Jump to content

Empresa aérea vai cobrar mais caro de passageiros 'gordinhos'


Elton Farias

Recommended Posts

Uma empresa aérea de Samoa (arquipélago do Pacífico, na Oceania) anunciou que o preço das passagens será determinado pelo peso dos passageiros: quanto mais pesado, mais caro. Segundo a Samoa Air, os preços podem variar de R$ 2 a R$ 8 por quilo, dependendo da distância percorrida pelo avião.

No momento da compra da passagem os clientes da empresa terão de informar o peso para que seja feito o cálculo do preço. Para evitar fraudes, a empresa afirma que irá pesar os passageiros antes do voo.

"Esta é a maneira mais justa de viajar", afirmou o presidente da Samoa Air, Chris Langton, ao jornal australiano "The Sydney Morning Herald". "Não há nenhuma taxa extra em termos de excesso de bagagem", afirmou.

O problema da obesidade é comum nas ilhas do pacífico, e Samoa se destaca entre os países com habitantes obesos do mundo.

Com a alta no preço dos combustíveis, as empresas aéreas têm buscado soluções para baratear o preço dos voos. Algumas empresas dos Estados Unidos já obrigam os passageiros obesos que não cabem em um único assento a pagar por dois lugares, por exemplo.

 

Empresas devem cobrar mais de obesos, diz especialista

As companhias aéreas deveriam cobrar mais de passageiros obesos, sugere um economista norueguês, apontando benefícios para a saúde, o ambiente e a economia.

Bharat Bhatta, professor-associado da Faculdade Sogn og Fjordane, disse que o setor aéreo deveria seguir o exemplo de outras formas de transporte que já cobram segundo o espaço ocupado e o peso embarcado.

"À medida que os passageiros perderem peso e, portanto, reduzirem as tarifas, a economia resultante será um benefício para os passageiros", escreveu Bhatta nesta semana na publicação "The Journal of Revenue and Pricing Management", especializada em questões de faturamento e estabelecimento de preços.

LINK: http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/02/empresa-aerea-vai-cobrar-passagem-de-acordo-com-peso-do-passageiro.htm

Link to comment
Share on other sites

Dependendo do tipo de acft que a Samoa Air opera, pode até ser que isso seja necessário. Talvez não quanto a cobrar pelo peso, mas determinar o peso de cada passageiro. Se forem aeronaves de pequeno porte (Twin Otter e similares), isso pode ser essencial para o correto peso e balanceamento. Lembro de uma vez alguns anos atrás nos EUA, e um passeio panorâmico de helicóptero, todos os passageiros foram pesados antes do embarque, e com base nisso os lugares onde cada um iria se sentar foram determinados. Eu, como era o "caçula" e o mais leve, acabei ficando no assento do meio....

 

Já que vão pesar os passageiros um a um, cobrar pelo peso é um passo lógico, talvez um pouco fora do comum, mas dá para entender de onde veio a idéia.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade