diretor Comercial da empresa, Marcos Barg.

 

E para mostrar que Aerolíneas Argentinas superou a crise vivida em 2001, a empresa já planeja também a entrada em uma das alianças comerciais globais do mercado. Ainda não está definida qual aliança a Aerolíneas integrará.

 

Aposto um alfajor que essas rotas serão via GRU.

 

Será que teremos a Aerolineas na Star Alliance?

 

Acho mais provável a SkyTeam pois esta não possui membros na America do Sul.

Link to comment
Share on other sites

Aposto um alfajor que essas rotas serão via GRU.

 

bom, algumas serão, masacho q eles podem entrar nessa onda do tráfego crescente no GIG e assim como a PU aproveitar o Rio

 

EZE-GIG-FRA, EZE-GIG-LGW, até quem sabe EZE-GIG-IAD/ORD seriam boas rotas.

 

não tenho certeza se a AR vai querer competir com as 15 mil companhias que fazem GRU-MAD, a LH e seus 747s e A340s diários, a BA e seus jumbos 10x por semana, a IB e seus A340s 2x por dia praticamente, e a AF com seus voos 2x diarios, isso só para citaralguns exmplos europeurs. tomara que ela aprenda a lição antes q ela se ferre!

Link to comment
Share on other sites

Guest SAO SAMPA

Concordo com o IluvGIG e acho que ela operara via GIG, mas nao as rotas europeias que ele citou.

Eles ja disseram que ate Abril, serao rotas para MAD e CDG e talvez, ate o final do ano para os EUA. Ai sim, pode pintar um EZE-GIG-JFK ou ORD...sei la...

 

Mas o que acho que tambem pode acontecer é operar nos 2 aeroportos: por exemplo, um EZE-GIG-MAD e um EZE-GRU-CDG ou vice-versa, ja que justamente nestas 2 rotas o GIG esta bem servido. Acontece que os pax ao Rio tem usado os voos desta rota (mais a TP) para atingir a Europa (e ate a Asia) ja que as outras europeias nao vao ao Rio (com excecao da BA 3X).

 

Ontem, em meio ao caos, saiu no Globo uma reportagem de uma sra que estava indo para Milao para se casar e ia fazer BSB-GIG-LIS-MXP, ou seja, os voos da TP no GIG tb tem pax em conexao de cidades como VIX, BSB e CNF, com mais opcoes de cnx em GIG do que em GRU.

 

Vamos torcer para que ela nao venha com 2 ou 3 voos semanais, mas pelo menos 5 distribuidos por mais capitais europeias e cidades americanas.

 

 

A conferir!

Link to comment
Share on other sites

ja que as outras europeias nao vao ao Rio (com excecao da BA 3X).
na verdade, Sampa, vem sim! Nós temos TP 10x semana - 7x GIG-LIS e 3x GIG-OPO no A340 e A330 - IB 5x semana na GIG-MAD no A340, Air Europa GIG-MAD 4x semana no A330 e AF 7x semana GIG-CDG no 747, além da BA 3x semana. obviamente falta LH, LX, KL (q talvez volte no ano q vem), AZ, até um vôo 2x semanais de alguma escandinava (SK ou AY) funcionariam bem. fora as eternas "vamos para o Rio", como a Virgin.

 

Seria um estupidez fazer isso na situação que o mercado está!

 

 

pois é, a AR do jeito q está - voltando a se recuperar - nao seria masoquista ao ponto de competir com as milhoes de cias q operam em GRU

Link to comment
Share on other sites

Guest SAO SAMPA

IluvGIG,

 

Quis justamente dizer dos outros destinos alem de MAD, CDG e da TP em Portugal. Tem tb os da BRA para CGN e MXP, mas esta cia tem um outro proposito que nao passageiros high yield, por quem acho que a Aerolineas tb quererá brigar.

 

Abracos,

Link to comment
Share on other sites

Seria um estupidez fazer isso na situação que o mercado está!

 

Vai dizer isso pra esse pessoal todo que aumenta/inaugura frequencias novas em GRU. Iberia, Air China, Air Madrid, Air France, British Airways e afins. Continuo cético. Por mais "obvio" que seja fazer algumas (senão quase todas) rotas via GIG ainda acredito que estas serão via GRU. Espero (e adoraria) queimar a minha lingua.

Link to comment
Share on other sites

Iberia, Air China, Air Madrid, Air France, British Airways

 

bom, o tráfego OD tb pesa bastante. eu, embora ache que seria bom descongestionar SP com mais voos para outros aeroportos, nao imagino um voo direto Rio-Pequim. Essas e outras companhias devem estar focando em GRU pq seimplesmente nao há demanda para fazê-lo por outros lugares. qdo a BA adicionou 3 747s semanais na rota LHR-GRU, nao devia estar pensando em "SP tem cnx, devemos colocar mais 3 voos para atender a demanda de outras cidades". os outros 7 podem até servir, mas se ela aumentou freqs para SP é pq SP apresentou mais demanda que GIG, ou EZE. assim como a AF, ela aumentou as freqs mto possivelmente apenas por OD q SP gera!

 

agora, as escalas q a AR deve fazer devem ser mais para completar a demanda que EZE gera, e por extensao se aproveitar da demanda dos aeroportos brasileiros. agora, de um lado temos GRU, com uma demanda infinita, mas q já foi partilhado pelas inumeras companhias que ali operam. pelo outro lado, ainda temos GIG, q nao tem tanta demanda qto GRU, mas assim tem uma respeitavel, e um ambiente propicio para a AR recomeçar, sem muita competicao.

 

do jeito q ela está, a AR seria uma imbecil em se aventurar e competir com as mega-companhias de GRU, q mto possivelmente comeriam ela viva!

Link to comment
Share on other sites

A AR está correndo atrás do prejuizo pois está vendo a LAN entrar na briga pela rota SP-Bs Aires e com planos de voar Bs Aires-SP-Miami.

 

Eu pessoalmente acho que ela ganha mais voando Bs Aires-Rio-Madrid/Paris, mas isso vai depender mais dela do que de qualquer outra coisa.!

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

bom, o tráfego OD tb pesa bastante. eu, embora ache que seria bom descongestionar SP com mais voos para outros aeroportos, nao imagino um voo direto Rio-Pequim.

 

Tráfego OD também existe no GIG e nenhuma asiática voa pra cá logo quem viesse "voaria sozinha".

 

Essas e outras companhias devem estar focando em GRU pq seimplesmente nao há demanda para fazê-lo por outros lugares. qdo a BA adicionou 3 747s semanais na rota LHR-GRU, nao devia estar pensando em "SP tem cnx, devemos colocar mais 3 voos para atender a demanda de outras cidades". os outros 7 podem até servir, mas se ela aumentou freqs para SP é pq SP apresentou mais demanda que GIG, ou EZE. assim como a AF, ela aumentou as freqs mto possivelmente apenas por OD q SP gera!
Os números de conexão ainda são enormes nessas rotas em GRU. Os vôos extras da BA com certeza não são muito bons para o publico de/para SP especialmente e ida do extra pois é diurno coisa que os famosos "high yield" fogem. Seria muito mais interessante eles fazerem GIG-LHR 3x em dias alternados do GIG-GRU-LHR que, assim, reinariam sozinhos na rota pra Londres e do jeito que a Virgin é lenta e marketeira, reinariam sozinhos por um bom tempo. A AF aumentou por questão de conexões tanto que as frequencias "novas" são diurnas e são realizadas com um avião sem F. Além disso ela ampliou o c/s com a TAM a partir de GRU.

 

agora, as escalas q a AR deve fazer devem ser mais para completar a demanda que EZE gera, e por extensao se aproveitar da demanda dos aeroportos brasileiros. agora, de um lado temos GRU, com uma demanda infinita, mas q já foi partilhado pelas inumeras companhias que ali operam. pelo outro lado, ainda temos GIG, q nao tem tanta demanda qto GRU, mas assim tem uma respeitavel, e um ambiente propicio para a AR recomeçar, sem muita competicao.

 

Não só a AR pode operar aqui numa rota pra Europa sem competição mas todas as empresas que citei acima (BA e AF) além de KL, AZ, LX e LH (a RG é parceira então existiria troca de codeshares)

 

 

do jeito q ela está, a AR seria uma imbecil em se aventurar e competir com as mega-companhias de GRU, q mto possivelmente comeriam ela viva!

 

Eu repito o que disse anteriormente: a lógica do mercado na aviação nacional (especialmente a voltada para o mercado internacional) é essa: jogar tudo pra GRU e as sobras pro GIG.

Continuo firme em não crer que a AR não vá fazer essas rotas via GIG mas continuo desejando queimar a língua.

Link to comment
Share on other sites

Meu irmão já fez algumas vezes em 93(acho) o trecho GIG-CDG no 747-200 da AR e eu já voei em 98, GRU-MAD tb no 747 da AR que por sinal foi a pior viagem de avião que eu fiz!

Link to comment
Share on other sites

Meu irmão já fez algumas vezes em 93(acho) o trecho GIG-CDG no 747-200 da AR e eu já voei em 98, GRU-MAD tb no 747 da AR que por sinal foi a pior viagem de avião que eu fiz!

 

De fato antigamente a AR fazia EZE-GIG-CDG/FCO com o 742. Bons tempos.

Link to comment
Share on other sites

E a AR tem todas essas 5ªs liberdades para voar para tantos destinos via Brasil?

 

Tem sim, pode ser Italia, Inglaterra, Espanha, Alemanha, França e Holanda sem qualquer problema.

 

Brasil-Argentina é bem liberal . Alias, da América do Sul eu acho que não existe país sem liberdade de fazer isso no Brasil !!!!!

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Se vcs lerem uma reportagem completa sobre vôos internacionais de/para o Brasil no site www.aviacaobrasil.com.br verão que companhias brasileiras também podem usar outros países para vôos de longa distância, tais como Uruguai, Paraguai, Bolívia, Equador e Peru.

Link to comment
Share on other sites

De fato antigamente a AR fazia EZE-GIG-CDG/FCO com o 742. Bons tempos.
Segundo guia aeronáutico de 06/91:

ARG 134 FCO-ZRH

ARG 150 MAD-CDG-AMS

ARG 160 FCO-FRA

ARG 170 MAD-CDG-ZRH

ARG 326 JFK-YMX

ARG 332 MIA-JFK

Todos com partida de EZE-GIG, sendo os números seuintes, a volta no mesmo itinerário.

 

Aproveitando a msg, sempre achei um desperdício ridículo empresas paraguaias e, principalmente, argentinas e chilenas, terem a concessão, as condições competitivas e demanda reprimida(GIG) para fazer vôos a partir daqui e não fazerem.

Link to comment
Share on other sites

Aproveitando a msg, sempre achei um desperdício ridículo empresas paraguaias e, principalmente, argentinas e chilenas, terem a concessão, as condições competitivas e demanda reprimida(GIG) para fazer vôos a partir daqui e não fazerem.

 

A Pluna segue o bom exemplo.

Link to comment
Share on other sites

A Pluna segue o bom exemplo.
Pois é, e como já comentei pessoalmente com algumas pessoas, acho que a PUA poderia fazer MVD-MAD direto, tanto pra ficar mais forte frente a IBE a partir de MVD, como pq o GIG já é extremamente bem servido pra Península Ibérica, e passar a fazer MVD-GIG-FCO ou MXP. É lógico que, pra isso, seria neessário mais um 767.
Link to comment
Share on other sites

como pq o GIG já é extremamente bem servido pra Península Ibérica, e passar a fazer MVD-GIG-FCO ou MXP. É lógico que, pra isso, seria neessário mais um 767.

 

o q eu vi é q vai ter escala em alguns dias, se eu nao me engano. mas GIG-MXP/FCO nao seria nada mal! acho q seria até melhor!

Link to comment
Share on other sites

Aproveitando a msg, sempre achei um desperdício ridículo empresas paraguaias e, principalmente, argentinas e chilenas, terem a concessão, as condições competitivas e demanda reprimida(GIG) para fazer vôos a partir daqui e não fazerem.

 

Tirando a LAN, lembro que toda América do Sul enfrentou crise que fizeram gigantes como a Varig, Avianca e Aerolineas reduzirem seus tamanhos e mudarem de controlador.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Só pra jogar um balde de água fria nos mais otimistas: me informaram agora a pouco que a AR pretende abrir um EZE-GRU-MAD 2x por semana com um mix de A342 e 747 e por hora nada pro GIG. Vamos ver até quando essa "festa" de vôos GRU-MAD vai continuar.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade