Jump to content

EK: Pedido de 275 B777-X?


luciano_katia

Recommended Posts

Emirates Asks Boeing for 777 Successor Specs Before Making Order

 

Emirates, the biggest operator of the 777, is pressing for more information about a successor aircraft before considering an order for the replacement of the U.S. manufacturer’s bestselling airliner.

 

“We’re working closely to get to specifications we’re happy with,” Emirates President Tim Clark said in an interview in Paris today. “That means layouts, the seats, the galleys, getting the weights right, getting the fuel burn.”

 

Clark has said he may need as many as 275 777s for replacement and expansion, a requirement so large his airline is likely to become the so-called launch customer of the successor plane. While Emirates is more advanced in talks with Boeing than other carriers, it doesn’t expect to be ready to table an order at the Paris Air Show in June, Clark said.

 

Boeing’s 777 is the centerpiece of the planemaker’s wide- body strategy, a lucrative segment of the civil aviation market that’s coming under fresh attack from Airbus SAS and its new A350, specifically the A350-1000 that’s similar in size.

 

The Airbus model will hold 350 passengers and is promising 25 percent greater operating efficiency than the best-selling 777 variant, the 777-300ER. The successor, dubbed 777X, will have new wings and engines. Boeing in March named a general manager for the project and said General Electric Co. (GE), the sole powerplant supplier for the 777-300ER, would be the engine partner.

 

Emirates has ordered a total of 139 777 planes, which seat about 365 people and cost $315 million at list price in the most popular variant. Customers typically receive discounts.

 

Other airlines that have expressed potential interest in the 777X include IAG SA (IAG)’s British Airways unit and Deutsche Lufthansa AG. (LHA)

 

 

 

 

 

 

 

http://www.bloomberg...king-order.html

Link to comment
Share on other sites

Apesar que desse numero, uma grande parte deve ser para substituir os mais antigos. Nao devem ficar com os 777 por muito tempo na frota.

Agora, mesmo assim, vai ser um belo incremento na malha da EK.

 

Acho que a Meta deles é ligar todas as capitais do mundo, rs

Link to comment
Share on other sites

Apesar que desse numero, uma grande parte deve ser para substituir os mais antigos. Nao devem ficar com os 777 por muito tempo na frota.

Agora, mesmo assim, vai ser um belo incremento na malha da EK.

 

Acho que a Meta deles é ligar todas as capitais do mundo, rs

 

pinky-cerebro.jpg

Link to comment
Share on other sites

Eu tinha visto 25 B777X e não 275 :omg:/>

 

Isso em uma frota em que terá A330, A380 e B777.

 

As européias piram na EK :P/>

 

Os 330 e 340 vão cair todos fora...

Link to comment
Share on other sites

Si, el modelo A350-1000 tiene aumentado la cantidad de pedidos últimamente con Qatar y Cathay Pacific...

 

Están pendientes posibles pedidos de JAL y British Airways en el festival Le Bourget en junio...

Link to comment
Share on other sites

Até a bolha estorourar.. esse crescimento não pode ser sustentável por tanto tempo...

 

Se a teoria das Megacarriers se consolidar, creio que a Emirates será maior delas. Dubai tem uma posição pra lá de estratégica para ligar os grandes centros do mundo!

 

Embora eu tenha que concordar, o crescimento expressivo beira o absurdo e não parece fechar as contas, de modo que a Emirates só exista pelo capital do Al-Maktoum... Duvido que a Emirates tenha receita suficiente para pagar tantos patrocínios e encomendas gigantescas de tantos aviões assim.

Link to comment
Share on other sites

É realmente estranho.. A população de Dubai é minima comparado a quantidade de destinos que ela oferece. Tem voo até para destinos que eu não diria nem secundários(no caso de Florença), +-10 voos por dia pra Londres e a maioria deles de A380(É MUITA GENTE!!). Mas se está dando certo... Deixa ela oras.

Link to comment
Share on other sites

Embora eu tenha que concordar, o crescimento expressivo beira o absurdo e não parece fechar as contas, de modo que a Emirates só exista pelo capital do Al-Maktoum... Duvido que a Emirates tenha receita suficiente para pagar tantos patrocínios e encomendas gigantescas de tantos aviões assim.

 

Acho que hoje é o contrário, a Emirates sustenta a cidade (e os Al Maktoum). Aviação responde hoje por 30% do PIB de Dubai, enquanto petróleo/gás fica com somente 5%.

E segundo else, a Emirates deu lucro todos os anos desde que foi fundada.

Link to comment
Share on other sites

A EK faz parte de um projeto muito maior que apenas aviação. Ela é uma das peças vitais para transformar Dubai em um ponto de conexão, além de turismo e de serviços.

 

Em 2003 houve uma série de anúncios na Newsweek falando de Dubai como pólo de negócios, crescimento do PIB etc, e em algumas delas aparecia bem distante um avião da EK, ligando o país e a cia. aérea.

 

A bolha que Dubai viveu foi imobiliária.

Link to comment
Share on other sites

É realmente estranho.. A população de Dubai é minima comparado a quantidade de destinos que ela oferece. Tem voo até para destinos que eu não diria nem secundários(no caso de Florença), +-10 voos por dia pra Londres e a maioria deles de A380(É MUITA GENTE!!). Mas se está dando certo... Deixa ela oras.

 

Mas grande parte do público não tem destino final Dubai, e sim algum dos muitos destinos oferecidos por ela...

 

Exemplo: é provável que muitos argentinos e brasileiros que voem com ela não estejam indo para Dubai, mas sim Japão, China, Coréia, Filipinas, Austrália, e por aí vai...

 

A questão é que, quando mais ela cresce (mais destinos), mais passageiros ela atrai...

 

Mas 275 777X? Tá louco! Isso porque ela ainda tem encomenda pra uns 60 A380 e 70 A350...

 

E os A350-1000,não tem pedidos?

 

Sim, ela tem encomendas para 20 unidades do A350-1000 e 50 unidades da versão -900, que no futuro deverá ser a menor (!?!) aeronave a ser operada por eles!

Link to comment
Share on other sites

275 aviões não vão chegar de um dia para outro.

E outra deve ser ordem + opções.

Renovação de frota dentro de renovação de frota.

Se hoje a Cia já opera com 139 aeronaves do modelo digamos que 150 irão substituir os atuais T7.

Não tem bolha alguma na EK.

 

Ela faz algo parecido com o que a Ryanair por exemplo faz.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade