Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

almeidaneto

Ansiedade ou prepotência: aviões grandes sem antes passar pelos pequenos

Recommended Posts

Já que aqui é um fórum de discussão, decidir abrir este tópico para esclarecer algumas dúvidas em pairam em meu pensamento, dúvidas relacionadas às atitudes de alguns jovens aspirantes a piloto que não querem passar pelos aviões pequenos e, com a chuva de informação tecnológica que temos hoje, se acham na capacidade indubitável de comandar aviões grandes se baseando em simulações ou na simples formação básica de piloto comercial, rejeitando o voo em aviões de pequeno porte. Em vários comentários no facebook eu vejo jovens falando que "querem logo pilotar na linha aérea" ou que "não aguentam mais pilotar aviões pequenos no aeroclube". O que vocês acham de tais atitudes - imaturidade, ansiedade, prepotência ou o quê?

 

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted · Hidden by FCANTERAS, August 2, 2012 - No reason given
Hidden by FCANTERAS, August 2, 2012 - No reason given

preponderância => prepotência? :uhm:

 

Ficou um tanto fora de contexto...

Share this post


Link to post
Posted · Hidden by FCANTERAS, August 2, 2012 - No reason given
Hidden by FCANTERAS, August 2, 2012 - No reason given

Realmente, errei feio ao escrever. Eu queria dizer prepotente, já que preponderância vem de predomínio.

 

Valeu pelo toque!

 

Tem como editar, moderação?

Share this post


Link to post

Almeida, eu não sou nem piloto de FS, mas uma coisa que vejo com os colegas que comando o escritório é que, o avião é grande ou pequeno, novo ou antigo, rápido ou não, tudo vai depender da capacidade do piloto, já que os conceitos de pilotagem são os mesmos para um Cessna 172 e 737-800.

 

Em vários comentários no facebook eu vejo jovens falando que "querem logo pilotar na linha aérea" ou que "não aguentam mais pilotar aviões pequenos no aeroclube". O que vocês acham de tais atitudes - imaturidade, ansiedade, preponderância ou o quê?

 

Eu gosto da assinatura do Thiago e que cita o "velho Bertelli", mostra bem o espírito deste que sonham ser piloto de linha mais por prestígio que de aeroclube e esquecem suas raízes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O dia que essa galera souber que o sonho de muitos era um corisquinho turbo.....

Mas td bem. Esses chegam na linha e a linha se encarrega de colocá-los na linha.

Falta humildade, sobra soberba.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isto aqui vai render uma boa conversa!!!

 

Thiago assino embaixo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu meu prazer mesmo é com a aviação geral, o AlexVenturine resumiu bem o meu pensamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu imagino que voar avião pequeno está para o aviador assim como andar de Kart está para o piloto de F-1.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um menino de 12 anos veio pagar de malandro comigo que pilotava A380 no fs e começou me zuar pois simulo com 172 e 182, eu virei pra ele e falei, pode ter certeza que vc só vai entrar numa cabine para tirar foto depois do vôo, e mandei jogar o manche fora pq programador de FMS não precisa de manche.

Fui no Campo de Marte ver como era e talz, fiquei com um tesão pra pilotar o Diamond que vcs não tem noção

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dizer que está cansado de avião pequeno, etc, na minha opinião é prepotência sim.

Agora, se o jovem de hoje tem a oportunidade de pular direto de C152 pra um 737, dizer que ele tem que dever a vida dele ao empregador por conta disso, pois antigamente muitos pulavam de alegria com um sêneca, e coisa e tal, é uma babaquisse e uma hipocrisia enorme, pois com certeza qualquer piloto gostaria e aceitaria pular pro Boeing se pudesse, ao mesmo tempo que isso não significa que o empregador lhe esteja fazendo nenhum favor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não vejo a hora de voar C150, e vejo gente que nem saber o que significa CCF querendo voar A380. Claro, e muitos deles se consideram segundo seus profiles do Facebook "Cmte na X Virtual"; "Cmte na Y Virtual".

 

Para mim chegar lá em cima tem que respeitar os primeiros, não tem como chegar no último degrau sem ter pisado no primeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aviador de verdade, aquele que tem no sangue a paixão de voar, quer experimentar a pilotagem em todas as maquinas, desde piper cub a dreamliner, o importante mesmo é sentir o prazer de voar e operar o avião. E eu pessoalmente nao me imagino na linha aerea, penso em voar na exec, que seja um caravan ou cj2 da vida.

Essa galerinha que se diz "pilotador de fsx", quando faz o primeiro voo no boerinho ja sabe se é aviador mesmo ou só mais um simuleteiro com fogo na rabeta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma coisa também é voar avião pequeno. Outra coisa é aviação pequena, não é mesmo. Escola de Aviação que não paga o combinado, proprietários ai com propostas indecorosas para pilotos com pouca experiência, infra estrutura precária, vamos combinar que se você tem a oportunidade de voar em um lugar melhor, é claro que você vai. Não quer dizer que não se goste de voar um 152, tanto é que sempre vejo ex instrutores meus, que hoje voam Boeing, Airbus, etc, aproveitando as férias para dar umas voltinhas nos Cessninhas no começo.

 

Os jovens ai do flight simulator, começando a carreira, ou nem mesmo isso, têm uma visão deturpada das coisas. Começar a voar as coisas mudam. Você começa o PP conversando com os amigos que fulano quer voar Boeing, n curte Airbus, ciclano prefere Airbus porque Boeing é tudo projeto antigo... final do PC neguinho ta sonhando com Cessna 152, AeroBoero, um Corisco é maquinásso rsrsrsrsrs...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted · Hidden by Kleber, August 2, 2012 - Deletado a pedido do usuário.
Hidden by Kleber, August 2, 2012 - Deletado a pedido do usuário.

editei errado. moderador se puder excluir eu agradeço.

Share this post


Link to post

é pura imaturidade.

os soluços da aviação os botam para beeeeem longe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como dito antes, acho que o piloto de verdade, aquele que tem tesão no negócio... vai curtir voar qualquer coisa, até mesmo vassoura.

Mas ninguem vive de voar vassoura...

O que acontece nao é IMATURIDADE, no meu ponto de vista se chama, FALTA DE CONHECIMENTO AERONAUTICO, ele nao possui CULTURA AERONAUTICA.

 

Ele nao entende que existe hierarquia na cabine, acha que o Comandante é um amigao pra ele e nao entende nem mesmo quando faz cagada e ganha uma comida do Comandante e ai acha que o cara é um "chato".

Como vi isso na executiva.

 

Quando entrei pra linha aerea, tiveram algumas pessoas da minha turma que ficaram , acredite, chateados de estarem indo para o F100 ao inves do A3XX !!!

 

O que eu tinha pra falar pra eles é : "baixa bola, tu voava aeronave a pistao, nunca nem voou turbohelice ou um jato. Ta saindo de um seneca,tupi,corisco..direto pra aviao pressurizado/ar condicionado,com piloto automatico e banheiro....e nem vou comentar sobre quantas horas vc tem de verdade!"

 

As pessoas nao pensam e realmente acham que com 100h num seneca vai segurar a ponta de um jato...... e tomam é uns apertos!!! Aos poucos vai tomando porrada de cada lado e vai aprendendo que nao é daquele jeito e quem sabe valorizando onde está.

 

 

Por outro lado, nao é culpa deles pensarem desta forma. Até porque, a aviacao quando eles comecaram era algo normal ver outros jovens passando no seu aeroclube, pagando uma grana e ja indo voar 737 pelo Brasil. Que referencia eles tinham ? Nunca viram miséria, ter que empurrar aviao, lavar aviao, fazer comissaria, planos de voo, gastar sola de sapato pra poder conseguir umas horinhas de voo. Com o crescimento das empresas aereas nos ultimos 5 anos principalmente, eles praticamente podiam escolher onde fazer seleção de acordo com o equipamento que mais curtia... Foi a época deles, diferente de quem comecou na decada de 80,90 e passou perrengue com os problemas de 2001...

 

Sao outros tempos, mas fiquem calmos...eles nao sairam comandante tao rapido, tem muitos na frente deles e com o tempo eles irao aprender até que estejam prontos pra sentarem na esquerda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esses chegam na linha e a linha se encarrega de colocá-los na linha.

 

Ou não.. a coisa tá degringolando de tal forma que assusta...

 

O que mais decepciona é ouvir que para a grossa maioria voar na geral é quase como pagar uma penitência...

 

Tem gente que me achou louco de tirar meu PLA por conta, voando seneca... Como assim?? Você voa Airbus e quis voltar pro Seneca?? SIM eu quis! Me amarrei! Errei pacas! Mas foi bacana! Show! E não vejo a hora de sobrar um tutu de novo pra fazer um voo de mono ou até num seneca.

 

Quem gosta de voar voa qualquer coisa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu penamento é simples: seja qual for a máquina, eu quero é voar e aprender mais e mais!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobra arrogância, sobra empáfia, sobra prepotência, sobra incompetência, sobra descompostura, sobra desconhecimento . Sobra piloteiro. Falta Aviador.

 

Falta ter sonhado a vida inteira em ser Piloto, sem saber como que faria pra ser, mas tendo a certeza que seria. Falta quem tenha passado a vida "comendo " a Flap, a Voar, falta ter ficado pendurado em cerca de aeroporto babando nas máquinas, sabendo distinguir um Baron de um Seneca, de um Azteca, de um 310, falta ter tido a parede toda recheada de poster de cabine, de folder da Embraer com toda a linha Piper, de ouvir barulho de avião e correr pra janela ou olhar pra cima pra ver qual avião era, de ir pra aeroporto onde operavam os turbohélices e sentir o cheiro do querosene queimado por horas e achar o melhor cheiro do mundo.

 

Geração de Tanga Frouxa dos infernos que se está sendo criada pela falsa propaganda de "Emprego da Moda " onde nem pilotar mais o avião, se precisa. Geração que não usa o seu uniforme bem passado, limpo, com asseio, sapato engraxado . E que sem ter tido que se esforçar pra conseguir o que possuem, ainda reclamam que dar instrução, voar Seneca, voar pistão, voar regional, é sem futuro. Taxi Aéreo é penitência, Caravan é uma cruz terrível.

 

Dá até raiva.

 

Tio Rogério

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antes de tudo, quero dizer ao Alessandro Maverick que o post dele foi excelente!! Parabéns!!

 

Eu vejo da seguinte forma....

 

Cada um tem um desejo, uma vontade e tem o direito de querer estar em qualquer lugar e depressa, para fazer o que se gosta, é claro!!........ seja numa Space Shuttle, Antonov, Senecão, trabalhar em escritório, biblioteca, ser chef de cozinha, etc... é super natural existir imediatismo quando se fala em objetivos. Ninguém fala assim "Ah, eu quero ser piloto de testes, mas só daqui a 25 anos, depois de ter passado por TODOS os cargos que existem na aviação... desde rampa, piloto de balão, lavador de avião, etc..." Não importa o motivo, só cabe a mim respeitar o desejo desse cara, que quer chegar logo ao seu objetivo.

 

Vai que o cara não suporta calor e é viciado em ar condicionado??.... um avião sem APU é um sacrifício pra ele!.... ele não pode ser crucificado e taxado de arrogante por desejar um avião com APU.

 

Se o cara é PP e gosta do MD-11, é super natural, NORMAL e "entendível" que o cara queira estar lá o mais rápido possível. Não cabe a mim julgar se o cara é humilde, arrogante, inteligente, estudioso, etc... isso é problema de cada um. Ele que se vire pra dar um jeito, que se dedique, que trabalhe, que ache um peixe e etc.

 

Opiniões mudam com o tempo e com o conhecimento. Se for o que o cara quer, não adianta, ele só vai se sentir bem quando estiver lá no tal MD-11 que ele sempre quis e isso não quer dizer que falta humildade nesse cara, isso ou aquilo.... só quer dizer que o cara tem um objetivo..... etc...

 

Agora, se esse cara vai conseguir isso de um dia para o outro, aí meu xapa, são "outros 500" e aí sim a realidade vai dar um peteleco no pensamento dele para ele enxergar os caminhos.

 

Inexperiência todos nós temos, tivemos ou vamos ter.... num cara "novinho", é super natural que ele não tenha noção da linha do tempo até chegar nesse MD-11 que ele quer, além da realidade dos que estão ingressando na aviação atualmente ser a realidade que o Alessandro Maverick citou.... é a realidade do "paguei e entrei", uma realidade que não teve nenhuma crise séria, dentre outras coisas... Esses caras não tiveram o "nossa, olha que Baron lindo!!"..... esses caras tem o "Ow, você tem o SOP da Gol para eu estudar e voar no Flight Simulator??"

 

Aviação diferente, pessoas diferentes.

 

Admito que hoje a aviação tá diferente. A aviação de hoje não é a aviação pela qual me apaixonei e sou apaixonado.

 

Todos falamos dos novinhos que estão na aviação (ou querendo estar nela) simplesmente por ser o "Emprego da moda", como gloriosamente disse o Tio Rogério, mas eu tive a oportunidade de conhecer MUITA "águia velha" através da minha mísera experiência no ramo, que não gostavam do que faziam, estavam por dinheiro e por inércia.... estavam voando, mas faziam a aviação andar da pior maneira possível, sem paixão, cuidado, zêlo e ainda te colocavam pra baixo, o que é pior!!

 

Então, eu acho bobagem ficar "criticando" essa galera.

 

É isso...

 

Grande abraço galera!!

 

Bons vôos e sucesso à todos!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdade que muitos pensam só no tamanho do avião mesmo, chegando a arrogância de desprezar a instrução básica, mas para outros muitos o desejo, que as vezes soa como desesperado, de chegar a linha aérea está mais ligado com a situação mesmo, ganhar melhor, atingir um objetivo na carreira, etc. Há de se ter bom senso. Até porque romantismo não paga contas e pode-se sempre voltar naquele aeroclube que voamos para fazer aquele voozinho de mono, matando a saudade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Falta ter sonhado a vida inteira em ser Piloto, sem saber como que faria pra ser, mas tendo a certeza que seria. Falta quem tenha passado a vida "comendo " a Flap, a Voar, falta ter ficado pendurado em cerca de aeroporto babando nas máquinas, sabendo distinguir um Baron de um Seneca, de um Azteca, de um 310, falta ter tido a parede toda recheada de poster de cabine, de folder da Embraer com toda a linha Piper, de ouvir barulho de avião e correr pra janela ou olhar pra cima pra ver qual avião era, de ir pra aeroporto onde operavam os turbohélices e sentir o cheiro do querosene queimado por horas e achar o melhor cheiro do mundo.

 

 

Tio Rogério

Opppaaa Rogério !!

 

to aqui......... :goodpost:

Share this post


Link to post
Share on other sites

×
×
  • Create New...

Important Information