Jump to content

Rota Rio/Panamá supera expectativas da Copa Airlines


LipeGIG

Recommended Posts

Rota Rio/Panamá supera expectativas da Copa Airlines

 

Img1764.jpg

A cônsul Glorisabel Garrido e o gerente Geral da Copa para o Brasil, Alexandre Camargo, comemoram com champagne a inauguração da rota Rio/Panamá

 

O interesse pela nova rota da Copa Airlines ligando o Rio de Janeiro ao Panamá, cujas operações começam amanhã (08/12), já superou as expectativas da companhia aérea. Foi o que disse o gerente Geral da Copa para o Brasil, Alexandre Camargo, durante jantar comemorativo realizado ontem (06/12), no Iate Clube do Rio de Janeiro.

 

"Os vôos para dezembro já estão acima de nossa expectativa e nossa previsão é chegar, até o final deste mês, a 100% de ocupação. Na realidade, os vôos já estão cheios até fevereiro, o que para nós é uma grende surpresa", afirmou Camargo.

 

Inicialmente, serão cinco freqüências diretas, saindo do Rio às 5h52, aos sábados, domingos, segundas, quartas e sextas-feiras. O equipamento utilizado será o Boeing 737-700, que comporta até 124 passageiros - 12 na Executiva e 112 na Econômica.

 

As cinco freqüências do Rio vão se somar às outras cinco que saem de Manaus e aos dois vôos diários partindo de São Paulo. "Tomando por base o acordo bilateral Brasil/Panamá, a Copa tem autorização para operar 28 freqüências e já a partir desde dia 8, estaremos com 24. Isso quer dizer que ainda temos possibilidade de ampliar, em breve, o número de freqüências entre os dois países", explicou Camargo.

 

Na ocasião, a Copa Airlines foi representada também pelo diretor de Vendas Internacionais, Adolfo Sen; o gerente de Vendas para a América do Sul, Salomon Quijada; o gerente de Vendas Internacionais, Dabin Rivera e a gerente de Vendas da Copa no Rio de Janeiro, Renata di Bernardo, que foi homenageada por Alexandre Camargo e pelo presidente do Instituto Panamenho de Turismo (Ipat), Omar Ching, por seu trabalho na implantação do escritório na capital fluminense.

 

Foram convidadas cerca de cem pessoas, que tiveram a oportunidade de assistir a um vídeo institucional da companhia aérea, além de uma resumida apresentação do destino Panamá. Todos os presentes foram contemplados com relógios de parede, sendo que, às três pessoas que portavam o relógio marcando 5h52 - hora de saída do vôo, foram entregues passagens Rio/Panamá.

 

Prestigiaram o evento o diretor de Operações Internacionais da Anac, Valdir Padilha; o presidente da Abav/RJ, Luis Strauss; o vice-presidente da Abav Nacional, Carlos Alberto Amorim; o diretor de Operações da TurisRio, José Maria Alberich, dentre outros.

 

A cônsul Geral do Panamá no Rio de Janeiro, Glorisabel Garrido, também participou do jantar. "Fico muito feliz com essa iniciativa da Copa Airlines e acredito que as novas freqüências vão colaborar muito para que um maior número de brasileiros conheça nosso país, um destino repleto de atrações", comemorou Grorisabel

 

Fonte: Mercado & Eventos

 

Nota: Será que vão achar avião para tornar o vôo diário ???? Frequência tem.... basta vontade... ou mesmo quem sabe um 4x no horário diurno.

Link to comment
Share on other sites

Parece que a Copa vai anunciar o GIG-PTY diário para junho/julho de 2007.

 

Não vou me impressionar se ela iniciar frequência diurna em breve... eu pessoalmente vou adorar pois será a melhor ligação disponível NY-Rio.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Juan, enquanto em GRU por exemplo existem vôos para Bogotá, Caracas, Lima, México, no GIG a Copa está nadando sozinha nesse mercado Latino-Americano.

 

E não esquecendo de citar, a empresa mais sul-americana do Brasil se chama Petrobrás, explora petróleo na Venezuela, Golfo do México, Peru, Colômbia, tem negócios na Bolívia, Argentina, Uruguai, Paraguai e mantém mais de 10 mil funcionários (sendo uns 7 mil na Argentina). Isso sem contar com outras empresas que tem negócios sul-americanos e estão no Rio.

 

É o que sempre citamos aqui, "construa a ponte"... ta aí o resultado... se a distância com a "nova ponte" é inferior, obviamente as pessoas virão para atravessar a "ponte".

 

E para a Copa veja como é positivo: Ela brigava por mercado em GRU e pagava hotel, agora ela lota o avião sem precisar de pagar nada !

Se o vôo de GRU vai ser atingido ? Sim, vai, mas e dificil falar em quanto.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

E isso é só pq o horário é ´´excelente``. Eu costumo dizer que o anti-empreendedorismo é uma característica do Brasil e me esqueço que, na verdade, é uma característica ibérica. Simplesmente ridícula a carência de vôos GIG-Norte da América do Sul/América Central que só agora está sendo suprida.

...pois será a melhor ligação disponível NY-Rio.
LipeGIG, essa me surpreendeu! Do jeito que as pessoas reclamam do 767, nunca imaginei que alguem pudesse achar que a melhor opção num vôo de quase 10hs fosse num 737, ainda que em classe executiva. Pq vc acha essa a melhor opção? Só posso imaginar que seja por causa do tempo de cnx já que cnx no Brasil ou nos EUA deve ser demorado por causa da alfândega e como não há mais ninguem no meio do caminho entre GIG e JFK, só restaria a CMP. É isso mesmo?
Link to comment
Share on other sites

LipeGIG, essa me surpreendeu! Do jeito que as pessoas reclamam do 767, nunca imaginei que alguem pudesse achar que a melhor opção num vôo de quase 10hs fosse num 737, ainda que em classe executiva. Pq vc acha essa a melhor opção? Só posso imaginar que seja por causa do tempo de cnx já que cnx no Brasil ou nos EUA deve ser demorado por causa da alfândega e como não há mais ninguem no meio do caminho entre GIG e JFK, só restaria a CMP. É isso mesmo?

 

Se houver um voo de tarde para o GIG, você pode sair cedo de JFK e chegar no fim da tarde ao Rio.

O que isso tem de vantajoso ? Primeiro a conexão em PTY dispensa alfândega ou imigração (algo que LIM exige).

Melhor que fazer NY-GRU-GIG (onde você gasta mais tempo indo para SP e depois fica quase 2h esperando conexão, podendo ficar 4h se algum vôo estiver atrasado ou se houver problema no controle aéreo). Fazer conexão em MIA ou ATL só se você for chegar de manhã no dia seguinte.

 

Ou seja, hoje não temos opção de chegar ao Rio no mesmo dia com conforto, e a Copa seria uma opção MUITO interessante.

Link to comment
Share on other sites

Guest SAO SAMPA

Desculpe LipeGIG, mas acho que vc nao levou em conta os 2 voos da TAM, diurno e noturno.

 

Vc tb so faz alfandega no GIG, voa num A330 (bem melhor que os 737-800) e vindo direto na direcao Sul, ao inves de "desviar" da rota indo para Oeste e depois voltar para Sudeste (é so ver no Mapa). Lembre que SP é (um pouco) mais perto de NY do que o Rio (assim como o Rio é um pouco mais perto da Europa e Africa do que SP). Portanto, nao existe a ideia de que se vai ao Sul para depois voltar ao Norte, como acontece ai sim com o Nordeste brasileiro.

 

Pela TAM ser brasileira, ela tem a extensao do voo ao GIG na ida e na volta pela manha ou a noite com 45 minutos a 1hr e 30 min de conexao em GRU, o que nao é muito. Esta, acredito, alem da AA em se voar nos 777, sejam as melhores opcoes do Rio a NY. A Copa é interessante para se ir para a Am Central, Caribe e o norte da Am do Sul.

 

Me esqueci das milhas que permitem vc voar TAM para toda Am do Sul com 20 mil pontos. E certamente o voo diurno tera precos menores que o noturno, sempre mais disputado.

Link to comment
Share on other sites

Levei em conta sim André, mas se você imaginar que pode ficar 2, 3, 4 horas esperando o voo JJ8011 GRU-GIG muda de idéia rapidinho. A ultima vez que fiz isso a previsão para decolar era 21h50 e saiu só as 1h30 da manhã... imagina com pouco tempo para aproveitar chegar ao Rio as 2h30 é melhor pegar o DL que chega as 8h. Eu aproveito das 10h as 18h e perco só 5h30.

 

Não é questão de SP ou RJ, é questão de que um 737-700 em fim de vôo vai ter sempre prioridade para pousar, um A320 tem que chegar e ser autorizado, é muito diferente.

 

No futuro posso pensar nisso....

 

Ah, hoje não me interessa tanto os 20,000 pontos para a América do Sul, e não é tão facil conseguir voar para América do Norte usando os pontos, a regra é diferente e é bem mais restrito.

 

Da mesma forma que você se tornou cliente AF, pra mim interessa muito mais entrar para a SkyTeam pois tenho mais conforto aqui nos EUA, e em todo o mundo. Nisso a TAM peca feio, você não tem direito a nada nos aeroportos de fora do Brasil.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Guest SAO SAMPA

Entendi, nao tinha me dado conta que a Copa era do Skyteam...vc tem razao...eu tb nao troco a AF, mesmo que a LH queira voltar a fazer parceria com meu Bco para levar os executivos daqui para o Brasil, como fazia ate 2005.

 

Beleza, mas so quis mostrar que ha outras opcoes interessantes tambem.

 

Espero que esteja tudo bem na "city that never sleeps".

 

Abracos,

Link to comment
Share on other sites

Espero que esteja tudo bem na "city that never sleeps".

 

Tirando os 18F que ocorreram anteontem, tá tudo em paz ehehehe

 

Valeu, mas é uma questão de tarifa também. As tarifas de C entre EUA e Brasil são as mais absurdas do mundo! E a Copa tem uma tarifa GIG-PTY-MIA ou GIG-PTY-JFK por pouco mais de US$ 1,000 só ida na C. Incomparável !

 

A mesma tarifa na TAM custa no mínimo US$ 2,400 fazendo GIG-GRU-JFK.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Guest SAO SAMPA

Com o frio ja ja vc se acostuma....estou ha 2 meses usando casacao e cachecol todos os dias...no comeco, voce estranha mesmo, depois, é a mesma sensacao que vestir bermuda e camiseta nos fds no Brasil...hehe.

 

Para vc ter uma ideia de como a AF esta ganhando dinheiro, o Bco me comprou em Agosto a passagem para pela C para 21/12 e no voo diurno o preco ja era Eur4.400. O noturno ficava por volta de Eur6.000.

 

Abracos,

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade