Jump to content

KLM começa a operar seu 4º voo semanal para o Rio de Janeiro no dia 28.


Dilson Rig

Recommended Posts

A companhia aérea
holandesa KLM
operará sua 4ª frequência semanal entre os aeroportos Schiphol de Amsterdam (AMS) e o Antônio Carlos Jobim/Galeão (GIG), no Rio de Janeiro, a partir do próximo dia 28 de outubro. Com isso, a KLM passa a oferecer voos entre as duas cidades às
terças, quintas-feiras , sábados e domingos. Os voos são operados por aeronaves Boeing 777-200ER com capacidade para 318 passageiros, sendo 35 na Classe Executiva e 283 na Classe Econômica. Os voos partem do Rio de Janeiro às 21h45 e chegam a Amsterdam às 12h15 do dia seguinte. No sentido inverso, os voos partem do AMS às 10h40 e chegam ao GIG às 19h35 do mesmo dia.
businesstravel
Link to comment
Share on other sites

Com esse lançamento da 4ª frequencia GIG-AMS, só confirma a boa ocupaçao nessa rota que deve virar diário nos proximos 2 anos .

Link to comment
Share on other sites

Com esse lançamento da 4ª frequencia GIG-AMS, só confirma a boa ocupaçao nessa rota que deve virar diário nos proximos 2 anos .

 

Tomara que vire diário logo. GIG-AMS tem um mercado local interessante, não é enorme, mas é high-yielding. A Holanda é o maior parceiro comercial do Brasil na Europa no que tange exportações brasileiras, com destaque às indústrias de petróleo, minério e naval. Com Petrobras e Vale desse lado e Shell e toda fortíssima indústria naval holandesa do lado de lá, é fato que há um mercado local interessante a se explorar. Fora as conexões abundantes em AMS.

Link to comment
Share on other sites

Toda semana centenas de trabalhadores filipinos que atuam nas plataformas de petroleo, embarcam no voo GIG-AMS para fazer conexao AMS- MNL.,pois a KL é a unica europeia que decola do RIO com conexao para MNL .

Link to comment
Share on other sites

Toda semana centenas de trabalhadores filipinos que atuam nas plataformas de petroleo, embarcam no voo GIG-AMS para fazer conexao AMS- MNL.,pois a KL é a unica europeia que decola do RIO com conexao para MNL .

 

Sim, fora as conexões interessantes da KLM pra Ásia. MNL, TPE, CGK, KUL são destinos quase únicos da KLM entre as europeias.

Link to comment
Share on other sites

 

Sim, fora as conexões interessantes da KLM pra Ásia. MNL, TPE, CGK, KUL são destinos quase únicos da KLM entre as europeias.

 

A KLM é uma excelente cia e AMS um dos melhores aeroportos da Europa, o meu preferido junto a ZRH e MUC.

 

O forte são realmente as cnxs, para a Ásia e toda a Europa, principalmente a Escandinávia. Alguns clientes e familiares que voam regularmente para a China preferem sempre a KLM, mesmo tendo tantas opções a partir de GRU.

Link to comment
Share on other sites

 

Tomara que vire diário logo. GIG-AMS tem um mercado local interessante, não é enorme, mas é high-yielding. A Holanda é o maior parceiro comercial do Brasil na Europa no que tange exportações brasileiras, com destaque às indústrias de petróleo, minério e naval. Com Petrobras e Vale desse lado e Shell e toda fortíssima indústria naval holandesa do lado de lá, é fato que há um mercado local interessante a se explorar. Fora as conexões abundantes em AMS.

 

AMS é um pólo de conexões também então você faz um mix interessante. Quanto a ampliação das frequências: a KL tem uma frota bastante apertada. Acredito que a 5a frequência deve demorar pelo menos um ano para aparecer.

Link to comment
Share on other sites

 

A KLM é uma excelente cia e AMS um dos melhores aeroportos da Europa, o meu preferido junto a ZRH e MUC.

 

O forte são realmente as cnxs, para a Ásia e toda a Europa, principalmente a Escandinávia. Alguns clientes e familiares que voam regularmente para a China preferem sempre a KLM, mesmo tendo tantas opções a partir de GRU.

 

Sim, e ela também é líder para os "oil destinations" na Europa: todas aquelas cidades geladas da Noruega, Stavanger, Trondheim, Bergen, além de Aberdeen, na Escócia.

 

 

AMS é um pólo de conexões também então você faz um mix interessante. Quanto a ampliação das frequências: a KL tem uma frota bastante apertada. Acredito que a 5a frequência deve demorar pelo menos um ano para aparecer.

 

Realmente, o problema maior da KLM é a frota, e ela sempre preza pela utilização máxima dos seus widebodies (até em GRU seu voo é diurno).

Link to comment
Share on other sites

Realmente, o problema maior da KLM é a frota, e ela sempre preza pela utilização máxima dos seus widebodies (até em GRU seu voo é diurno).

 

Tem razão: até em GRU o voo é diurno,e isto ocorre principalmente porque a grande maioria das cnxs da Ásia chegam cedinho em AMS que aliadas aos voos vindos de toda a Europa, tornam a partida no final da manhã simplesmente perfeita. Para aqueles pax que preferem trabalhar o dia todo em AMS, há a AF que opera com o 77W mais premium para GRU, inclsive com o diferencial da F que não há na KLM.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade