Jump to content

Whitejets muda nome e terá voos regulares


SOUSA CPV

Recommended Posts

Whitejets muda nome e terá voos regulares

[/center]

edtelianesilveirapop.jpg

Na home, a gerente Eliane Silva; aqui a nova logo da empresa aérea

[/center]

A Whitejets está mudando seu nome e sua forma de operar. Conhecida no mercado aéreo por ser uma empresa de charter, a companhia está tornando seu nome “mais brasileiro” e o próximo passo é obter a autorização que falta para torná-la regular. Enquanto não chega, a empresa prepara para 16 de abril o início das suas operações de “charter regular”.

 

Com objetivo de torná-la mais popular (daí a origem do nome!), os diretores da companhia aérea decidiram rebatizá-la de PopBrasil (na Iata continua sendo W7). A próxima mudança é fazer da Pop uma empresa regular e para isso está trazendo mais quatro aeronaves (B737-300, 737-400, 767-200 e 767-300), que se juntarão ao A320 já em operação.

 

A primeira rota da empresa será ligando Manaus, Brasília, Rio e São Paulo operada as segundas, terças, quartas e sexta, no A320, com capacidade para 174 lugares.

O avião parte de Manaus as 6h44. Já no sentido inverso, a aeronave deixa a capital paulista às 15h30. Nos finais de semana a empresa irá operar a rota Manaus / Rio saindo as 6h30 da capital do Amazonas e decolando da capital fluminense às 23h.

 

Previsto para chegar ao Brasil no final deste mês, o 737-300, quando entrar em operação, fará a rota Belo Horizonte, Brasília e Campo Grande (MS). Em abril chegará o 737-400 fazendo Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Natal e Fortaleza; já em maio e junho chegarão, respectivamente, o 767-200 e 767-300, estes fazendo charters para Orlando (EUA) na alta temporada do meio do ano.

 

“Estamos chegando com preços competitivos. Na rota Manaus – Rio estamos com preços a partir de R$ 599,00 podendo pagar em até dez vezes sem juros. De Brasília para São Paulo teremos preços a partir de R$ 189,00”, afirma a gerente comercial, Eliane Silva.

 

Os agentes de viagens já podem acessar o site da empresa aérea (www.voepop.com.br) e se cadastrarem no sistema. As vendas, no entanto, só serão iniciadas quando todas as autorizações forem dadas.

[/center]

Link to post
Share on other sites

  • Replies 55
  • Created
  • Last Reply

Calma ae, terão uma frota de 5 aeronaves de 5 modelos?! No mínimo 3 CHT´s diferentes onde só duas bastavam...

 

Estranho né? 3 tipos para uma empresa com 5 aviões !

Link to post
Share on other sites

Calma ae, terão uma frota de 5 aeronaves de 5 modelos?! No mínimo 3 CHT´s diferentes onde só duas bastavam...

 

e com a 'empresa-mãe' só usando Airbus... vai entender...

Link to post
Share on other sites

Será q o A320 não vai sair fora em breve, padronizando tudo com Boeing?

 

Pelo que li na internet, em especial no Reclame Aqui, o A320 parece estar bem surradinho...

Link to post
Share on other sites

Será que não vão retornar o A320 para Portugal ou deixá-la para charter?

Link to post
Share on other sites

POP? tá mais pra "samba do afro-descendente doido" Se os 767 vêem pra charters de meio ano, então devem ser wet-lease. Já vi esse filme antes, SkyJet, Fly, BRA, Nacional....Mais.

Link to post
Share on other sites

Ta minha opnião:

 

*Será HUB em Manaus? Pq uma rota q sai d la, volta pra la. ou ela só vai ficar hangarada por lá?

*Nada haver um nome POPBrasil, como quase todos saibiam q seria o nome e o estabilizador vertical com o W enorme

*Da pra manter 2 767 só pra alguns voos no meio do ano?

Link to post
Share on other sites

Empresa portuguesa vai operar no mercado interno brasileiro ... a não ser que a Lei permita aos patrícios, até onde sei tem restrição para gringo ... ou eles utilizarão os famosos cítricos para atender a Lei brasileira ?

 

Pode Arnaldo ?

Link to post
Share on other sites

Empresa portuguesa vai operar no mercado interno brasileiro ... a não ser que a Lei permita aos patrícios, até onde sei tem restrição para gringo ... ou eles utilizarão os famosos cítricos para atender a Lei brasileira ?

 

Pode Arnaldo ?

 

O grupo dono da Whitejets é o mesmo da Omni Taxi Aéreo, que é brasileira. Podem muito usar a Omni pra integrar o capital da empresa.

Link to post
Share on other sites
SNME, a Whitejets operava charters para MCO com um A310. Que fim levou esta aeronave?

 

verdade, quando trabalhei em GRU e nao conhecia muito bem as aeronaves, vi o Airbus mas nao fazia ideia que era o 310, soube pq um mecanico me contou.

Link to post
Share on other sites

 

O grupo dono da Whitejets é o mesmo da Omni Taxi Aéreo, que é brasileira. Podem muito usar a Omni pra integrar o capital da empresa.

Só que essa Omni Taxi Aéreo é da Omni Aviation Group portuguesa que é dona da White Airways de Portugal.....

Link to post
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade